Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Mirandela

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: CDS propõe cortes no abono de família de alunos violentos   Qui Mar 11, 2010 10:46 am

.
CDS propõe cortes no abono de família de alunos violentos

por Lusa
Hoje


O CDS-PP vai apresentar no Parlamento propostas para responsabilizar as famílias de alunos que exerçam violência reiterada sobre colegas, nomeadamente cortes nas prestações sociais como o abono de família, anunciou hoje a deputada Teresa Caeiro.

A proposta integra um conjunto de medidas que o CDS-PP vai apresentar "nos próximos dias", no Parlamento, que visam prevenir e sancionar episódios de bullying, prática reiterada de maus tratos ou perseguição a alunos por parte de colegas.

Em conferência de imprensa, à margem da reunião da comissão política nacional do CDS-PP, que decorreu num hotel de Lisboa, Teresa Caeiro defendeu que a resposta ao bullying passa pela responsabilização das autoridades educativas, do Ministério da Educação aos diretores da escola, mas também das famílias e dos alunos.

"Não se trata de responsabilizar as famílias por um comportamento mais agressivo, esporádico [dos alunos], mas os responsáveis pela educação destes jovens que têm estas práticas reiteradas de violência e perturbação têm que ser responsabilizados e, se for caso disso, através de uma redução ou corte de prestações sociais como o abono de família", afirmou.

Uma proposta idêntica foi feita publicamente no passado dia 5 pela Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP).

A penalização do comportamento do aluno violento com "falta injustificada" e o agravamento das sanções disciplinares são outras medidas defendidas pela vice-presidente do CDS-PP, que apresentará nas próximas semanas, segundo o líder do partido, Paulo Portas, um projeto de lei para a revisão do Estatuto do Aluno.

Questionado pelos jornalistas sobre o Programa de Estabilidade e Crescimento, cuja avaliação foi anunciada como o assunto dominante da comissão política, Paulo Portas recusou pronunciar-se, remetendo o tema para quinta ou sexta feira.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Descida das águas do Tua pode ajudar a encontrar corpo   Sex Mar 12, 2010 1:13 pm

.
Criança desaparecida há nove dias
Mirandela


Descida das águas do Tua pode ajudar a encontrar corpo

As autoridades ainda acreditam que é possível recuperar o corpo da criança desaparecida há nove dias no Tua e esperam resultados das buscas com a gradual descida das águas do rio por ter parado de chover.

O comandante do Centro Operacional de Operações e Socorro (CDOS) de Bragança, Melo Gomes, disse hoje à Lusa que os operacionais precisam de uma tarde inteira com o leito mais baixo para terem mais capacidade de trabalho.

Aquele responsável adiantou ainda que, se as condições climatéricas se mantiverem, pretende programar esta operação, logo que as barragens tenham capacidade de retenção da água.

A ideia é fazer baixar o nível das águas para patrulhar novamente todo o rio com novo reforço do efectivo que desde o fim de semana está reduzido ao patrulhamento das margens e um bote.

\"O histórico vale o que vele, mas diz-nos que não há memória de um afogado no Tua ter chegado ao Douro\", disse o responsável, acrescentando que \"obstáculos naturais do rio contribuem para que assim seja\".

Segundo explicou Melo Gomes, \"da Brunheda para baixo, é fraga sobre fraga, o que faz os chamados gavetões onde o corpo pode estar preso\", referindo-se à zona mais próxima da foz, onde o Tua se encontra com o Douro, a jusante do local onde a criança desapareceu.

Devido às chuvadas dos últimos tempos todo o caudal do Tua está acima do normal e com grande corrente, o que faz com que o curso de água leve muito lixo, um dos factores que reduz a capacidade de trabalho dos operacionais, nomeadamente dos mergulhadores.

Nos primeiros dias de buscas, as autoridades conseguiram fazer baixar momentaneamente o nível do rio, mas por pouco tempo e insuficiente para os trabalhos, devido à falta de capacidade das barragens de reterem a água, segundo explicou.

Esta semana a chuva deu tréguas no Nordeste Transmontano e as previsões meteorológicas apontam para que o tempo se mantenha seco, pelo que o comandante do CDOS acredita que poderá haver condições para avanços nas buscas.

Melo Gomes explicou que \"passados estes dias, o corpo já tem capacidade de flutuar e se estiver preso pode soltar-se ou pode ficar visível, se o nível das águas baixar e a corrente diminuir\".

A criança de 12 anos desapareceu a 02 de Março, à hora de almoço, nas águas do rio Tua, junto ao parque de merendas de Mirandela.

Leandro era de uma aldeia, Cedainhos, e frequentava a escola EB 2/3 Luciano Cordeiro, na cidade, a alguma distância da zona do rio onde foi visto pela última vez.

O caso está a ser alvo de inquéritos no Ministério da Educação e na Justiça, desconhecendo-se ainda conclusões de ambos.

O inquérito realizado pela escola foi entregue terça feira à Direcção Regional de Educação do Norte, que decidiu ouvir mais pessoas.

A Ministra da Educação, Isabel Alçada, explicou que o inquérito não tinha sido conclusivo e que a Inspecção Geral da Educação encontra-se já no terreno a recolher mais informação sobre o caso.

Os responsáveis não avançaram um prazo para a conclusão das averiguações, assim como se desconhece ainda também quando ficará concluído o inquérito judicial que decorre paralelamente no Ministério Público de Mirandela.


Lusa, 2010-03-11
In DTM

Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Director da escola de Mirandela é ouvido pela Inspecção da Educação   Sex Mar 12, 2010 2:47 pm

.
Ouvidas cerca de 25 testemunhas
Mirandela


Director da escola de Mirandela é ouvido pela Inspecção da Educação

O director da Escola Luciano Cordeiro, em Mirandela, onde era aluno o rapaz de 12 anos que se atirou ao rio Tua, por alegadamente ser vítima de bullying, vai ser ouvido pelo inspector da Educação que está a elaborar um novo relatório sobre o que se passou no dia 2 de Março.

Depois de o Ministério da Educação ter considerado inconclusivo o relatório ao caso feito pela escola, a Inspecção-Geral da Educação foi chamada ao terreno.

Há dois dias que um inspector se encontra no estabelecimento, tendo instruções do ministério para ouvir o presidente da Direcção cão Executiva da escola, José Carlos Moreira da Silva Azevedo, e dos restantes quatro membros do executivo.

O inspector vai também ouvir os pais de Leandro, que foram ignorados no inquérito elaborado pela direcção da escola e que dizem ter alertado o estabelecimento para as agressões ao filho por parte de outros alunos.

A ministra da Educação, Isabel Alçada, terá dado instruções rigorosas para que seja apurada toda a verdade sobre o caso, querendo sobretudo resposta a duas questões ainda por esclarecer: se existiam agressões a Leandro ou outros alunos na escola, porque é que nunca foram reportadas pela direcção da Luciano Cordeiro ao ministério ou à Comissão de Protecção de Menores de Mirandela. E como é que foi possível que Leandro e outros alunos tivessem saído da escola no horário das aulas quando não estavam autorizados pelos pais a fazê-lo.

A ministra Isabel Alçada terá apontado o prazo de meados da próxima semana como a data-limite para a conclusão do relatório. Quarta-feira da próxima semana é também o dia apontado para a conclusão do inquérito ao caso que a PSP está a realizar para o Ministério Público.

Segundo fonte policial, já foram ouvidas cerca de 25 testemunhas , entre elas os responsáveis pela escola Luciano Cordeiro e os alunos que presenciaram o presumível afogamento do Leandro.

A Protecção Civil de Bragança retirou das margens do rio Tua em Mirandela a maioria dos meios que ali concentrou desde 2 deste mês, data em que Leandro de 12 anos se terá atirado à água.

Durante cerca de 10 dias, as equipas percorreram o Tua desde Mirandela até à foz. O grande caudal do rio e a pouca visibilidade das águas não permitiram que o corpo fosse localizado através dos botes e dos mergulhadores. As equipas também percorreram os treze quilómetros de margens, mas não foram encontrados vestígios do rapaz.

Para os responsáveis, o facto de o corpo se encontrar nu e pesar cerca de trinta quilos dificulta muito as buscas.

Em declarações ao DN, Melo Gomes, comandante da Protecção Civil afirmou que o grande caudal que o Tua apresenta, a temperatura muito baixa das águas impedem que as buscas tenham êxito. No entanto, adiantou, que os Bombeiros de Mirandela ao longo do dia vão monitorizando o rio e as suas margens.

Ainda segundo o responsável da Protecção Civil, quando o caudal for menor e a temperatura da água subir um pouco será lançada uma grande operação com todos os meios disponíveis numa tentativa de encontrar o corpo do rapaz.

A Protecção Civil de Bragança espera lançar a operação dentro de quinze dias se o tempo continuar seco.

José Cardoso in DN, 2010-03-12
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Família de Leandro frustrada com ausência de corpo e culpados   Seg Mar 15, 2010 4:43 pm

.
«Já não tenho esperança»
Mirandela


Família de Leandro frustrada com ausência de corpo e culpados

Tudo parecia conspirar a favor da operação montada ontem em Mirandela, a derradeira tentativa para encontrar o corpo de Leandro, o menino de 12 anos desaparecido no rio Tua há 12 dias.

Tempo seco e sol de Verão possibilitaram fechar as comportas durante duas horas e 10 minutos - um recorde; o máximo conseguido até agora havia sido 50 minutos - e baixar o leito do rio até ser possível atravessá-lo a pé.

\"Essa foi a nossa maior vantagem, tivemos mais tempo para proceder a buscas mais minuciosas\", explicou o coronel Melo Gomes, ao meio-dia, sem esconder a frustração de não ter nada para apresentar. \"Contas realizadas de acordo com a corrente registada naquele dia dizem-nos que o corpo deverá estar a menos de dois quilómetros daqui. Mas como o rio é muito sinuoso e está cheio de detritos, pode estar submerso, escondido em qualquer raiz\".

O entusiasmo da equipa que começara a organizar-se no local ainda antes das nove horas - polícia, bombeiros, mergulhadores, cães, barcos, helicóptero - contrastavam com a decepção, volvidas pouco mais de duas horas. \"Esperávamos que o corpo aparecesse hoje; não apareceu\", lamentou o coronel. \"Ao fim de 12 dias de buscas intensivas, de empenhamento, de mobilização de elevado número de meios humanos e materiais, não encontrar o corpo é muito frustrante\", reconhecia o chefe das operações, recusando, ainda assim, que o corpo possa estar no Douro. \"Com o número de redes que lá existe, se lá estivesse, já teria aparecido.\"

A família de Leandro, também presente no terreno, partilhou o desgosto. \"Gostava de fazer um funeral digno ao meu filho\", confessou Amália, a mãe. \"Se não apareceu hoje, talvez nunca mais apareça, já não tenho esperança\". Apesar disso, reconhece o esforço realizado pelas equipas. \"Estão a fazer tudo por tudo, mas eles também não podem ir buscá-lo onde não o vêem. Fizeram os possíveis e os impossíveis, sempre o fizeram desde a hora em que ele desapareceu\", admitiu.

A mãe, que será ouvida sexta-feira, às 14.30 horas, no âmbito do inquérito aberto para apurar as causas do sucedido, diz estar agora concentrada em descobrir os responsáveis pela morte do filho. \"Queremos que alguém seja responsabilizado. Disso não vamos desistir\".

, 2010-03-15
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Corpo de Leandro apareceu no rio Tua   Qui Mar 25, 2010 10:09 am

.
Na zona do Cachão
Mirandela


Corpo de Leandro apareceu no rio Tua

O corpo da criança desaparecida há quase um mês no Rio Tua apareceu hoje no mesmo rio, na zona do Cachão, disse à agência Lusa uma fonte dos bombeiros.

O corpo foi detetado hoje cerca das 08:00 por um morador da zona.

Leandro, de 12 anos, desapareceu no rio Tua a 02 de março, junto ao parque de merendas de Mirandela, a alguma distância da escola.


Lusa, 2010-03-25
In DTM

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Primo de Leandro conta que afinal ele morreu por acidente   Sab Mar 27, 2010 5:21 pm

.
Ainda persistem duas teses
Mirandela


Primo de Leandro conta que afinal ele morreu por acidente

Ontem foi o funeral da criança que morreu no Tua. Christian que estava com ele no momento fatal conta o que se passou.

A pacata aldeia de Cedainhos assistiu ontem ao funeral do pequeno Leandro, vítima de afogamento no rio Tua como veio a provar-se na autópsia ontem realizada no Hospital de Mirandela.

Mas ainda persistem duas teses. Se a família diz que Leandro se suicidou por ser vítima de bullying na escola, o Ministério Público defende a tese do acidente. Tese esta que ontem foi, no entanto, confirmada ao DN pelo primo de Leandro, Christian, de 12 anos.

Chistrian adiantou ainda que também ele se despiu para tentar auxiliar o primo, mas que não conseguiu, tendo escapado da força das águas após se ter agarrado a uma pedra. O corpo de Leandro só foi recuperado das águas na quinta-feira, 23 dias após o desaparecimento. Aguardam-se os resultados dos inquéritos do Ministério Público e Ministério da Educação.

José Cardoso in DN, 2010-03-27
In DN

Embarassed Rolling Eyes [code]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: MP arquiva inquérito contra agressores de Leandro   Qui Abr 01, 2010 1:23 pm

.
MP arquiva inquérito contra agressores de Leandro

por DN.pt
Hoje


O inquérito contra três agressores de Leandro Pires, o jovem de 12 anos que morreu no Tua, foi arquivado. O Ministério Público (MP) justificou a decisão pelo facto de todos terem menos de 16 anos, o que os torna inimputáveis segundo o código penal.

Esta decisão foi revelada pelo MP ao jornal “Público”, adiantando que foi “foi remetida certidão extraída dos autos à Comissão de Protecção de Crianças e Jovens [CPCJ] de Mirandela para efeitos de instauração de processo de promoção e protecção".

Nem o MP explicou porquê os menores não foram submetidos às regras da lei tutelar educativa nem a CPCJ respondeu às solicitações daquele diário, que questionou o organismo se já foi aberto algum processo e que medidas foram decretadas.

A mão do jovem de 12 anos, Amália Pires, alega que o seu filho foi agredido por três colegas da sua escola, a Luciano Cordeiro, quando Leandro os tentou impedir de tirar um balão a outra criança. O jovem ficou dois dias internado no hospital de Mirandela.

Amália Pires começou por apresentar queixa na escola, mas esta alegou que as agressões ocorreram fora do recinto. A mãe de Leandro optou então por recorrer à PSP.

O corpo de Leandro, vítima de 'bullying' na escola, foi encontrado na semana passada no rio Tua. O inquérito ainda decorre, mas as primeiras conclusões apontam para acidente.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Restaurante de Mirandela recebe «Garfo de Ouro»   Qua Abr 07, 2010 4:44 pm

.
Restaurante Flor de Sal
Mirandela


Restaurante de Mirandela recebe «Garfo de Ouro»

Pelo segundo ano consecutivo, um restaurante de Mirandela, foi distinguido com o garfo de ouro ao ser considerado um 25dos melhores restaurantes a nível nacional.

Esta distinção é atribuída anualmente pelo «Guia Boa Cama Boa Mesa 2010», editado no passado dia 27 de Março, pelo semanário Expresso.

Com magníficas criações de autor ou com os mais saborosos e tradicionais pratos regionais, este guia prestigia os melhore do país.

O proprietário do Restaurante Flor de Sal, em Mirandela, mostra-se satisfeito com esta distinção e entende que para além de premiar o seu espaço, promove a região.

“Sinto um grande orgulho e no fundo é uma prova de que o nosso trabalho compensa” pois “divulgamos os produtos regionais e tentamos elevar não o restaurante, mas a região” afirma João Paulo Carlão. “A forma como recebemos e a forma como tratamos e divulgamos os produtos, acabamos por ser conhecidos a nível nacional, por esse trabalho” acrescenta.


E a repercussão deste prémio já se fez sentir no passado fim-de-semana. “Cada vez temos mais clientes de fora, são caras menos conhecidas e no último fim-de-semana tivemos essencialmente muita gente que reservou porque sabia que fazíamos parte dos 25 melhores restaurantes portugueses e quiserem vir conhecer” conta.

O Restaurante Flor de Sal, em Mirandela, foi distinguido, pelo segundo ano consecutivo, com o garfo de ouro, pelo “Guia Boa Cama Boa Mesa 2010”, uma referência na área da restauração.


Brigantia, 2010-04-07
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Pais de Leandro desiludidos com a Justiça   Qua Abr 07, 2010 5:14 pm

.
Queixa por agressão foi arquivada
Mirandela


Pais de Leandro desiludidos com a Justiça

\"Esta foi a Páscoa mais triste de sempre, porque sentimos a falta do nosso Leandro\". Quem o afirma é Amália Nunes, a mãe do menino de 12 anos que desapareceu, há um mês, nas águas do rio Tua, cujo corpo foi encontrado há 12 dias.

Na pacata aldeia de Cedainhos, a cerca de dez quilómetros de Mirandela, a família tenta \"levar a vida para à frente, mas não tem sido fácil\", confessa Armindo Pires, o pai de Ana Catarina (9 anos) e de Márcio (12 anos), irmão gémeo de Leandro.

Enquanto aguardam os resultados dos inquéritos que o Ministério Público (MP) e a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) abriram após o trágico acontecimento, surge a informação que o MP arquivou o inquérito relativo à queixa apresentada por Amália, em Dezembro de 2008, contra três menores que terão agredido Leandro, na central de camionagem de Mirandela.

Segundo apurou o JN junto de fonte hospitalar, existe registo de um episódio de urgência no hospital de Mirandela, nessa data, revelando que Leandro terá sido agredido com \"pontapés na cabeça\" e teve necessidade de ficar internado no serviço de Pediatria, durante dois dias.

Apesar da decisão de arquivar o processo já ter sido tomada há cerca de meio ano, Amália Nunes diz nunca ter sido notificada. \"Não recebi nada e não entendo como é possível não punir ninguém, depois do que fizeram ao meu filho\", afirma. Na altura, fez queixa à direcção da escola, que terá rejeitado responsabilidades, alegando que as agressões ocorreram fora do recinto escolar.

O MP justifica a decisão com o facto de os menores denunciados terem menos de 12 anos, na altura dos factos. Como não se aplica a lei tutelar educativa, o caso foi remetido para a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Mirandela, com vista à instauração de processo de promoção e protecção. O plano de acção para os três menores terá sido \"aplicado e cumprido sem problemas\", garante fonte da CPCJ. De tal forma que nunca mais foi registado qualquer incidente da sua autoria, adianta a mesma fonte.


Fernando Pires in JN, 2010-04-07
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Inspecção isenta escola de responsabilidade na morte de Leandro   Qua Abr 07, 2010 5:19 pm

.
Depois de ouvir 38 pessoas
Mirandela


Inspecção isenta escola de responsabilidade na morte de Leandro

O inquérito da Inspecção-Geral da Educação sobre a morte de Leandro concluiu que não se tratou de um caso de «bullying» e isenta de responsabilidades a direcção da escola Luciano Cordeiro, em Mirandela, pelo facto de o jovem de 12 anos ter saído do estabelecimento durante o período lectivo.

As conclusões do inquérito que a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) delegou na Inspecção-Geral de Educação para apurar o que aconteceu na manhã do dia 2 de Março, na escola Luciano Cordeiro, em Mirandela, quando a criança de 12 anos saiu do estabelecimento de ensino e acabou por se atirar ao rio Tua, não atribuem quaisquer responsabilidades à direcção da escola.

O documento, a que o JN teve acesso, diz haver testemunhos contraditórios sobre um alegado episódio de agressão a Leandro nessa manhã e revela que a criança terá saído do recinto escolar, \"presumivelmente através das grades\", enquanto os restantes colegas saíram pelo portão principal \"sem serem impedidos\", diz o inquérito.

O relatório avança também que não será instaurado qualquer procedimento disciplinar à direcção da escola, mas avisa que serão extraídas certidões para enviar à Câmara Municipal de Mirandela, que tutela os funcionários da escola.

Depois de ouvir o testemunho de 38 pessoas, o inspector da IGE também conclui que não há qualquer indício que se trate de um caso de \"bullying\", tendo em conta que o Leandro não seria vítima de actos continuados de violência.

Fernando Pires in JN, 2010-04-07
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Pais de Leandro processam direcção da escola Luciano Cordeiro   Qui Abr 08, 2010 1:45 pm

.
Revolta e tristeza
Mirandela


Pais de Leandro processam direcção da escola Luciano Cordeiro

Para a mãe de Leandro não restam dúvidas que a direcção da escola é a responsável pela saída do seu filho da escola.

Foi com revolta e tristeza, que Amália Pires garantiu que vai levar a direcção da escola a tribunal.

“É triste haver estes casos e pessoas com tão pouca competência para estarem a assumir certos cargos” afirma, garantindo que “o meu filho não saiu pelas grades. Saiu pelo portão, tal como o irmão e os primos”.

Amália Pires acrescenta que “eles sabem perfeitamente que o meu filho era agredido na escola. Por isso, vou até ao fim pois os dirigentes daquela escola são os culpados pela morte do meu filho” acusa.

Nas conclusões do inquérito que a Direcção Regional de Educação do Norte divulgou ontem, é referido que serão extraídas certidões para enviar à Câmara Municipal de Mirandela, que tutela os funcionários da escola.

A vereadora da educação lembra que a autarquia coloca os funcionários na escola, mas não é responsável pelo desempenho das suas tarefas.

“O pessoal não docente é gerido pelo agrupamento e é que decide quem deve estar no ginásio, na cantina ou no portão e só ele é que pode saber quem era o responsável que devia estar no portão e em que condições deixou sair as crianças” refere Gentil Vaz, salientando que é preciso saber “se tinha indicações do conselho executivo para estar lá a essa hora ou se tinha autorização dos pais para deixar sair os alunos”.


Brigantia, 2010-04-08
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Câmara abre inquérito ao caso Leandro   Qui Abr 08, 2010 3:07 pm

.
Pronto em 15 dias
Mirandela


Câmara abre inquérito ao caso Leandro

A Câmara de Mirandela ordenou ontem a instauração de um processo de averiguações sobre o controlo das entradas e saídas da Escola Luciano Cordeiro para esclarecer o que falhou no dia da morte de Leandro.

Depois de concluído o processo de averiguações do Ministério da Educação (ME) e da investigação judicial ainda em curso, o caso será assim alvo de mais um inquérito \"apenas sobre a situação específica do portão da escola e do controlo das entradas e saídas\", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Mirandela, José Silvano.

O autarca quer que o inquérito esteja pronto em 15 dias e que \"esclareça se foram os funcionários, neste caso o porteiro, que falharam por não se encontrarem no local ou se era tradição toda a gente entrar e sair da escola sem que houvesse orientações da direcção para estas situações\".

José Silvano não quer que \"reste nenhuma dúvida\" sobre o pessoal não docente que faz parte dos quadros da autarquia depois de o inquérito do (ME), divulgado terça-feira, ter entendido que não havia lugar a procedimento disciplinar a responsáveis na sua dependência directa.

Esta conclusão do inquérito conduzido por um inspector da Inspecção-Geral de Educação foi interpretada pela autarquia de Mirandela como tendo \"implícita uma transferência de responsabilidades para o pessoal não docente e para a câmara\".

Agora o presidente da autarquia quer saber se houve falha do funcionário ou se não existiam orientações da direcção sobre as entradas e saídas da escola.


Lusa, 2010-04-08
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Obstetra começa a ser julgada pelo crime de recusa de médico   Ter Abr 13, 2010 10:49 am

.
Após sete anos
Mirandela


Obstetra começa a ser julgada pelo crime de recusa de médico

O tribunal de Mirandela começa hoje o julgamento da obstetra envolvida no caso do parto de uma criança que nasceu com paralisia cerebral, há sete anos.

A médica acusada de autoria material, na forma consumada, de um crime de recusa de médico.

A profissional de saúde incorre numa pena que pode chegar aos cinco anos de prisão.

O julgamento acontece por determinação do Tribunal da Relação do Porto que decidiu, em Junho de 2009, levar a médica a julgamento, contrariando uma decisão anterior do Tribunal Judicial de Mirandela.

Em Outubro de 2008, um juiz de instrução daquele tribunal não tinha encontrado indícios criminais e decidiu não levar a julgamento a obstetra e a enfermeira que assistiram o parto de Gonçalo Damasceno, em Fevereiro de 2003.

Os pais da criança, que desencadearam o processo, recorreram desta decisão para o Tribunal da Relação do Porto que manteve o despacho em relação à enfermeira, mas determinou a alteração relativamente à obstetra indicando que fosse pronunciada, pelo menos, pela prática do crime de recusa de médico.

Mário Damasceno e Isabel Bragada já viram ser arquivada, pelo Ministério Público, em 2007, uma queixa-crime contra a obstetra, mas voltaram a ter esperança após a Inspecção-Geral das Actividades em Saúde ter decidido suspender, por noventa dias, sem direito a remuneração, a médica em causa.

Perante estes novos dados, os pais decidiram constituírem-se como assistentes no processo e requereram a abertura da instrução.

A profissional de saúde chegou a exercer as funções de chefe do serviço de obstetrícia do Centro Hospitalar do Nordeste, mas após cumprir a sanção disciplinar pediu transferência para o centro hospitalar do Vale do Sousa.

O Gonçalo, agora com sete anos, é completamente dependente, tem paralisia cerebral e uma epilepsia descompensada que necessitam de cuidados permanentes.

Como os pais trabalham, foi necessário contratar uma ama para cuidar da criança, dado que necessita diariamente de ser alimentado por uma sonda, de medicação, e de aspirações constantes.


Brigantia, 2010-04-12
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Obstetra admite que não estava no hospital   Ter Abr 13, 2010 10:53 am

.
«Só demorei dois ou três minutos»
Mirandela


Obstetra admite que não estava no hospital

Olímpia do Carmo é acusada de se ter ausentado do hospital de Mirandela, no dia em que estava de serviço, em presença física, durante cerca de quatro horas (entre as 17 e as 21 horas) quando decorria o trabalho de parto.

Ontem, na primeira sessão do julgamento, negou ao colectivo de juízes do tribunal de Mirandela que tenha sido esse o período de ausência. \"Sai do hospital cerca das 20 horas e avisei pessoalmente uma das enfermeiras especialistas\", alegando que entre as 17 e as 20 horas esteve no Serviço de Internamento daquela unidade de saúde.

A obstetra, de 51 anos, diz ter sido contactada, via telefone, pela anestesista de serviço, cerca das 17 horas, a questionar se havia alguma contra-indicação para aplicar a epidural na parturiente Isabel Bragada. \"Respondi que não\", disse, em tribunal.

Confirma que recebeu outro telefonema, cerca das 20.30 horas, da enfermeira Maria de Jesus, mas desmente que lhe tenha sido \"pedido com insistência para se deslocar ao hospital que precisava da sua ajuda\", como refere o despacho de pronúncia.

Olímpia do Carmo diz que nunca lhe foi solicitada a presença: \"Foi-me transmitido que os registos cardiotacográficos estavam normais\", acrescentou.

A obstetra afirmou ao colectivo de juízes que só no telefonema que recebeu, cerca das 21 horas, é que foi comunicado que a parturiente \"já estava no período expulsivo, mas havia ineficácia de esforços maternos\", explica. Depois, compareceu na sala de partos, demorando apenas \"dois ou três minutos a chegar\" e aplicou a ventosa, vindo o Gonçalo Damasceno a nascer às 21.10 horas.

\"Prática normal\"

Apesar de admitir, em tribunal, que se ausentou do hospital quando estava em regime de presença física (alegando que se tratava de uma prática normal nos profissionais de saúde que tivessem residência próximo do hospital, em períodos de almoço e de jantar), a obstetra considera que \"caso estivesse presente, o parto poderia ter o mesmo desfecho\", explicou.

\"O parto ocorreu com o bebé sem agonia fetal, porque respirava através da placenta da mãe\" e, apesar da acusação referir que o feto esteve encravado, a médica diz que essa situação \"é considerada normal se acontecer entre 45 e 60 minutos\" e esse cenário \"só aconteceu durante sete minutos\", acrescenta.

Ontem, só foi ouvida a obstetra e o pai da criança. O julgamento já tem mais três sessões agendadas para 3, 10 e 17 de Maio, nas quais serão ouvidas cerca de duas dezenas de testemunhas arroladas ao processo.

A mãe da criança espera a condenação da obstetra, acrescentando que, \"nesta fase, ainda não há pedido de indemnização porque se aguarda pelo resultado do julgamento. Expectativa contrária tem o advogado da obstetra.


Fernando Pires in JN, 2010-04-13
In DTM

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Tractores voltam a matar   Sex Abr 16, 2010 9:00 am

.
Aldeia de Vila Verde
Mirandela


Tractores voltam a matar

Mais um acidente mortal com um tractor agrícola.

Aconteceu, ontem à tarde, na aldeia de Vila Verde, concelho de Mirandela.

A vítima, um homem de 67 anos, encontrava-se na sua propriedade agrícola, um olival, e, em circunstâncias que não conseguimos apurar, a máquina que operava capotou, causando-lhe ferimentos graves.

Ao local deslocou-se a ambulância SIV (Suporte Imediato de Vida) e a vítima ainda foi transportada ao hospital de Mirandela com sinais vitais, mas viria a falecer cerca das oito da noite.

Em 15 dias este é o segundo acidente mortal a envolver tractores agrícolas.


Brigantia, 2010-04-16
In DTM

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Hospital sem técnico à noite e fim-de-semana   Qui Abr 22, 2010 4:42 pm

.
Avaria no frigorífico estraga remédios
Mirandela


Hospital sem técnico à noite e fim-de-semana

Uma avaria no frigorífico central da farmácia da unidade de saúde de Mirandela do Centro Hospitalar do Nordeste (CHN)acabou por danificar a maioria dos medicamentos que estavam no interior, que necessitam de uma temperatura constante inferior a oito graus.

A avaria registou-se no passado sábado de manhã, apurou o JN, e como os dois técnicos especialistas daquela unidade não estão a fazer prevenção, desde o início de Março, foram chamados dois electricistas da unidade de Bragança, do mesmo CHN, para tentar resolver o problema.

No entanto, a situação só foi regularizada na segunda-feira de manhã, pelos técnicos da unidade de Mirandela quando iniciavam o seu horário laboral, confirma uma fonte hospitalar.

O procedimento acabou por ser simples, com o recurso a dois frigoríficos de reserva que foram colocados à disposição da farmácia para transferir os medicamentos. No entanto, a maioria deles já não estava em condições de ser fornecida ou ministrada aos doentes. O prejuízo deve rondar os 25 mil euros, garante a mesma fonte.

Confrontada com a situação, fonte do gabinete de comunicação da administração do CHN confirma a avaria, mas apresenta uma versão diferente. \"Os técnicos tomaram todas as medidas de prevenção na altura e transferiram os medicamentos para outros frigoríficos, sendo que alguns já denotavam estar alterados e foram retirados\", avança.

A mesma fonte adianta que a responsável pela farmácia está a elaborar um relatório para avaliar a dimensão dos estragos e não confirma o valor dos prejuízo.

Outros casos

Este é mais um caso dos que têm vindo a acontecer no hospital de Mirandela, desde o início de Março, altura em que os técnicos informaram a administração que não aceitam fazer prevenção à noite e fim-de-semana, revoltados com a decisão unilateral de reduzir os suplementos nocturnos.

Há um mês, o JN denunciou que o laboratório de análises esteve sem energia eléctrica durante dez horas. Houve a necessidade de transportar para a unidade de Bragança várias análises para conhecer os resultados.

Fernando Pires in JN, 2010-04-21
In DTM

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Inquérito aponta atenuantes a porteiro da escola   Sex Abr 23, 2010 2:28 pm

.
Processo disciplinar ao porteiro
Mirandela


Inquérito aponta atenuantes a porteiro da escola

A Câmara de Mirandela decidiu hoje instaurar um processo disciplinar ao porteiro da escola de Leandro, mas entende que o funcionário tem «atenuantes» e «não pode ser o único responsabilizado neste processo».

As conclusões estão expressas no relatório do inquérito conduzido pela autarquia de que vai ser dado conhecimento à Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) e à restante comunidade educativa.

«Não se pode sacrificar o funcionário única e exclusivamente neste caso», disse o presidente da Câmara, José Silvano, apontando que o inquérito encontrou diversas atenuantes na atuação do porteiro.

Lusa, 2010-04-23
In DTM

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Escola não quer professora que posou para a Playboy   Sex Maio 14, 2010 3:49 pm

.
Escola da Torre de Dona Chama
Mirandela



Escola não quer professora que posou para a Playboy

Ocupa oito páginas na Playboy de Maio. Bruna, professora do concelho de Mirandela, é a protagonista de uma produção ousada, em que contracena nua com outra mulher. A população comentou. Os alunos trocaram fotos. A escola não gostou e quer dispensá-la.

Os vizinhos da docente transmontana que posou nua para a Playboy descrevem-na «como uma mulher bonita», que «gosta de dar nas vistas», que «não sai de casa com qualquer trapinho», nem mesmo quando «está só a cortar a relva do jardim de casa dos pais», onde vive.

Garantem que \"ela não dá confiança a ninguém\", mas parecem saber o suficiente da vida dela: ainda não fez 25 anos; em 2006 participou no reality show da TVI \"Pedro, o milionário\", que consistia em seduzir um milionário para depois casar com ele; e, no ano passado, terá feito um implante mamário. Queixa-se, dizem, de que todos os homens a acham bonita, mas que nenhum aceita uma relação séria. Ela quererá ser famosa. Ou, pelo menos, conhecida. É o que dizem.

Revista esgotou

Por causa dela, professora do 1º. Ciclo do Ensino Básico, há três semanas, a Playboy esgotou em Mirandela, tanto em Golfeiras, onde vive, como em Torre de Dona Chama, onde é responsável pelas Actividades Extra-Curriculares (AEC). A avó, diz o povo, terá sofrido um grande desgosto. As \"pessoas mais velhas disseram mal\". Os alunos fotografaram a revista com o telemóvel e durante dois ou três dias entretiveram-se a trocar imagens. Também houve quem tivesse visto a produção em fotocópias. \"Depois, o assunto morreu\", desvalorizou - três semanas depois da publicação - um homem que frequenta o café mais próximo da escola.

O director do Agrupamento de Escolas da Torre de Dona Chama, José Pires Garcia, garantiu que já solicitou à Câmara que tome \"uma atitude\". \"Mal tive conhecimento do assunto, há poucos dias, contactei a autarquia por correio electrónico\", uma vez que a contratação dos professores das AEC é da responsabilidade do município e não da escola.

\"É preciso tomar uma atitude depressa e nem preciso dizer qual será\", sugeriu. \"Estamos a fechar o ano lectivo, mas aparecer numa revista sem roupa não é compatível com a função de professora e de educadora. Não é uma atitude correcta e em nada pode ajudar a relação com os alunos e muito menos com os pais, que têm ouvido muitos comentários\", explicou. José Pires Garcia disse, ao JN, que a manutenção da docente no agrupamento \"seria nociva\" para a comunidade escolar.

O JN tentou contactar alguém da Câmara de Mirandela, mas em vão. Também tentou contactar a docente em causa. Nas duas primeiras vezes, adiou a conversa, alegando estar a dar explicações; à terceira tentativa, desligou o telefone.

Glória Lopes e Helena Silva

Glória Lopes in JN, 2010-05-14
In DTM

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: A 'stôra' que saiu na 'Playboy'   Sab Maio 15, 2010 3:50 pm

.
A 'stôra' que saiu na 'Playboy'

por FERREIRA FERNANDES
Hoje


Na transmontana Torre de Dona Chama, Bruna, professora de Educação Musical de uma das escolas da vila, posou nua para a revista Playboy. A câmara suspendeu-a. Bruna não posou nua na aula tocando harpa. Bruna não relacionou a escola de Torre de Dona Chama com a sessão fotográfica - e olhem que seria fácil lançar pontes entre o negócio da revista (afoguear homens) e as palavras "torre", " dona" e "chama". Bruna simplesmente foi ao estúdio da Playboy, fez as fotos e recebeu o acordado. Tal como outros professores saem da escola e vão para casa embebedar--se. Eu não gosto de quem posa nu para a Playboy ou vai para casa embebedar-se. Mas isso é assunto que eu tenho de resolver comigo próprio. Passa a ser assunto público só quando, sem meu consentimento, a Bruna quiser fazer fotos no meu sofá ou algum professor se servir do meu uísque. Enfim, Bruna só teve o mau gosto de posar para a Playboy, o que é um facto impossível de ser punido porque outros consideram, legitimamente, que posar para a Playboy é de bom gosto. Torre de Dona Chama tem interesse em olhar esta história com liberalidade. Senão, quando lhe saltarem à perna por ter a Festa dos Caretos, fica desarmada. E alguém, com dedinho moralizador, proíbe-lhe uma festa que gaba a vitória dos cristãos sobre os mouros.

In DN

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Re: Mirandela   Sab Maio 15, 2010 4:01 pm

.
A continuar assim, Trás-os-Montes jamais sairá do isolamento a que se tem vindo a votar suicidariamente, com tomadas de posição como a da Câmara de Mirandela, neste caso.

A que se agarrou legalmente esta câmara, para se arrogar uma punição a alguém, na sua esfera privada? Devo recordar a recente posição da Comissão de Ética, relativamente ao caso Ricardo Rodrigues?

Valha à região o Menino Jesus da Cartolinha!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Câmara tomará posição no «prazo máximo» de uma semana   Dom Maio 16, 2010 10:33 am

.
Professora da Playboy
Mirandela


Câmara tomará posição no «prazo máximo» de uma semana

A Câmara de Mirandela vai analisar o caso da professora do 1º. Ciclo do Ensino Básico que posou nua para a Playboy e promete tomar uma decisão no prazo «máximo» de uma semana, disse o presidente José Silvano.

Alertada para a situação por parte do Agrupamento de Escolas de Torre de Dona Chama, onde a docente é responsável pelas Actividades Extra Curriculares (AEC), a autarquia presidida por José Silvano vai averiguar o \"alarme social\" provocado pelo caso e promete uma tomada de decisão no \"prazo máximo de uma semana\".

Segundo o autarca, reúnem responsáveis pelo Ministério da Educação, do Agrupamento de Escolas e os encarregados de educação.

JN, 2010-05-16
In DTM

Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Professora que posou para a «Playboy» foi afastada dos alunos   Dom Maio 16, 2010 10:37 am

.
Contrato não vai ser renovado
Mirandela


Professora que posou para a «Playboy» foi afastada dos alunos

A Câmara de Mirandela confirmou ao JN que a professora de Actividades Extra Curriculares do 1.º Ciclo do Ensino Básico que posou nua para a «Playboy» foi afastada das actividades lectivas e transferida para um serviço onde não tem contacto com os alunos.

Gentil Vaz, responsável pelo pelouro da Educação, acrescentou que o contrato da professora, de 25 anos, termina no final de Junho e que a Câmara já decidiu que não vai contratar a docente para o próximo ano lectivo.

A professora é a protagonista de uma produção ousada para a revista \"Playboy\", em que contracena nua com outra mulher. O director do Agrupamento de Escolas da Torre da Dona Chama pediu o afastamento da professora, conforme revela o JN na edição de hoje, sexta-feira.

Por causa da professora, a revista \"Playboy\" esgotou há três semanas em Mirandela, os alunos trocaram fotografias por telemóvel e até fotocópias e os pais ficaram preocupados.


Glória Lopes in JN, 2010-05-16
In DTM

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: «Voltaria a apoiar a minha filha a posar na Playboy»   Seg Maio 17, 2010 9:59 am

.
Mãe da professora defende a filha
Mirandela


«Voltaria a apoiar a minha filha a posar na Playboy»

Mãe da professora que posou para a «Playboy» defende a filha. Vereadora explica porque tirou Bruna da escola onde estava.

A mãe de Bruna Real, a professora que está a causar polémica por se ter despido para a revista Playboy, falou ao DN e garantiu que está ao lado da filha, desde o início. «Apoiei a minha filha quando ela decidiu fazer a sessão fotográfica para a revista Playboy, não estou arrependida de o ter feito e vou apoiá-la em tudo quanto a mesma necessitar, principalmente neste momento em que mentes perversas vêem maldade onde não existe.»

Foi assim que Fátima Real, mãe de Bruna, reagiu ao «escândalo» provocado pela divulgação das fotos da Playboy , e que levou esta professora primária a ser afastada da escola preparatória de Torre de Dona Chama, onde coordenava as Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) do ensino básico.

O DN falou também com Bruna Real, que foi passar o fim-de-semana ao Sul do País, e que se recusou a comentar tudo quanto se tem passado em relação à sessão fotográfica.

Bruna Real tem 27 anos, é uma de sete irmãs, filhas de um empreiteiro da construção civil, toda a sua família por parte de mãe e pai vive em Golfeiras, um bairro integrante da cidade de Mirandela. Bruna licenciou-se no Instituto Piaget de Mirandela com excelentes notas. Há dois anos fez o estágio na Câmara Municipal de Mirandela, e no ano lectivo 2009/10, concorreu ao lugar de coordenadora de AEC. Foi uma das vencedoras do concurso e como tal admitida pela câmara, tendo sido colocada em Torre de Dona Chama.

Bruna sempre foi uma rapariga extrovertida, e que vestia com um certo «arrojo». No entanto, foi um rapariga com a cabeça no lugar, tendo como sonho o mundo do espectáculo, contou uma amiga de infância ao DN. «Foi isso que a levou a inscrever-se no concurso de televisão Master Plan», lembra a amiga. Bruna sempre foi considerada pelos colegas «muito à frente» e «às vezes esquecia-se do mundo onde vivia», adiantou-nos um seu familiar, «e o caso mais concreto foi este de se despir para a revista». «Para ela é natural mas para uma grande parte da população é um escândalo», diz o familiar.

Ludmira, 79 anos, é avó de Bruna, recusa-se a falar. No entanto, a expressão é triste e nota-se que enfrenta a reportagem do DN com lágrimas a correr pela face, pede desculpa e afasta-se rapidamente, expressando: «Já estou arrependida de ter aberto a porta.»


José Cardoso in DN, 2010-05-16
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Bruna Real não compreende suspensão   Ter Maio 18, 2010 12:36 pm

.
Fotos por 700 euros
Mirandela


Bruna Real não compreende suspensão

«O que eu fiz foi apenas tirar umas fotos e não vejo por que não posso voltar a dar aulas. Eu não fiz mal a ninguém.» É desta forma que Bruna Real, a professora de Música afastada do ensino depois de ter aparecido nua na edição de Maio da revista «Playboy», encara a possibilidade de não mais voltar a dar aulas no concelho de Mirandela, onde reside.

Depois da polémica se ter instalado em Trás-os-Montes, a professora de 27 anos foi relegada a serviços de secretária pela autarquia de Mirandela, que prometeu não voltar a contratar a jovem no próximo ano lectivo.

Ao que o CM apurou, Bruna Real recebeu cerca de 700 euros da revista «Playboy», sensivelmente o mesmo ordenado que recebia da autarquia de Mirandela para um mês de trabalho na escola primária de Torre de Dona Chama, onde esteve desde de Setembro a dar aulas de Expressão Musical.

\\\\\\\\"Isto ainda é muito fresco e quero descansar. Estou em Lisboa para passar o fim-de-semana e fazer a digestão de tudo o que me aconteceu nos últimos dias\\\\\\\\", disse ainda Bruna Real, contactada pelo CM.

A professora recusou há cerca de 15 dias uma outra produção da «Playboy» por não poder faltar às aulas. Bruna Real tinha sido convidada para participar numa sessão que tinha por tema a selecção nacional de futebol. A possibilidade de vir a ser capa da revista também não está afastada.

Antes de ter sido convidada pela «Playboy», Bruna apenas tinha participado em dois desfiles amadores em Mirandela.

BOOK ESTÁ NO HI5

IMPLANTES MAMÁRIOS

Há três anos Bruna fez uma cirurgia para aumentar os seios. A operação custou três mil euros e foi feita no Porto.

FOTOS SENSUAIS NA NET

A jovem de 27 anos colocou cerca de 50 fotos sensuais na sua página internet. O book foi realizado há dois anos por profissionais.

POLÉMICA DÁ CAPA DA PLAYBOY

A polémica e o mediatismo criados à volta da suspensão da professora de Mirandela podem levar Bruna Real a ser a próxima modelo a aparecer na capa da revista «Playboy».

Alexandre Panda in CM, 2010-05-17
In DTM

Embarassed Rolling Eyes Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Coelhinha de Mirandela. «Playboy» fala em censura   Ter Maio 18, 2010 12:42 pm

.
«Atitude de censura»
Mirandela


Coelhinha de Mirandela. «Playboy» fala em censura

O caso agitou o fim-de-semana: Bruna Real, professora do ensino básico no concelho de Mirandela, foi afastada das suas funções pela autarquia depois de ter pousado nua para a revista «Playboy». Ao i, o director da revista, João Araújo, diz que não lhe compete julgar as decisões da câmara, mas se a decisão teve por base apenas a sessão fotográfica, então estamos perante um caso de «censura».

«Não é à «Playboy» que compete julgar as decisões da Câmara de Mirandela, mas sim aos munícipes», considera João Araújo, acrescentando: «Se a decisão for baseada única e exclusivamente no facto de a Bruna ter posado para a «Playboy», parece-nos não só uma decisão injusta, mas também uma atitude de censura.»

Bruna Real, de 27 anos, responsável pelas actividades extracurriculares na escola básica de Torre Dona Chama, foi afastada de funções lectivas depois de as oito páginas em que aparece na edição da Maio da «Playboy» terem começado a circular entre alunos e populares, tendo mesmo esgotado em alguns pontos de venda. A Câmara Municipal de Mirandela não gostou e já anunciou que o contrato de Bruna não será renovado no próximo ano.

A decisão provocou fortes reacções (o grupo de apoio à professora Bruna Real no Facebook já tem mais de 12 400 membros) e levantou a questão: deve a vida privada ter impacto na vida profissional? João Araújo não tem dúvidas: «As pessoas devem ser julgadas pelo resultado do trabalho que efectuam e não pelas suas actividades de índole pessoal.»

Opinião diferente tem Paulo Veiga e Moura, advogado especialista em direito administrativo. «Quem trabalha para o Estado tem deveres acrescidos e o que faz na vida privada pode afectar a vida pública», explica. «Ela pode ser a melhor professora do mundo, mas parece-me óbvio neste caso que ficou comprometida a dignidade da profissão, o prestígio e a imagem da instituição. As crianças não podem estar a comentar as partes íntimas da docente.

Contactada pelo i, Bruna recusou-se a fazer mais comentários além dos que já tinha feito durante o fim-de-semana. «O que fiz foi apenas tirar umas fotos e não vejo por que razão não posso voltar a dar aulas. Não fiz mal a ninguém», afirmou ao «Correio da Manhã», que avança que Bruna recebeu 700 euros, perto do seu salário mensal como professora.

Apesar de Bruna Real já ter participado no reality show «Pedro o Milionário», era, até agora, uma desconhecida. A «Playboy» escolheu-a depois de Bruna ter enviado o portefólio, passando depois por um processo de recrutamento. Além de receber portefólios e currículos, a «Playboy» tem profissionais responsáveis por fazerem observações ao vivo de modelos que poderão encarnar o espírito da revista. «É um espírito que perdura ainda hoje, muitas vezes citado pelo próprio Hugh Hefner - a «girl next door». Ou seja, a vizinha do lado pode ser a mulher mais sexy do mundo», explica o director da revista.

A «Playboy» não fecha também a porta a uma nova colaboração com Bruna. Embora deva ter de aumentar o cachê. «A Bruna Real deixou de ser uma modelo desconhecida», afirma João Araújo. «É natural que, com uma maior exposição, as solicitações que possam ser feitas sejam de outra natureza e/ou financeiramente mais atractivas. Parece-me evidente que a modelo sai valorizada.»

Nuno Aguiar in i, 2010-05-17
In DTM

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mirandela   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mirandela
Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» ola............. ;)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Actualidade Nacional :: Diversos-
Ir para: