Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 India

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Fantômas

Fantômas

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Oito sobreviventes no voo IX-812   Dom Maio 23, 2010 11:19 am

.
Oito sobreviventes no voo IX-812

por SUSANA SALVADOR
Hoje


'Boeing 737' da Air India Express, que fazia a ligação entre o Dubai e Mangalore, despenha-se na aterragem.

"Houve uma grande explosão e depois vi o avião partir-se em dois atrás de mim. Completamente desesperado, saltei e corri", contou Putturismail Abdulla, um dos oito sobreviventes da queda do Boeing 737 da Air India Express, durante a aterragem no aeroporto de Mangalore (Sul da Índia). O acidente com o voo IX-812 oriundo do Dubai causou a morte a 158 pessoas - todos indianas, à excepção do piloto, britânico de origem sérvia.

As autoridades já deram início ao inquérito para apurar as causas do acidente, tendo as caixas negras sido encontradas. Levantaram-se entretanto várias vozes críticas contra a localização da pista de aterragem, numa espécie de planalto rodeado de penhascos, sem qualquer possibilidade de fuga no caso das coisas correrem mal, como ontem às 06.30 locais (02.00 em Lisboa). O ministro da Aviação Civil da Índia, Praful Pratel, argumentando "responsabilidade moral", terá pedido a demissão ao primeiro-ministro, mas Manmohan Singh terá recusado.

As primeiras informações indicam que o piloto Zlatko Glusica - de 55 anos e mais de dez mil horas de voo - só conseguiu pousar o aparelho 600 metros após o início da pista de 2400 metros, travando a fundo para tentar parar. A superfície estava ligeiramente molhada por causa da chuva e a visibilidade era de seis quilómetros. Um dos pneus do trem de aterragem terá então rebentado, provocando um desvio do avião, que acabaria por cair de um penhasco. Antes, uma das asas partiu-se ao embater contra a base de uma antena.

Quando os bombeiros chegaram ao local, viram o aparelho partido em várias partes e uma grande nuvem de fumo. Enquanto uns procuravam dominar as chamas com água e espuma, outros procuravam sobreviventes. Quatro pessoas foram levadas para o hospital com graves queimaduras no corpo e rosto e três apresentavam apenas ferimentos ligeiros. Um estava praticamente ileso.

"Ainda nem acredito que sobrevivi ao acidente", indicou G. K. Pradeep à televisão local. "O avião partiu-se em dois e saímos numa questão de segundos", acrescentou. Já K. P. Maiankutty contou que não houve aviso de problemas a bordo: "Para os passageiros, parecia uma aterragem suave. Imediatamente depois de tocar no solo, o avião fez um movimento brusco e depois chocou contra um bloco, um edifício qualquer."

Mohammad Usman, de 49 anos, disse ao jornal The Hindu que tirar o cinto de segurança lhe salvou a vida: "Quando consegui sair, corri o mais rápido que pude, porque pensei que o tanque de combustível ia explodir". Joel Pratap D'Souza, de 24 anos, natural de Vamanjur, saltou do avião assim que este se partiu foi parar ao hospital só com a perna direita partida. Já Krishnan Koolikkunnu fracturou um braço, enquanto Ummer Farook Mohammed foi fotografado na cama do hospital com as mãos envoltas em ligaduras e o rosto inchado por causa das queimaduras. Entre os oito sobreviventes, há apenas uma mulher: Sabrina Nasrinhuq.

As autoridades já recuperaram os 158 corpos, mas apenas um terço foram identificados - a grande maioria ficou carbonizado. Entre as 166 pessoas a bordo, seis eram membros da tripulação.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Encontrada caixa negra do avião que se despenhou   Dom Maio 23, 2010 10:36 pm

.
Encontrada caixa negra do avião que se despenhou

por Lusa
Hoje


A caixa negra do avião que sábado se despenhou na Índia foi hoje encontrada entre os destroços do aparelho, que se acidentou junto ao aeroporto de Magalore causando 158 mortos.

A informação de que uma equipa de peritos encontrou a caixa negra foi avançada por fontes policiais e aeronáuticas, citadas pelas agências indianas IANS e PTI, embora ainda não tenha sido feito qualquer anúncio oficial por parte da Direcção Geral de Aviação Civil, encarregada da investigação ao acidente.

O acidente que envolveu um Boeing 737 foi o mais grave da Índia nos últimos 10 anos.

Segundo a companhia aérea, pelo menos oito pessoas sobreviveram a este acidente.

Até ao momento foram identificados e entregues às famílias 128 cadáveres, segundo o director executivo da companhia aérea.

Um grupo de peritos chegou hoje ao aeroporto de Magalore para ajudar a identificar as restantes vítimas através de análises de ADN.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Este homem diz que não come nem bebe há 69 anos   Qui Maio 27, 2010 3:22 pm

.
Este homem diz que não come nem bebe há 69 anos

por Tatiana Vaz
Hoje


Aos 80 anos, Prahlad Jani - ou Mataji, como é conhecido - garante que sobreviveu os últimos 69 anos sem comer nem beber, praticando um tipo especial de ioga que, segundo o octogenário, utiliza o Sol como alimento.

Durante quinze dias, Prahlad Jani foi observado por médicos e cientistas de um instituto de pesquisa fisiológica do Ministério da Defesa indiano, que comprovaram a capacidade do octogenário de se manter saudável privando-se de comer e beber.

Isolado numa sala com um sistema de videovigilância que transmitiu aos médicos todos os seus passos 24 horas por dia, Prahlad Jani manteve-se saudável sem comer, beber, urinar ou defecar durante os 15 dias de internamento no hospital do estado indiano de Gujarat onde a pesquisa foi levada a cabo. Os testes médicos revelaram uma saúde de ferro, com um quadro neurológico e metabólico invulgarmente favorável para um homem de 80 anos.

O octogenário, nascido em Agosto de 1929, já tinha sido analisado num estudo semelhante em 2003, conduzido pelo médico Sudhir Shah, que antes tinha estudado Hira Ratan Manek, um praticante de ioga que dizia não precisar de ingerir líquidos por ser hidratado pelo Sol.

Prahlad Jani, que vive numa gruta sob o templo de Ambaji, em Gujarat, passa os seus dias a meditar e garante que não bebe nem come nada desde os 11 anos, depois de ter sido abençoado pela deusa Amba Mata. O asceta tem um buraco no palato, através do qual diz receber uma substância proveniente do Sol que se transforma em nutriente. Um relatório do estudo realizado com Prahlad Jani em 2003 refere uma secreção com origem no palato deste homem, adorado na Índia como Mataji - uma manifestação de Durga, a "Deusa Mãe" hindu.

Em geral, segundo os cientistas, as pessoas apenas sobrevivem cerca de 10 dias sem água e 40 sem comida.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Pelo menos 71 mortos em descarrilamento de comboio   Sex Maio 28, 2010 3:18 pm

.
Pelo menos 71 mortos em descarrilamento de comboio

por Lusa
Hoje


Um grupo apoiado pela rebelião maoísta indiana reivindicou hoje a autoria do descarrilamento de um comboio no leste do país, do qual resultaram pelo menos 71 mortos, refere um novo balanço da agência noticiosa Press Trust of Índia (PTI).

Um "comité do povo contra as atrocidades da polícia" (PCPA) reivindicou a sabotagem de um comboio expresso que fazia a ligação entre Calcutá a Bombaim, numa chamada telefónica à PTI.

Segundo um novo balanço fornecido pela polícia, pelo menos 71 pessoas morreram e pelo menos 120 ficaram feridas.

Um balanço anterior apontava para 65 mortos.

O acidente ocorreu à 01:30 locais de hoje (21:00 de quinta feira em Lisboa) e várias composições do expresso de Howrah-kurla Gyaneshwari, com destino a Bombaim, foram apanhadas por um comboio de mercadorias que seguia em sentido contrário.

O atentado ocorreu no distrito de West Midnapore, um bastião maoísta a cerca de 135 quilómetros a oeste de Calcutá, capital do estado de Bengala ocidental.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Relatório lança pouca luz sobre catástrofe de 1985   Sex Jun 18, 2010 8:58 pm

.
Relatório lança pouca luz sobre catástrofe de 1985

por LUÍS NAVES
Hoje


Inquérito sobre atentado contra voo da Air India levou 25 anos e conclui que houve erros de coordenação policial no Canadá.

O Governo canadiano publicou o relatório com a investigação a um dos maiores atentados aéreos, a destruição do voo 182 da Air India, no qual morreram 329 pessoas. O documento surge 25 anos depois dos factos, mas não lança nova luz sobre o episódio, embora conclua que o Canadá precisa de coordenar as actividades da sua polícia com as dos serviços secretos e aumentar a vigilância antiterrorista.

A catástrofe ocorreu no dia 23 de Junho de 1985 e foi atribuída a um grupo de independentistas sikh, que desejavam vingar o ataque de 1984 contra o Templo Dourado de Amritsar. Em 1991, um sikh, Inderjit Singh Reyat, foi condenado a dez anos de prisão e no ano seguinte outro suspeito foi morto pela polícia indiana. Mas o caso frustrou a opinião pública, por não ser esclarecido o envolvimento de dois outros suspeitos, absolvidos por falta de provas.

O voo 182 da Air India partira de Montreal e dirigia-se para Nova Deli, com a primeira escala em Londres. O Boeing 747 desapareceu dos radares e os pilotos nem tiveram tempo para emitir um pedido de socorro. Os destroços foram encontrados pouco depois, ao largo da Irlanda, e depressa se tornou evidente que a segurança tinha sido comprometida, com confusões de malas e trocas de nomes.

Uma hora depois da catástrofe, uma mala explodiu no aeroporto de Narita, no Japão, matando dois empregados. Isso levou à identificação de um grupo de suspeitos, todos sikh. Das 329 vítimas do Air India, foram recuperados 131 corpos e as autópsias revelaram que o avião se partira e que algumas pessoas tinham morrido da explosão, enquanto outras de asfixia ou do impacto no mar.

No embarque em Montreal, a polícia retirara três malas suspeitas, mas deixara passar bombas dentro de radiogravadores. Uma testemunha crucial seria assassinada em 1995, mostrando mais falta de coordenação. Foi o 11 de Setembro de 2001 a mudar a atitude em relação à segurança aérea. Ou, como se diz no novo relatório canadiano, a acabar com "a cultura de complacência" que produziu a tragédia do voo 182 da Air India.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Número de mortos sobe para 60   Seg Jul 19, 2010 3:59 pm

.
Número de mortos sobe para 60

por Lusa
Hoje


Segundo a agência Reuters, o número de vítimas mortais causadas por uma colisão entre dois comboios no leste da Índia, ascendeu às 60.

Pelo menos 60 pessoas morreram numa colisão entre dois comboios no leste da Índia, por causas ainda desconhecidas, existindo vários passageiros presos entre os escombros, anunciaram hoje responsáveis locais.

"Continuamos a lutar para retirar os corpos dos vagões", declarou um responsável da polícia, Humayun Kabir, por telefone desde o local do acidente no Estado de Bengala ocidental.

Anteriormente, um porta-voz dos caminhos de ferro, Anil Saxena, contactado em Calcutá, a capital deste Estado, indicou que 48 corpos foram retirados dos escombros, acrescentando esperar "mais mortos".

Cerca de 120 pessoas ficaram feridas, 40 das quais com gravidade, segundo a polícia.

Um comboio expresso que se dirigia a Calcutá atingiu cerca das 02:00 de hoje (21:30 de domingo em Lisboa) a traseira de um outro comboio, que estava parado numa estação do distrito de Birbhum, cerca de 200 Km a norte de Calcutá.

O impacto foi tão violento que um dos vagões traseiros do comboio parado foi projetado no ar sobre uma ponte obstruindo as vias, onde continua pendurado.

Os serviços de socorro continuam a retirar corpos sem vida ou passageiros gravemente feridos de entre os escombros, ajudados pela multidão que se reuniu em redor do local do acidente.

Nenhuma informação foi disponibilizada sobre as causas possíveis da colisão, que aconteceu dois meses depois de acidente ferroviário neste mesmo Estado, atribuído a uma sabotagem dos rebeldes maoistas, que provocou 150 mortos.

"Temos sempre dúvidas sobre quem é que está por trás destes acidentes", declarou à imprensa a ministra dos Transportes ferroviários, Mamata Banerjee, originária da Bengala ocidental.

A ministra confirmou a morte de 49 pessoas.

Cerca de 500.000 rupias (10.500 dólares) serão entregues às famílias dos mortos e 100.000 rupias às famílias dos feridos.

A maior parte dos mortos encontrava-se na parte de trás do comboio, em vagões sem lugares numerados, que habitualmente estão sobrelotados.

"Os passageiros mortos viajavam em compartimentos sem reserva. Não dispomos dos seus nomes, nem das informações essenciais para informar os seus parentes", explicou Sunil Banerjee, um responsável local do tráfego ferroviário.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Líder da Caxemira alvo de sapato   Seg Ago 16, 2010 9:26 am

.
Líder da Caxemira alvo de sapato

Hoje


Objecto atirado por um polícia falhou Omar Abdullah, que discursava no 63.º aniversário da independência indiana

O chefe do governo local da Caxemira indiana foi ontem alvo de um sapato atirado por um polícia, quando discursava em Srinagar, por ocasião do 63.º aniversário da independência da Índia. Omar Abdullah acabava de hastear a bandeira indiana num estádio da cidade quando o polícia lançou o sapato na sua direcção e gritou: "Queremos liberdade."

O homem falhou o alvo e o líder caxemire prosseguiu o seu discurso após uma breve pausa. O indivíduo foi depois neutralizado e a polícia indicou que ele está suspenso desde Maio. "Ele é mentalmente instável e é acusado num processo criminal. Já foi suspenso por esse motivo", indicou um comunicado citado pela AFP.

Caxemira está dividida em duas, entre Índia e Paquistão, mas é reivindicada por ambos. Os muçulmanos da parte indiana aproveitaram o dia da independência para protestar.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

Fantômas

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: 35 mortos no naufrágio de um barco no rio Ganges   Seg Out 11, 2010 11:31 am

.
35 mortos no naufrágio de um barco no rio Ganges

por Lusa
Hoje

Pelo menos 35 pessoas, na sua maioria mulheres e crianças, morreram afogadas após o naufrágio da embarcação, no norte da Índia, segundo informou hoje a polícia.

O acidente ocorreu domingo à noite no distrito de Buxar, no estado indiano de Bihar, disse à agência indiana IANS uma fonte da polícia, a qual referiu que na embarcação viajavam cerca de 80 pessoas.

Continuam desaparecidos 15 dos passageiros, todos eles camponeses pobres que voltavam a casa depois de terminar a sua jornada de trabalho nos campos de milho.

"Parece que o acidente ocorreu devido ao facto da embarcação estar sobrecarregada", disse a fonte policial.

"O barco podia transportar 35 pessoas, mas o número de passageiros era mais do dobro quando ocorreu o acidente", acrescentou um funcionário do distrito.

Entretanto continuam as operações de busca e resgate, indicaram as mesmas fontes.

O governo de Bihar abriu uma investigação para determinar a causa do acidente e anunciou uma compensação de 100.000 rupias (cerca de 2.250 dólares) para as famílias de cada uno dos mortos.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Obama na Ásia para conquistar mercados e empregos   Sab Nov 06, 2010 2:19 pm

.
Obama na Ásia para conquistar mercados e empregos

por LUÍS NAVES
Hoje


Segurança está a gerar controvérsia caseira e restrições à circulação em Bombaim

O Presidente Barack Obama partiu ontem para a Índia, onde iniciará uma viagem asiática de dez dias, por quatro países aliados, com a intenção expressa de "abrir mercados para as empresas americanas", mas também para participar, em Seul, na reunião do G20 em que se espera uma difícil discussão sobre a economia mundial. Em relação à primeira etapa da viagem, Obama classificou a Índia de "parceiro indispensável", explicando que os EUA estão a tentar criar uma parceria estratégica com Nova Deli.

A passagem de Obama pela Índia terá no topo da agenda a preocupação da luta antiterrorista. A delegação americana optou por deixar uma mensagem clara neste domínio, ficando alojada no hotel Taj Mahal, alvo do ataque terrorista de 2008 em Bombaim. Este atentado, que matou mais de 160 pessoas, foi executado por um comando islamita que entrou de barco naquela zona da cidade.

As questões de segurança - numa viagem onde Obama deverá confrontar-se com os habituais protestos de rua anti-EUA - criaram aliás uma verdadeira histeria mediática, com notícias depressa repetidas em meios republicanos de que a viagem custaria 200 milhões de dólares diários (a mesma factura diária da guerra no Afeganistão). O número foi imediatamente desmentido. Segundo os críticos, seria a verba necessária para pagar 34 navios na baía de Bombaim, 870 quartos de hotel de cinco estrelas e dois mil acompanhantes. Mas o porta-voz do Pentágono considerou as afirmações "completamente absurdas", pois 34 navios seria o equivalente a desviar 10% da frota americana.

A segurança é apertadíssima: foram proibidos petardos na festa hindu do Diwali e haverá dispositivos electrónicos capazes de bloquear todos os telemóveis próximos do presidente. Na baía, a segurança é garantida por navios americanos e indianos, com toda a circulação de barcos interdita.

Um dos pontos essenciais da visita será a normalização de relações com a Índia na esfera militar e atómica, áreas onde há grandes oportunidades de negócios, pois a Índia quer construir centrais nucleares e vai modernizar a sua força aérea. Antes de partir, Obama falou de "abrir mercados" que estão entre os de maior crescimento, o que permitirá "criar empregos aqui nos EUA".

O tema económico deverá ser mais óbvio nas etapas seguintes, na Indonésia, Japão e Coreia do Sul. No Japão, Obama participa na cimeira da APEC (a organização regional) para depois se deslocar à Coreia do Sul, onde se realiza a cimeira do G20.

Estes encontros têm agendas complexas. A APEC terá de gerir o problema das relações difíceis entre China e Japão. E o G20 terá no topo das discussões a difícil questão da economia mundial e, sobretudo, os desequilíbrios cambiais que ameaçam a recuperação.

Está afastada a hipótese de se discutirem objectivos para a relação cambial, mas sem dúvida que as potências vão analisar a verdadeira guerra que está a surgir em torno do valor das moedas. A Reserva Federal, a autoridade monetária americana, já anunciou que vai comprar títulos do tesouro americanos, num montante de 600 mil milhões de euros (quase 500 mil milhões de euros), o que deverá desvalorizar ainda mais o dólar, prejudicando o euro. Mas a medida é sobretudo contestada pelos chineses. Obama deverá encontrar-se em Seul com o o Presidente chinês, Hu Jintao.

A reforma do sistema monetário internacional é uma das ambições das economias emergentes das quais depende a recuperação da economia global. Mas é também um tema fortemente político. A política externa parece ser um dos melhores trunfos de Obama, sobretudo se conseguir negociar o acesso a mercados lucrativos, evitando uma guerra comercial proteccionista que poderia agradar a sectores republicanos.

O Presidente parte para a Ásia sob forte pressão do resultado eleitoral de terça-feira. Os democratas perderam o controlo do Congresso e os republicanos têm maioria na Câmara dos Representantes. Este partido quer limitar o governo federal e reduzir a dívida sem aumentar impostos para os ricos. Isso só será possível com crescimento da economia e, portanto, com mais comércio, não menos.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: 64 mortos em desmoronamento de prédio em Nova Deli   Ter Nov 16, 2010 11:05 pm

.
64 mortos em desmoronamento de prédio em Nova Deli

por Lusa
Hoje


Pelo menos 64 pessoas morreram e 80 ficaram feridas no desmoronamento de um edifício de quatro andares, num bairro de Nova Deli, havendo ainda pessoas sob os escombros, segundo um novo balanço policial.

A polícia de Nova Deli disse estar em condições de "confirmar haver 64 mortos" e 80 feridos, que estão a receber assistência em vários hospitais da cidade. Segundo um porta-voz das forças policiais, "Várias vítimas estão ainda sob o betão e barras de ferro. O nosso desafio é resgatá-las com vida".

No edifício de quatro andares, em Laxmi Nagar, na zona leste de Nova Deli, viviam 250 pessoas, a maioria proveniente de outras zonas da Índia. Segundo as equipas de resgate, o recente transbordo do rio Yamuna, provocado pelas chuvas de monção, concentrou uma quantidade anormal de água junto da estrutura do prédio, que causou o seu desmoronamento. No entanto, para o município de Deli, o colapso do edifício deveu-se à sua má construção.

O proprietário do edifício, um empresário que possui também uma fábrica de cimento, foi detido e acusado de homicídio involuntário, afirmou fonte policial uma vez que ao prédio, que ruiu cerca das 20:15 de segunda-feira (13:45 em Lisboa), tinha sido acrescentado um quinto andar que nunca chegou a ser terminado e que poderá estar na causa do colapso do edifício.

http://dn.sapo.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1712075&seccao=%C1sia

In DN

Rolling Eyes

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

RMaria

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Mais de 100 peregrinos mortos em festival hindu   Sab Jan 15, 2011 5:54 pm

.
Mais de 100 peregrinos mortos em festival hindu

por Lusa

Uma multidão de peregrinos que regressava de um do mais populares festivais religiosos hindus na Índia entrou em pânico, provocando mais de 100 mortos e 25 feridos.

O enorme grupo de fiéis foi surpreendido por um acidente de viação, quando um jipe atingiu alguns dos participantes, provocando uma fuga desordenada, referiu a agência AP.

O acidente ocorreu na região montanhosa do estado de Kerala, sul da Índia, numa festividade que atrai anualmente cerca de quatro milhões de pessoas.

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

Fantômas

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Infractores obrigados a ajudar polícias de trânsito   Dom Mar 20, 2011 11:13 pm

.
Infractores obrigados a ajudar polícias de trânsito

Hoje

A iniciativa partiu das autoridades de Gurgaon, na Índia, onde quem passa um sinal vermelho já não escapa apenas com uma multa, escreve o 'Hindustan Times'

Em Gurgaon, 30 quilómetros a sul de Nova Deli, os condutores que cometem infracções ao volante são convidados a sair do carro e a ajudar a polícia a controlar o trânsito durante pelo menos 10 minutos.

O objectivo da iniciativa é fazer com que os condutores "percebam a dificuldade deste trabalho", de forma a facilitar circulação dos veículos, explicou recentemente um responsável da polícia de trânsito da cidade ao jornal Hindustan Times. "As pessoas precisam de perceber que, seguindo as regras básicas, é possível evitar o congestionamento do trânsito", afirmou o mesmo responsável".

As autoridades locais convidaram ainda algumas celebridades indianas a juntar-se a este projecto de descongestionamento das estradas da cidade, pedindo-lhes que, durante algumas horas, trabalhassem como polícias de trânsito.

In DN

Embarassed Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

RMaria

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Pelo menos 25 feridos em descarrilamento de comboio   Seg Maio 09, 2011 2:11 pm

.
Pelo menos 25 feridos em descarrilamento de comboio

por Lusa
Hoje

Pelo menos 25 pessoas ficaram feridas em sequência do descarrilamento de um comboio no estado de Madhya Pradesh, na região centro da Índia, o segundo acidente do género naquele país em menos de uma semana, informaram as autoridades locais.

Segundo um oficial dos caminhos-de-ferro indianos, Ghanshyam Singh, citado pela agência Associated Press, os comboios foram interrompidos logo após o acidente.

O descarrilamento envolveu sete carruagens e, segundo Singh, todos os passageiros foram socorridos e os feridos levados para os hospitais.

Na quarta-feira, 27 pessoas ficaram feridas num acidente semelhante no leste da Índia.

A Índia tem das maiores redes de caminhos-de-ferro do mundo, com um fluxo de cerca de 14 milhões de passageiros por dia. Os acidentes são comuns e a maior parte deles devem-se à falta de manutenção ou erro humano.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Descarrilamento de comboio provoca pelo menos 35 mortos   Dom Jul 10, 2011 4:44 pm

.
Descarrilamento de comboio provoca pelo menos 35 mortos

por Lusa
Hoje


O descarrilamento de um comboio que aconteceu hoje, no Norte da Índia, provocou pelo menos 35 mortos e mais de uma centena de feridos, segundo o novo balanço das autoridades do país.

O número de mortos e feridos poderá aumentar, atendendo a que "permanecem pessoas presas nas carruagens", realçou K. N. Joshi, responsável de saúde do distrito de Lucknow, citado pela agência AFP.

À agência AP, A.K. Jain, um responsável dos caminhos de ferro indianos, contou que o comboio com 15 carruagens - que se viraram, segundo a agência AFP - e cerca de mil passageiros saiu da estação de Howrah, perto de Calcutá, em direcção a Nova Deli, tendo descarrilado perto da estação de Malwa, no estado de Uttar Pradesh, quando circulava a 105 quilómetros por hora.

Desconhece-se ainda a causa do acidente, mas o comboio estava sobrelotado, como é habitual na Índia, e tudo indica que o condutor do comboio tenha puxado o travão de emergência.

Imagens televisivas mostraram pessoas presas nas carruagens, tentando sair pelas janelas ou saltando usando os saris para deslizarem para o exterior.

Segundo a agência Efe, duas centenas de polícias participam nas operações de resgate, usando máquinas para forçar a chapa das carruagens.

Os feridos resgatados foram transportados para o hospital do distrito de Fatehpur, situado a 17 quilómetros do local do acidente.

A Índia tem uma das redes ferroviárias mais densas do mundo, transportando cerca de 14 milhões de passageiros por dia, mas a debilidade da manutenção das infraestruturas, a fraca sinalização e os erros do pessoal técnico têm resultado em frequentes acidentes.

In DN

Embarassed Rolling Eyes Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

RMaria

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Pelo menos 17 mortos em atentados em Bombaim   Qua Jul 13, 2011 11:47 pm

.
Pelo menos 17 mortos em atentados em Bombaim

por Lusa
Ontem


As três explosões quase simultâneas em Bombaim, que o governo indiano já admitiu tratar-se de um novo ataque terrorista, provocaram pelo menos 17 mortos, indica um novo balanço oficial.

O responsável máximo do estado de Maharashtra, oeste da Índia, disse que o número de vítimas do ataque em pleno centro da capital financeira indiana pode aumentar.

As imagens das televisões mostravam dezenas de polícias, muitos armados, nos locais das explosões, que atingiram o movimentado mercado Dadar, no centro da mais populosa cidade indiana, e a zona financeira de Jhaveri. Vários edifícios, incluindo a ópera local, ficaram danificados.

As explosões ocorreram entre as 06:00 e as 07:00 locais (entre a 01:30 e as 02:30 em Lisboa), quando milhares de pessoas já se encontravam nas ruas da cidade.

Bombaim foi palco, em 26 de Novembro de 2008, de um ataque concertado de um grupo terrorista, que desembarcou por mar proveniente do Paquistão e atacou diversos hotéis, estações de caminho-de-ferro e um centro judaico. Em dois dias de confrontos com forças de segurança morreram 166 pessoas e centenas ficaram feridas.

In DN

Rolling Eyes Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: NOVO BALANÇO: 21 mortos e 141 feridos nos atentados   Qui Jul 14, 2011 10:46 am

.
NOVO BALANÇO: 21 mortos e 141 feridos nos atentados

por Lusa
Hoje

O número de vítimas das três explosões simultâneas ocorridas quarta-feira, em Bombaim, na Índia, subiu para 21 mortos e 141 feridos, noticiaram as agências internacionais, citando dados do governo indiano.

O triplo atentado na capital financeira da Índia é considerado o mais mortífero desde os ataques de 2008, que causaram 166 mortos.

As bombas explodiram em três zonas da cidade muito frequentadas, sendo que duas delas, no sul de Bombaim, tinham sido alvo, em novembro de 2008, de atentados perpetrados por dez homens armados pertencentes a um grupo islamista.

Segundo o Ministério do Interior indiano, os ataques mataram pelo menos 21 pessoas e feriram 141, muitas delas com gravidade.

O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, condenou o triplo atentado, assim como a comunidade internacional, nomeadamente os Estados Unidos, Alemanha, França, Reino Unido e o vizinho Paquistão, com o qual a Índia reatara recentemente ligações.

Não obstante o ocorrido, a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, mantém a sua visita à Índia na próxima semana.

Em declarações à imprensa, o ministro indiano do Interior disse tratar-se de "um ataque coordenado por terroristas". As suspeitas recaem sobre dois grupos islamistas, um deles, o LeT, sediado no Paquistão e acusado de ter provocado os atentados de 2008.

As três bombas explodiram, com um intervalo de 15 minutos, nas áreas do mercado de jóias Jhaveri Bazaar e da ópera e no bairro Dadar.

As explosões ocorreram entre as 06:00 e as 07:00 locais (entre a 01:30 e as 02:30 em Lisboa), quando milhares de pessoas já se encontravam nas ruas da cidade.

Bombaim foi palco, em 26 de Novembro de 2008, de um ataque concertado de um grupo terrorista, que desembarcou por mar proveniente do Paquistão e atacou diversos hotéis, estações de caminho-de-ferro e um centro judaico. Em dois dias de confrontos com forças de segurança morreram 166 pessoas e centenas ficaram feridas.

In DN

Embarassed Rolling Eyes Twisted Evil

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Sonia Gandhi foi operada nos Estados Unidos   Qui Ago 04, 2011 5:00 pm

.
Sonia Gandhi foi operada nos Estados Unidos

por Lusa
Hoje


A dirigente do partido no poder na Índia, Sonia Gandhi, foi operada nos Estados Unidos, declarou hoje um porta-voz do partido de centro-esquerda, o partido do Congresso.

A indiana de origem italiana, viúva do antigo primeiro-ministro Rajiv Gandhi assassinado em 1991, é considerada a personalidade mais influente do país. O porta-voz, Janardhan Dwivedi, recusou-se a precisar a natureza da operação mas declarou à imprensa que decorreu com êxito e que Sonia Gandhi precisava de "duas a três semanas" para se restabelecer.

"A conselho dos médicos, ela deslocou-se ao estrangeiro e e deverá estar ausente durante duas a três semanas", adiantou. "Acabámos de saber que a operação correu bem e que o seu estado de saúde é satisfatório", disse. Na sua ausência, Sónia Gandhi, de 64 anos, nomeou um comité de quatro membros que estará encarregado de gerir os assuntos quotidianos do partido do Congresso. O filho de Sónia Gandhi, Rahul, considerado pelos observadores como o possível futuro primeiro-ministro da Índia, integra este comité.

O marido de Sonia Gandhi era filho de Indira Gandhi, também ex-primeira ministra assassinada em 1984, e que era filha de um dos pais da independência da Índia Jawaharlal Nehru. A dinastia Nehru-Gandhi não tem qualquer laço familiar com Mahatma Gandhi.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
RMaria

RMaria

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Explosão que matou 9 pessoas foi ataque "terrorista"   Qua Set 07, 2011 2:07 pm

.
Explosão que matou 9 pessoas foi ataque "terrorista"

por Lusa
Hoje


O Governo indiano atribuiu a um ataque terrorista a explosão ocorrida hoje em frente ao Tribunal de Nova Deli, que provocou pelo menos nove mortos.

"O Governo condena unanimemente o ataque terrorista que ocorreu hoje", declarou o ministro do Interior, P. Chidambaram, na câmara baixa do Parlamento.

"Nova Deli é um alvo para os grupos terroristas. Nesta fase, não é possível identificar os autores", adiantou, denunciando a tentativa destes "de instaurar o medo e de desestabilizar o país".

Apresentando as condolências às famílias das vítimas, o ministro do Interior apelou para o país para se manter "unido".

A bomba, que explodiu cerca das 10:15 locais (05:45 em Lisboa), estava "aparentemente colocada numa mala perto da recepção numa das principais portas de entrada do tribunal", declarou à imprensa um comissário da polícia, Dharmendra Kumar.

Os arredores do Supremo Tribunal foram cercados pela polícia e as instalações foram evacuadas, enquanto várias ambulâncias retiravam os feridos para os transportar para um hospital da capital.

Várias horas depois da explosão, não tinha sido feita qualquer reivindicação.

Segundo testemunhas, a bomba explodiu numa altura em que centenas de pessoas faziam fila numa das principais portas de entrada do tribunal para entrarem.

A 13 de julho último, pelo menos 26 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas num triplo atentado em Bombaim, que foi o que maior número de mortos causou desde o perpetrado por militantes islamitas em 2008, do qual resultaram 166 mortos.

In DN

Rolling Eyes Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

RMaria

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Número de mortos por causa de sismo sobe para 16   Dom Set 18, 2011 11:14 pm

.
Número de mortos por causa de sismo sobe para 16

por Lusa
Ontem


Pelo meons 16 pessoas morreram no sismo que afectou este domingo a Índia e o Nepal, com magnitude de 6,9 na escala de Richter, segundo fonte oficiais dos dois países.

O sismo, registado às 06:10 locais (13:40 hora de Lisboa) foi sentido na Índia, incluíndo na capital, e no Nepal, tendo sido registadas pelo menos duas fortes réplicas de magnitude 6,1 e 5,3.

Um primeiro balanço de vítimas dava conta de nove mortos, mas a estatística subiu para 16.

Na Índia registaram-se 11 mortos e pelo menos 50 feridos e no Nepal as autoridades contabilizaram cinco vítimas mortais e "dezenas de feridos".

O número total de vítimas e a avaliação dos estragos vai demorar algum tempo a apurar, na medida em que a região é pouco povoada e muitos dos seus habitantes vivem em zonas remotas, algumas das quais ficaram isoladas por caua de deslizamentos de terra provocados pelo sismo.

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

Fantômas

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Pirataria custa ao comércio mundial mais de 6.500 ME   Seg Out 03, 2011 1:08 pm

.
Pirataria custa ao comércio mundial mais de 6.500 ME

por Lusa
Hoje

Proprietários de navios na Índia afirmaram que a pirataria custa ao comércio marítimo mundial mais de 9.000 milhões de dólares norte-americanos (cerca de 6.500 milhões de euros) por ano.

Os valores foram estimados por empresários que exortam as forças marítimas a deter os piratas que operam no Oceano Índico, ao largo da costa da Somália.

De acordo com Anil Devli, membro da Organização Nacional Indiana de Armadores, as crescentes despesas têm-se agravado nomeadamente devido aos gastos com seguros, à despesa pelo recurso a rotas mais longas, e com os seguranças dos barcos e os resgates pagos pela libertação de embarcações e reféns.

Anil Devli adiantou que a organização submeteu uma missiva ao Governo indiano a pedir uma força marítima sob o comando das Nações Unidas, à semelhança da força da manutenção da paz, com vista a garantir a proteção e segurança das rotas marítimas no Mar da Arábia e no Oceano Índico.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: 32 mortos e 132 feridos em queda de ponte   Dom Out 23, 2011 11:23 am

.
32 mortos e 132 feridos em queda de ponte

por Lusa
Hoje

A queda de uma ponte no leste da Índia, na noite de sábado, provocou pelo menos 32 mortes e outras 132 pessoas ficaram feridas, segundo os últimos dados divulgados hoje pelas autoridades, que continuam os trabalhos de resgate.

O acidente aconteceu a 30 quilómetros da cidade de Darjeeling, depois de a ponte - da época colonial britânica - ter caído com 200 pessoas que estavam no local a assistir uma reunião política.

Parte da estrutura, de madeira, caiu por mais de cem metros, até parar no rio Little Rangeet.

"Havia demasiadas pessoas sobre a ponte e muitas caíram para o rio", explicou Roshan Giri, secretário-geral de Gorkha Janmukti Morcha, partido político que havia convocado a reunião.

As autoridades locais afirmaram que os feridos foram transportados para os hospitais locais.

Os trabalhos de resgate, em que participam unidades o exército indiano, recomeçaram esta manhã, depois de algumas horas parados durante a noite.

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: 15 mil pessoas sob custódia mortas na última década   Seg Nov 21, 2011 3:54 pm

.
15 mil pessoas sob custódia mortas na última década

por Lusa
Hoje


Um total de 14.231 pessoas morreram na última década na Índia quando estavam sob custódia judicial ou policial, denunciou hoje uma ONG, que criticou as "torturas" sistemáticas das forças da ordem.

Entre os anos de 2001 e 2010 morreram 1.504 pessoas sob custódia policial e 12.727 sob custódia judicial, segundo a ONG Asian Centre for Human Rights (ACHR), que hoje apresentou o relatório "Tortura na Índia 2011".

"Ainda que não possamos saber sempre a causa, a grande maioria das vítimas sob custódia policial faleceram menos de 48 horas depois de terem sido detidas. Noventa e nove por cento dos casos resultam de torturas", afirmou o director da organização, Suhas Chakma.

Os casos de mortes sob custódia judicial, segundo a ONG, devem-se "em grande medida" às torturas, às precárias instalações sanitárias e às "condições sub-humanas" das prisões na Índia.

Segundo Chakma, as torturas sob custódia na Índia são generalizadas e resultam à cultura de impunidade de que beneficiam as forças da ordem: não podem ser investigados salvo se houver uma autorização prévia do governo, "que nunca chega".

Os dados da ACHR resultam das comunicações de falecimentos transmitidas oficialmente pelos distritos à Comissão Nacional de Direitos das Minorias.

"A única forma de resolver esta situação é a Índia aprovar uma lei eficaz que respeite a Convenção das Nações Unidas contra a tortura", adiantou Chakma.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Guru de yoga faz greve de fome contra a corrupção   Dom Ago 12, 2012 2:31 pm

.
Guru de yoga faz greve de fome contra a corrupção

por Lusa, publicado por Elisabete Silva
Hoje

Um guru indiano do yoga está há três dias em greve de fome contra a corrupção, e ameaça tornar o protesto nacional se o governo não tomar medidas para recuperar os milhões obtidos ilegalmente e colocados no estrangeiro.

"Se o primeiro-ministro não responder à minha exigência até domingo à noite, vou intensificar o protesto no país, sob a forma de uma revolta popular", disse Baba Ramdev a milhares de apoiantes numa concentração na capital. O guru não adiantou pormenores do plano que irá anunciar amanhã e espera uma resposta do primeiro ministro Manmohan Singh.

Ramdev e os seus apoiantes dizem que não comem há três dias para pressionar o governo a aceitar as suas exigências anticorrupção, incluindo a criação de um poderoso provedor que fiscalize os dirigentes governamentais, um gabinete de investigação central independente e ações para prevenir a evasão fiscal e a transferência ilegal de dinheiro para bancos estrangeiros.

Na quinta-feira, o governo anunciou estar a trabalhar numa legislação que visa criar um provedor e que será submetida ao parlamento no próximo mês. O ministro das Finanças está também a tornar as leis mais restritivas no que diz respeito às transferências de dinheiro para o estrangeiro.

O protesto de Ramdev começou menos de uma semana depois de o ativista indiano anticorrupção Anna Hazare ter suspendido uma greve de fome que não conseguiu atrair a esperada atenção. Hazare e os seus apoiantes desistiram de agitar e decidiram antes dedicar-se à política. Nos últimos dias, multidões têm-se juntado no local onde decorre a greve de fome de Ramdev, cujo programa televisivo - em que executa exercícios de yoga - atrai milhões de indianos diariamente.

Nos últimos anos, o guru tem usado a sua popularidade para dar relevo à campanha contra a corrupção e o dinheiro sujo, e em junho já esteve nove dias em greve de fome pela mesma causa.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

Fantômas

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Cinco soldados mortos em explosão de mina na Índia   Qui Out 18, 2012 2:47 pm

.
Cinco soldados mortos em explosão de mina na Índia

por Lusa
Hoje

Cinco soldados paramilitares morreram hoje na sequência da explosão de uma mina instalada por alegados rebeldes maoístas no leste da Índia, informou a polícia local.

De acordo com a AP, que cita Amit Kumar, da polícia do estado indiano de Bihar, sete outros soldados ficaram feridos na sequência da explosão.

O incidente ocorreu numa altura em que os soldados realizavam uma patrulha de rotina no distrito de Gaya, a 120 quilómetros a sudoeste da capital do estado indiano de Bihar.

Esta zona é conhecida como sendo um bastião dos rebeldes.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

Romy

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Corpo da vítima de violação coletiva já cremado   Dom Dez 30, 2012 10:42 am

.
Corpo da vítima de violação coletiva já cremado

por Lusa, texto publicado por Sofia Fonseca
Hoje


Fotografia © REUTERS/Adnan Abidi

A indiana de 23 anos que morreu na sequência da violação coletiva de que foi vítima a 16 de dezembro foi hoje cremada numa cerimónia realizada em Nova Deli, informou a polícia local.

"Estamos a pedir às pessoas para não entrarem no local da cremação, uma vez que a família pediu para que esta fosse uma cerimónia privada", disse um polícia citado pela agência noticiosa AFP.

O funeral teve lugar no distrito de Dwarka, em Nova Deli, onde a jovem vivia quando estudava medicina e, segundo um agente da polícia, alguns políticos marcaram presença na cerimónia.

Vários polícias concentraram-se nas imediações do local onde decorreu o funeral, realizado cerca de quatro horas depois de o corpo da vítima ter chegado a Nova Deli proveniente de Singapura, onde a jovem estava internada e acabou por morrer no sábado.

O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, esperou no aeroporto internacional Indira Gandhi, em Nova Deli, pela chegada do corpo da jovem para manifestar as suas condolências à família.

Milhares de pessoas realizaram uma vigília à luz das velas na noite de sábado em Nova Deli, bem como noutras localidades do país, como Mumbai, Calcutá e Hyderabad, depois de Singh ter apelado à calma para evitar novos protestos violentos e a polícia ter indicado que os seis homens acusados de homicídio da jovem arriscam a pena de morte.

Nova Deli tem sido considerada a "capital da violação" da Índia, registando em média um caso a cada 18 horas, segundo os dados da polícia. De acordo com a edição de hoje do jornal Hindustan Times, mais de 20 mulheres foram violadas desde 16 de dezembro, mas a realidade deve superar esse número, já que a maioria das vítimas acaba por não denunciar os casos de violação.

Debangana, de 16 anos, vive em Bengala Ocidental e no verão de 2010, quando trabalhava na loja da família em Sonarpur, dois rapazes ofereceram-lhe um refrigerante, que continha sedativos.

Quando acordou, a jovem, com 14 anos na altura, estava num comboio com três homens, que a tinham sequestrado e levado para um apartamento em Nova Deli.

"Fecharam-me num quarto, forçaram-se a ficar em silêncio atacando-me com sapatos e paus, enquanto me violavam", contou em declarações à AFP.

A jovem foi depois vendida a um bordel de Nova Deli, onde alega ter sido "explorada durante um ano" e acabou por ser resgatada com outras 10 raparigas pela polícia.

Ao chegar a casa não obteve apoio para denunciar o seu caso. "Na cidade, uma rapariga tem a liberdade de decidir, mas numa aldeia tem de obedecer ao seu pai, irmãos, aos homens", constatou.

Debangana decidiu mesmo assim apresentar queixa na polícia, contando com o apoio legal oferecido por uma organização voluntária.

Três dos seus raptores foram detidos e acusados, mas dois anos depois foram libertados. A casa da sua família foi destruída e o campo de arroz que cultivava também, depois de ter recusado desistir do caso.

A jovem estudante de Nova Deli "morreu e eu tenho de viver para continuar a lutar", concluiu Debangana.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: India   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
India
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Suzuki Samurai - Depois de fazer a trilha do sitio da gorda 01/10/14

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Actualidade Mundial :: Resto do Mundo-
Ir para: