Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Paquistão

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Chefe militar dos talibãs detido pela CIA   Ter Fev 16, 2010 6:39 pm

.
Chefe militar dos talibãs detido pela CIA

por Lusa
Hoje


O chefe militar dos talibãs afegãos, o mollah Abdul Ghani Baradar, foi detido numa operação secreta conjunta dos serviços de informações norte-americanos e paquistaneses em Carachi, no Paquistão, noticia e edição eletrónica do New York Times (NYT).

Abdul Ghani Baradar foi detido há vários dias e atualmente está a ser interrogado no Paquistão, refere o jornal, citando entidades norte-americanas. Os interrogatórios são dirigidos pelos serviços paquistaneses, com a participação de americanos, adianta o diário

O mollah Baradar é descrito pelas fontes do jornal como a personalidade mais importante detida desde o início da guerra no Afeganistão, em finais de 2002, e considerado o N.º2 dos talibãs afegãos, depois do seu fundador o mollah Omar, próximo de Osama bin Laden.

Responsáveis norte-americanos não identificados disseram ao NYT que esta detenção poderá levar à de ouros dirigentes talibãs, nomeadamente o mollah Omar.

O jornal refere ainda ter sabido da prisão de Abdul Ghani Baradar na quinta feira, mas adiou a sua divulgação a pedido da Casa Branca para não comprometer uma recolha frutuosa de informações.

A divulgação da notícia surge depois de responsáveis norte-americanos terem admitido que a referida detenção era amplamente conhecida na região.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Preso americano porta-voz da Al-Qaeda   Dom Mar 07, 2010 11:20 pm

.
Preso americano porta-voz da Al-Qaeda

Hoje


Responsável do Governo de Islamabad revelou à CNN que Adam Gadahn, o americano e porta-voz da Al-Qaeda, foi detido hoje na cidade de Carachi.

Notícias sobre a detenção de Adam Gadhan surgiram horas depois de sites islamitas terem colocado na net um vídeo do californiano a aplaudir o tiroteio de Novembro na base militar americana de Fort Hood, no Texas.

Gadhan foi condenado, em 2006 e à revelia, por traição e por apoiar materialmente os terroristas.

Em 2006, a Administração americana anuncia um prémio de um milhão de dólares a quem fornecesse informações passíveis de levar à prisão de Gadhan.

Neto de judeus laicos, com quem vive a partir dos 17 anos, Adam Gadhan ao Islão mas acaba por ser banido da mesquita do condado de Orange, na Califórnia, por agressão.

Em 1998 e, supõe-se, após ter estabelecido laços com a Al-Qaeda, parte para o Paquistão. A família perde o contacto com ele em 2002 e, dois anos depois, o FBI identifica-o como fazendo parte de uma célula da rede terrorista que estava a preparar atentados nos EUA.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Suicidas contra coluna militar matam 45 pessoas   Sab Mar 13, 2010 5:41 pm

-
Suicidas contra coluna militar matam 45 pessoas

por LUÍS NAVES
Hoje


Autores de duplo atentado na capital cultural do país actuaram numa rua movimentada, junto a mesquitas e madrassas.

A cidade paquistanesa de Lahore foi ontem vítima de um duplo atentado bombista, aparentemente dirigido contra militares, mas numa zona cheia de gente. A acção, realizada por suicidas, causou 45 mortos, incluindo nove soldados, e mais de cem feridos, muitos dos quais em estado crítico.

Horas depois, houve um falso alarme junto a uma esquadra da polícia. A explosão de um petardo enterrado só fez estragos, mas provocou um susto. Seguiram-se mais quatro incidentes iguais.

Desde o final de 2007, o Paquistão foi vítima de uma vaga de atentados islamitas que já fez mais de 3100 mortos. Na segunda-feira, Lahore foi abalada pela explosão de um carro armadilhado, que matou 15 pessoas. O alvo foi um edifício da polícia antiterrorista, que ruiu devido à força da explosão. Ficaram feridas 80 pessoas.

Os mais recentes atentados serão a resposta às acções militares contra os talibãs paquistaneses, que mantêm uma rebelião nas zonas tribais da fronteira com o Afeganistão. O exército afirma ter capturado o alegado número dois desta entidade, o mullah Abdul Baradar, entre outros dirigentes. As acções de segunda-feira e de ontem foram aliás reivindicadas por uma organização fundamentalista ligada à rede da Al-Qaeda, o Movimento dos Talibãs do Paquistão (TTP).

O alvo das explosões de ontem foi uma coluna militar que seguia em camiões, no interior da cidade de oito milhões de habitantes. Não é claro se os dois kamikaze estavam a pé ou se usaram motorizadas, mas as suas cabeças decapitadas foram recuperadas pelas autoridades, indicando a tremenda força da explosão.

O duplo atentado deu-se em rápida sequência (apenas uma dezena de segundos) e ocorreu numa das zonas mais concorridas da cidade e que está sob controlo militar, o Bazar RA, via de acesso ao aeroporto e onde se concentra muita população. Na zona há várias madrassas (escolas corânicas), além de mesquitas. O local escolhido foi uma paragem de autocarros.

Uma testemunha citada pela BBC disse que estava a rezar numa mesquita quando ouviu a primeira deflagração, tendo imediatamente corrido para o local, só para assistir à segunda. Outras pessoas referem a nuvem de poeira e fumo, havendo imagens das explosões, a primeira das quais foi mais fraca e acompanhada de tiros de armas automáticas.

Além destes atentados de maior visibilidade, houve esta semana no Paquistão pelo menos duas outras acções violentas de carácter fundamentalista: o ataque contra uma organização não governamental cristã, a World Vision, que matou seis funcionários da ONG, e uma explosão num cinema, em Peshawar, que fez quatro mortos.

Embora no passado tenha sofrido violentos atentados, Lahore não é um dos alvos preferidos das acções fundamentalistas. Esta cidade é uma das maiores do Paquistão e o principal centro cultural do país. A vaga de atentados foi lançada no Verão de 2007, após o Governo ter atacado a mesquita vermelha de Islamabad, com mais de uma centena de mortos. A escalada da violência é justificada pelo apoio das autoridades paquistanesas ao esforço de guerra ocidental no Afeganistão.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Norte-americanos acusados de "associação terrorista"   Qua Mar 17, 2010 5:32 pm

.
Norte-americanos acusados de "associação terrorista"

por Lusa
Hoje


Um tribunal paquistanês acusou hoje formalmente cinco norte-americanos, detidos em Dezembro último no Paquistão, de «associação terrorista», disse o advogado.

Os cinco tinham sido detidos em Dezembro último no Paquistão por alegados contactos com extremistas islamitas com ligações à rede terrorista Al-Qaida.

"Os principais artigos de acusação foram apresentados como previsto, estão todos relacionados com uma alegada associação com fins terroristas, eles incorrerem numa pena de prisão perpétua", disse o advogado de defesa, Shahid Kamal, em declarações aos jornalistas à saída da audiência no tribunal anti-terrorista de Sargodha, na região centro do Paquistão.

«Todos rejeitaram e negaram as acusações», disse à agência noticiosa francesa AFP um outro dos advogados, Hasan Dastagir.

«Entre as sete acusações, uma menciona o financiamento de uma organização proibida, outra o apoio a uma organização interdita e outra ainda acusa-os de conspiração para perpetrar um ato terrorista no Paquistão ou num país aliado», acrescentou.

Os cinco jovens norte-americanos, com idades entre os 18 e os 25 anos, de origem paquistanesa, etíope, Eritreia e egípcia, deixaram as respectivas famílias nos Estados Unidos e foram detidos a 09 de Dezembro de 2009 em Sargodha.

A próxima audiência no tribunal de Sargodha realiza-se a 31 de Março e o procurador deverá apresentar provas das acusações, disseram os advogados.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Obama em visita surpresa ao Afeganistão   Dom Mar 28, 2010 5:27 pm

.
Obama em visita surpresa ao Afeganistão

por AFP
Hoje


Barack Obama chegou hoje a Cabul, capital do Afeganistão, para uma visita surpresa - a primeira que faz àquele país desde que tomou posse como presidente dos Estados Unidos da América.

Nesta visita, o presidente norte-americano deverá encontrar-se com o presidente afegão Hamid Karzaï e com soldados americanos destacados naquele país.

A viagem de Obama ao Afeganistão terá sido mantida em segredo por razões de segurança. O presidente norte-americano saiu da sua residência de Camp David, no Norte de Washington, na noite de sábado e efectuou um voo nocturno directo para o Afeganistão. Hoje, o avião presidencial Air Force One pousou na base militar de Bagram, no Norte de Cabul, segundo constatou um repórter fotográfico da AFP.

À chegada, Barack Obama foi recebido pelo comandante das forças internacionais no Afeganistão, o general Stanley McChrystal, e pelo embaixador americano naquele país, Karl Eikenberry.

O presidente norte-americano, que decidiu, em Dezembro de 2009, enviar para o Afeganistão mais 30 mil soldados, foi depois levado de helicóptero até ao palácio presidencial, onde deverá encontrar-se com o presidente afegão Hamid Karzaï.

Sob anonimato, um responsável da Casa Branca explicou à AFP que o presidente Obama efectua esta visita de alto risco para participar "numa importante reunião com Karzaï e o seu governo".

Segundo o mesmo responsável, Obama quer ainda "ver as tropas e fazer o ponto da situação" directamente com o general Stanley McChrystal.


In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Talibãs paquistaneses reivindicam atentado   Seg Abr 05, 2010 8:41 pm

.
Talibãs paquistaneses reivindicam atentado

por Lusa
Hoje


O ataque suicida falhado de hoje contra o consulado dos Estados Unidos em Peshawar foi reivindicado por um porta-voz dos talibãs do Paquistão, aliados da Al-Qaida.

"Reivindicamos o ataque ao consulado norte-americano, em represália pelos ataques dos 'drones' (aviões não tripulados)" norte-americanos, que quase diariamente disparam mísseis no noroeste do Paquistão, contra os refúgios dos talibãs e da Al-Qaida, declarou Azam Tariq num telefonema para a agência noticiosa francesa AFP.

Segundo a embaixada dos Estados Unidos em Islamabad, pelo menos dois guardas de segurança paquistaneses seus funcionários foram mortos e numerosos outros ficaram feridos hoje no ataque ao consulado norte-americano em Peshawar.

O ataque foi realizado por 10 a 15 homens fortemente armados, entre os quais suicidas que fizeram explodir as suas bombas à entrada, indicou a polícia, que referiu um balanço de seis mortos: quatro assaltantes, um polícia e um outro homem não identificado. Os atacantes não conseguiram entrar no recinto do consulado.

"Os Estados Unidos condenam o ataque terrorista ao seu consulado em Peshawar", refere o comunicado da embaixada em Islamabad, que condena igualmente o atentado suicida que causou 41 mortos algumas horas antes no distrito de Lower Dir, mais a norte, num encontro de um partido político laico.

O porta-voz do Movimento dos Talibãs do Paquistão (TTP) disse também que dispõem de "2800 a 3000 'fedayine' (os que se sacrificam)". "Vamos fazer mais ataques deste tipo, que terão como alvo os locais onde se encontram norte-americanos", adiantou Azam Tariq.

O TTP é o principal movimento talibã paquistanês, que jurou lealdade à Al-Qaida em dezembro de 2007 e, tal como Usama bin Laden, decretou a "jihad" (guerra santa) contra Islamabad devido à sua aliança com os Estados Unidos.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Ataques bombistas em campo de refugiados   Sab Abr 17, 2010 10:01 pm

.
Ataques bombistas em campo de refugiados

por DN.pt
Hoje


Pelo menos 50 mortos e 30 feridos foi o resultado de dois ataques bombistas no campo de refugiados de Kacha Pukha, nos arredores da cidade de Kahat, que acolhia pessoas que fugiam aos confrontos entre o exército paquistanês e os talibãs, na região fronteiriça com o Afeganistão.

Os dois ataques suicidas tiveram lugar dentro de um curto espaço de tempo, no momento em que 300 pessoas aguardavam a distribuição de alimentos. O campo oferecia refugio a habitantes do distrito de Orakzai, um dos mais fustigados por confrontos desde o final de 2009.

Os ataques aumentaram de intensidade a partir do momento em que os Estados Unidos e as autoridades paquistanesas uniram esforços no combate contra o terrorismo. Os talibãs aliados à Al-Qaeda têm levado a cabo ataques desta natureza que fizeram mais de 3200 vítimas nos últimos três anos.

O Presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, já ofereceu declarações nas quais condenou os ataques e disse aumentar a segurança desta área de forma a "proteger as pessoas de incidentes terroristas". O ministro da Defesa, Ahmad Mukhtar, classificou os acontecimentos como "altamente bárbaros e cobardes" e garantiu estarem a ser feitos todos os esforços para eliminar o terrorismo.

O Presidente norte-americano, Barack Obama, tem classificado a área como uma das zonas mais perigosas do mundo, sendo que o Paquistão continua a ser um dos principais aliados dos EUA nas sua demanda pela estabilização do Afeganistão.


In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Atentado nas zonas tribais matou 102 paquistaneses   Dom Jul 11, 2010 2:30 pm

.
Atentado nas zonas tribais matou 102 paquistaneses

por LUÍS NAVES
Hoje


Talibãs queriam atingir chefes tribais, mas não feriram nenhum. Mataram pessoas que esperavam entrega de comida e óleo

O balanço do atentado de sexta-feira na zona tribal do noroeste do Paquistão, junto à fronteira com o Afeganistão, subiu ontem para 102 mortos e 168 feridos, muitos dos quais em estado crítico. O ataque, realizado por dois suicidas e já reivindicado pelos talibãs paquistaneses, ocorreu na zona do mercado da localidade de Yakaghund, a uma hora de grande afluência. Foi o terceiro atentado deste ano com pelo menos 90 mortos e o pior no Paquistão desde Outubro.

O atentado de Yakaghund visava matar chefes tribais que deveriam estar àquela hora numa reunião no gabinete de Rassol Khan, o administrador adjunto da região tribal de Mohmand. Os chefes tribais e o administrador saíram ilesos do ataque.

Houve duas explosões, a primeira de menor potência e a segunda maior, de explosivos que estavam num veículo. Aparentemente, os dois terroristas tentaram escapar numa motorizada. A explosão atingiu em cheio um edifício administrativo e uma zona onde havia 70 lojas.

A maioria dos atingidos estava no centro administrativo à espera da entrega de comida e óleo ou para tratar de assuntos burocráticos. Uma prisão contígua ficou parcialmente destruída e alguns detidos aproveitaram para fugir. Também havia notícia de 15 desaparecidos. O edifício administrativo ruiu e temia-se que houvesse mais vítimas sob os escombros.

A zona tribal do noroeste tem sido alvo de numerosos atentados. No distrito de Mohmand, houve recentemente acções do exército paquistanês contra os talibãs. A atracção dos líderes tribais faz parte das tácticas de contra-insurreição, mas nesta zona não houve grandes sucessos. Um porta-voz dos talibã confirmou entretanto que o alvo do atentado eram os chefes tribais.

A violência terrorista no Paquistão intensificou-se em meados de 2007 e, em menos de três anos, já provocou a morte a mais de 3500 pessoas. No dia 1 de Janeiro, um atentado durante um jogo de voleibol provocou 100 mortos. Em Maio, em Lahore, um ataque a duas mesquitas da minoria Ahmadi fez 90 vítimas mortais.

Estas acções são a resposta dos talibãs paquistaneses à campanha militar paquistanesa nas zonas tribais, a que se juntam ataques americanos com aviões não tripulados. Os analistas afirmam que o número de atentados baixou ligeiramente, mas de um nível elevadíssimo: só no último trimestre do ano passado morreram mais de 500 pessoas.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Piores cheias de sempre desalojam 500 mil no Paquistão   Seg Ago 02, 2010 10:00 pm

.
Piores cheias de sempre desalojam 500 mil no Paquistão

por Lusa
Hoje


Meio milhão de pessoas foram deslocadas pelas piores inundações na história do Paquistão e mais de 1,5 milhões afectadas, anunciou hoje um ministro provincial.

"As inundações deslocaram 500 000 pessoas e afectaram mais de 1,5 milhões na província de Khyber Pakhtunkhwa", no noroeste do país, declarou o ministro da Informação da província, Mian Iftikhar Hussain.

Este governante já fizera um balanço de 774 mortos, mas actualizou-o para "entre 1200 e 1500", acrescentando que estavam referenciados 129 desaparecidos.

As autoridades estão preocupadas com o crescente risco de epidemias devido às piores inundações dos últimos 80 anos, das quais resultaram mais de 1200 mortos.

Epidemias ameaçam populações

As autoridades paquistanesas estão preocupadas com o crescente risco de epidemias devido às inundações que assolaram o país.

Precipitações excepcionais provocaram inundações e deslizamentos de terra, que arrastaram milhares de habitantes e devastaram terras agrícolas numa das regiões mais pobres do Paquistão, já atingida pela violência atribuída aos talibãs e a movimentos ligados à rede terrorista Al-Qaeda.

Além das mais de 1200 vítimas mortais, as inundações causaram mais de 1,5 milhões de sinistrados.

As autoridades advertiram para a propagação da cólera e de gastroenterites devido à falta de água potável, precisando que vários locais em Swat estavam a ser evacuados.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Tragédia reabre guerra no clã Bhutto   Seg Ago 09, 2010 9:04 am

.
Tragédia reabre guerra no clã Bhutto

por HELENA TECEDEIRO
Hoje


Visita de Presidente Zardari a Reino Unido criticada por sobrinha de Benazir. Filho adia entrada na política.

Quando chegou ao Reino Unido, na passada terça-feira, Asif Ali Zardari ia disposto a provar a David Cameron que o seu país não "promove o terrorismo", como o acusara o primeiro-ministro britânico durante uma visita à Índia. Mas esta polémica rapidamente foi esquecida quando o Presidente paquistanês se encontrou no centro das críticas por continuar a viagem à Europa quando o seu país vive as piores cheias dos últimos 80 anos, que já fizeram mais de 1600 mortos.

Foi este afinal o assunto que marcou a visita do viúvo da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto ao país onde a mulher estudou e onde o filho, Bilawal, terminou agora a licenciatura em História em Oxford. Acusado de ignorar o sofrimento do povo enquanto está "de férias" em hotéis de cinco estrelas, Zardari confrontou-se desde a chegada a Londres com protestos por parte da comunidade paquistanesa no Reino Unido (mais de um milhão de pessoas).

A caminho do comício que devia encerrar a sua viagem ao Reino Unido, em Birmingham, centenas de manifestantes esperavam Zardari, empunhando cartazes a dizer: "Milhares de pessoas morrem, o Presidente está de férias" ou "Milhares de mortos, milhões de sem-abrigo, o que faz rir o Presidente?" O Chefe do Estado do Paquistão - aliado do Ocidente na luta contra o terrorismo, mas que tem sido acusado de não estar a fazer tudo para lutar contra os talibãs que se refugiaram na sua fronteira com o Afeganistão - foi ainda alvo de um sapato, lançado por um manifestante, tendo escapado ileso.

Mas no interior do centro de conferências, os 1700 apoiantes do Partido do Povo do Paquistão (PPP) não só entoaram gritos de "Vitória para Zardari", como não escondiam a ansiedade para verem Bilawal Bhutto, o filho mais velho do Presidente e de Benazir (assassinada num atentado em Rawalpindi em Dezembro de 2007), que todos esperavam ver lançar ali a sua carreira política.

Mas Bilawal veio, entretanto, negar em comunicado a sua intenção de participar no comício. Nomeado pela mãe, em testamento, como seu sucessor político, o estudante de 21 anos preferiu participar, em Londres, na abertura de um centro de doações para as vítimas das cheias no Paquistão. Antes disso, Bilawal já viera defender o pai, garantindo que este estava a contribuir para recolher fundos a favor dos 15 milhões atingidos pelas cheias.

Tanto a viagem de Zardari ao Reino Unido, como o alegado lançamento da carreira política de Bilawal já haviam sido criticada por Fatima Bhutto, sobrinha de Benazir que vive actualmente em Carachi, no Paquistão. Num artigo publicado na revista Foreign Policy, a escritora garante que as cheias são "o Katrina de Zardari", numa comparação com o furacão que em 2005 colocou o Presidente George W. Bush no centro das críticas nos EUA devido às falhas na resposta às vítimas. A filha de Murtaza Bhutto, irmão de Benazir morto em 1996 num confronto com a polícia, acusou Bilawal de se querer autoproclamar futuro líder paquistanês.

Apesar da guerra no clã Bhutto, a BBC aponta ainda uma outra razão para as críticas a Zardari, sobretudo nos media paquistaneses: a tensão entre a classe política e a poderosa hierarquia militar na luta pelo poder no Paquistão.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Um quarto do Paquistão foi atingido pelas cheias   Seg Ago 16, 2010 9:32 am

.
Um quarto do Paquistão foi atingido pelas cheias

por PEDRO CORREIA
Hoje


Ban Ki-moon, em visita a campo de refugiados, promete reunir auxílio de emergência a seis milhões de pessoas necessitadas

A situação nunca foi tão dramática: um quarto do Paquistão está alagado na sequência de três semanas consecutivas de chuva constante - nada menos de 800 mil quilómetros quadrados. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, teve ontem oportunidade de ver com os seus próprios olhos o estado calamitoso em que se encontra o país, com 20 milhões de pessoas afectadas pelas inundações. Seis milhões dessas pessoas precisam de assistência urgente.

"Estou aqui para pedir à comunidade internacional que acelere o seu auxílio ao povo paquistanês. Vamos tentar mobilizar toda a ajuda necessária e sublinhar que o mundo apoia os paquistaneses nestes tempos difíceis", sublinhou o sul-coreano que lidera a ONU à chegada ao Paquistão, onde se avistou com responsáveis políticos do país e visitou um campo de refugiados.

As Nações Unidas prometem mobilizar um fundo de 460 milhões de dólares para o socorro imediato das populações mais necessitadas, a maioria oriunda das extensas zonas rurais do Paquistão. Em muito casos, são famílias que perderam casas e todos os haveres, além de verem os terrenos agrícolas transformados em gigantescos rios de lama que tudo arrastavam à sua passagem. O Governo paquistanês não hesita em classificar estas inundações como a pior catástrofe natural que desde sempre se abateu sobre o país, independente desde 1947. Há 1600 mortos oficialmente confirmados.

"As cheias destruiram vários milhares de dólares em colheitas e reservas de alimentos, o que representa uma perda colossal para a nossa economia", salientou o primeiro-ministro paquistanês, Yusuf Raza Gilani.

A maior preocupação actual relaciona-se com a eventual proliferação de doenças: pelo menos 36 mil pessoas sofrem de diarreia aguda e já foi confirmado o primeiro caso de cólera.

A zona mais atingida pela intempérie foi o noroeste do Paquistão, habitual palco de combates entre forças do exército e a guerrilha talibã. Mas também as regiões de Punjab e Sind, no Sul, foram muito afectadas.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Bin Laden reitera apelo para ajuda às vítimas do Paquistão   Sab Out 02, 2010 8:28 pm

.
Bin Laden reitera apelo para ajuda às vítimas do Paquistão

por Lusa
Hoje


O líder da Al-Qaida, Usama bin Laden, reiterou hoje o apelo para ajuda às vítimas do Paquistão, numa mensagem áudio divulgada por 'sites islamitas', a segunda sobre o tema em menos de 24 horas.

Como o título "Ajudem os nossos irmãos no Paquistão", o líder da Al-Qaida retoma e desenvolve uma mensagem divulgada sexta feira, acentuando a falta de prontidão dos países árabes e muçulmanos na ajuda ao Paquistão, principalmente dos que têm mais recursos.

"A resposta não esteve à altura da catástrofe", apontou, lembrando que nenhum dirigente árabe ou muçulmano se deslocou ao Paquistão para verificar a dimensão da tragédia.

Bin Laden disse ainda que a riqueza petrolífera da Península Arábica "pertence a todos os muçulmanos" e defendeu que deve ser utilizada para ajudar o Paquistão.

A nova mensagem de mais de 13 minutos do líder da rede terrorista Al-Qaida foi divulgada hoje, mas já na sexta-feira Usama bin Laden tinha apelado à ajuda ao Paquistão, manifestando também a sua inquietação face às alterações climáticas.

Segundo a ONU, 21 milhões de pessoas foram atingidas pelas inundações no Paquistão e destas 12 milhões necessitam de ajuda urgente

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Explosão mata 18 e fere 11 no Paquistão   Seg Jan 17, 2011 3:56 pm

.
Explosão mata 18 e fere 11 no Paquistão

por DN.pt


Dezoito pessoas foram mortas e onze ficaram feridas numa explosão que destruiu esta manhã um autocarro numa região tribal do Noroeste do Paquistão.

O mini-autocarro fazia a ligação entre as localidades de Hangu e Kohat. A explosão matou as 17 pessoas a bordo e atingiu ainda outro autocarro que estava perto, matando uma pessoa nesse veículo e ferindo mais onze, noticia o The Guardian.

Há relatos contraditórios sobre as potenciais causas do incidente ocorrido numa zona onde os militantes islamitas atacam regularmente militares e civis: não há certezas sobre se foi uma explosão de uma bomba ou do depósito de gás, combustível usado por estes veículos.

In DN

Embarassed

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Pelo menos 80 mortos em atentado para vingar Bin Laden   Sex Maio 13, 2011 10:27 pm

.
Pelo menos 80 mortos em atentado para vingar Bin Laden

por Lusa
Hoje


Além dos mortos há a registar mais de uma centena de feridos em sequência de dois ataques bombistas contra um centro de treino militar em Charsadda, no noroeste do Paquistão.



Segundo a polícia paquistanesa, o ataque ocorreu quando uma moto e uma carroça armadilhadas com explosivos atingiram a porta principal do centro de treino militar de Charsadda, uma cidade a 30 quilómetros de Peshawar, causando a morte a dezenas de militares e civis. Os talibãs do Paquistão aliados à Al-Qaida reivindicaram o duplo ataque bombista, que dizem servir para vingar a morte de Bin Laden.

Aquele centro de treino militar está localizado perto de um mercado, tendo ficado destruídas cerca de 15 lojas em sequência das explosões, segundo a imprensa local. Todas as vítimas foram transportadas para os hospitais da região.

Os ataques de hoje foram os mais graves que tiveram lugar no Paquistão desde a morte do fundador da Al-Qaida, Usama Bin Laden, pelas forças especiais norte-americanas na cidade paquistanesa de Abbottabad, a 2 de Maio. A Al-Qaida e os talibãs do Paquistão prometeram vingar a morte de Bin Laden com ataques contra o governo paquistanês e as suas forças de segurança, que consideram serem cúmplices de Washington, e contra interesses norte-americanos.

In DN

Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Diplomata saudita morto a tiro no seu carro   Seg Maio 16, 2011 4:36 pm

.
Diplomata saudita morto a tiro no seu carro

por Lusa
Hoje


Um diplomata saudita foi hoje morto a tiro quando se encontrava na sua viatura perto do seu consulado em Karachi, no sul do Paquistão, disse à agência France Press uma fonte da embaixada da Arábia Saudita naquele país.

"Era um diplomata saudita, foi morto a tiro na sua viatura, que tinha matrícula diplomática, perto do nosso consulado", disse o responsável das relações públicas da embaixada da Arábia Saudita no Paquistão.

Outra fonte da mesma embaixada disse à AFP que a vítima era um responsável de segurança do consulado da Arábia Saudita, sem adiantar mais pormenores.

"O condutor estaria eventualmente a dirigir-se para o consulado a partir da sua residência quando dois homens armados, que seguiam numa moto, dispararam contra o carro", disse um agente da polícia paquistanesa citado pela Associated Press.

Este ataque surge cinco dias depois de desconhecidos terem atirado, a partir de uma moto, uma granada contra o consulado da Arábia Saudita em Karachi, sem causar qualquer dano, um ato interpretado pela polícia paquistanesa como uma eventual reação à morte de Usama bin Laden, a 02 de maio, por forças especiais norte-americanas no norte do Paquistão.

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Homens armados matam cinco em autocarro   Qua Maio 18, 2011 10:19 pm

.
Homens armados matam cinco em autocarro

por Lusa
Hoje

Um grupo de homens armados matou hoje cinco pessoas da minoria muçulmana xiita no que foi considerado um ataque sectário na região sudoeste do Paquistão.

No ataque, outras seis pessoas ficaram feridas quando os homens armados que se faziam transportar em motociclos atingiram um autocarro na cidade de Quetta, capital da província de Baluchistan.

Mohammed Sultan Gichki, agente das forças de segurança da região, explicou que o ataque, que não foi reivindicado por nenhum grupo, terá sido perpetrado por extremistas sunitas.

O Paquistão é um Estado de maioria sunita e embora a maior parte dos sunitas e xiitas convivam pacificamente, os extremistas de ambos os lados atacam frequentemente a outra parte.

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Obama admite novo raide americano no Paquistão   Dom Maio 22, 2011 11:14 pm

.
Obama admite novo raide americano no Paquistão

por Patrícia Viegas
Ontem

Presidente dos Estados Unidos chega amanhã à Europa para uma visita oficial de seis dias a vários países.

Barack Obama admite um novo raide americano no Paquistão, caso se descubra que o país alberga líderes terroristas como Ussama ben Laden, líder da Al-Qaeda, morto no dia 2.

"O nosso dever é proteger os Estados Unidos. Nós temos muito respeito pela soberania do Paquistão. Mas não podemos tolerar alguém que planeia activamente a morte do nosso povo e do povo dos nossos aliados e nem permitir que este tipo de planos floresçam sem que tomemos qualquer tipo de acção", declarou o Presidente dos Estados Unidos em entrevista à BBC.

Obama fez estas declarações na véspera de partir para a Europa, onde vai andar em digressão durante seis dias. Amanhã chega à Irlanda, nos dois dias seguintes estará no Reino Unido, depois na quinta e na sexta-feira está na cimeira do G8 em França, terminando a sua visita no sábado na Polónia.

O democrata, cuja mãe tem raízes irlandesas e o pai quenianas, é candidato à sua reeleição nas presidenciais de 2012. Obama foi eleito o 44.º Presidente dos EUA em Novembro de 2008, tendo sido o primeiro chefe do Estado negro a entrar na Casa Branca.

In DN

Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: 12 militares paquistaneses mortos em ataque de talibãs   Seg Maio 23, 2011 8:52 am

.
12 militares paquistaneses mortos em ataque de talibãs

por Lusa
Hoje

Pelo menos 12 militares paquistaneses foram mortos numa base da Marinha em Carachi (sul) num ataque de talibãs aliados da Al-Qaida para vingar a morte de Osama bin Laden, segundo um novo balanço divulgado pelas Forças Armadas.

"Doze membros das forças de segurança foram mortos durante a operação [ainda] em curso, 11 da Marinha nacional e um de uma unidade de Rangers", declarou à agência noticiosa francesa AFP o comandante Salman Ali, porta-voz da Marinha do Paquistão, mais de 13 horas depois do início do ataque, lançado no domingo à noite (hora local).

O ataque foi reivindicado pelo Movimento dos Talibãs do Paquistão para "vingar Osama Bin Laden", disse à AFP o porta-voz daquele movimento, Ehsanullah Ehsan.

Bin Laden foi morto a 02 de Maio, na cidade de Abbottabad, perto da capital paquistanesa, Islamabad, numa operação das forças especiais dos Estados Unidos.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Detidos 5 informadores que ajudaram a caçar Bin Laden   Qua Jun 15, 2011 10:26 pm

.
Detidos 5 informadores que ajudaram a caçar Bin Laden

por Lusa
Hoje


O governo do Paquistão deteve cinco informadores paquistaneses da Agência Central de Informações norte-americana (CIA) que ajudaram à localização do fundador da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, morto a 2 de Maio.

Segundo o The New York Times, os indivíduos deram informações à CIA para localizar aquele que era o inimigo número um dos Estados Unidos e entre eles encontra-se um oficial do Exército paquistanês que anotou a matrícula de alguns veículos que entravam no complexo de Abbottabad onde residia Bin Laden.

Estas detenções não contribuem para a melhoria das relacções entre os Estados Unidos e o Paquistão, que se têm degradado progressivamente desde a operação conduzida pela CIA que conduziu à morte de Bin Laden.

Os Estados Unidos já afirmaram publicamente que se reservam o direito de desenvolver ações unilaterais contra os rebeldes no Paquistão, que Islamabad defende que seriam uma violação da sua soberania.

Como represália da operação norte-americana contra Bin Laden em solo paquistanês, Islamabad pediu a retirada de 200 militares norte-americanos que trabalhavam como assessores no Paquistão.

De acordo com a versão electrónica do The New York Times, desconhece-se no momento o paradeiro de um dos informadores da CIA que foi detido no Paquistão, além da identidade dos detidos e data das detenções.

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Espancado por denunciar tortura por agência de espionagem   Seg Jun 20, 2011 9:40 am

.
Espancado por denunciar tortura por agência de espionagem

por DN.pt
Hoje

Waqar Kiani foi brutalmente agredido pela segunda vez alegadamente por membros ligados às forças de segurança do Paquistão. O jornalista do The Guardian investigou há algum tempo a detenção ilegal e tortura de militantes islamistas por parte de uma agência de espionagem paquistanesa, em colaboração com os serviços secretos do Reino Unido.

No sábado à noite, homens armados e vestidos com uniformes da polícia pararam o repórter de 32 anos, quando este conduzia em Islamabad, e ordenaram que saísse do seu carro. Os quatro homens agrediram Waqar Kiano com murros, bastões de madeira e um chicote. "Eles disseram 'Queres ser um herói? Vamos fazer de tio um herói. Vamos fazer um exemplo de ti'", contou o repórter, em recuperação. Há três anos, outro jornalista, Saleem Shahzad, foi espancado até à morte depois de ter desaparecido da capital, recorda o The Guardian.

O Paquistão é um dos países mais perigosos do mundo para a comunicação social. Em Julho de 2008, Kiani foi raptado, vendado e levado para uma casa segura, onde foi interrogado, espancado e queimado com cigarros. Foi libertado 15 horas depois, a quase 200km da capital do país, e ameaçado de que a sua mulher seria violada e o vídeo publicado no Youtube caso ele contasse a alguém o que lhe acontecera. Nessa altura, o repórter investigava a captura, detenção ilegal e tortura de militantes islamistas por parte da principal agência civil de espionagem do Paquistão, em colaboração com o britânico MI5, serviços para a segurança interna.

Nessa altura, Kiani percebeu que os homens trabalhavam para as autoridades oficiais porque conheciam detalhes da sua vida pessoal, nomeadamente os movimentos na sua conta bancária, e os encontros com outros jornalistas do The Guardian. O jornal britânico publicou a história sobre o que se passou com o repórter apenas há uma semana. Kiani deu depois uma entrevista a uma televisão local. Seguiu-se novo espancamento, neste sábado, e o jornalista tem a certeza que os factos estão relacionados.

In DN

Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Igreja anglicana autoriza ordenação de bispos homossexuais   Seg Jun 20, 2011 9:49 am

.
Igreja anglicana autoriza ordenação de bispos homossexuais

por Lusa
Hoje


A Igreja Anglicana de Inglaterra prepara-se para autorizar a ordenação de bispos homossexuais, segundo um documento tornado hoje público, antes do próximo Sínodo da igreja em Julho.

O documento intitulado "ordenar bispos, a lei sobre a igualdade de 2010" defende que a orientação sexual não deverá ser tida em consideração na promoção de um padre a bispo e recomenda que a hierarquia da Igreja possa bloquear uma nomeação se ela "causar divisão e desunião na diocese" em causa.

A Igreja Anglicana foi pressionada a esclarecer a sua posição sobre a ordenação de bispos homossexuais depois de Jeffrey John, padre celibatário e homossexual que vive com outro religioso, ter sido forçado a renunciar ao cargo de arcebispo de Reading em 2003. A Igreja Anglicana de Inglaterra voltou a rejeitar em Julho de 2010 a candidatura de Jeffrey John a bispo da diocese londrina de Southwark. Em setembro, o arcebispo de Canterbury, Rowan Williams, líder da Igreja Anglicana, disse "não ter problemas" com o facto de os bispos serem homossexuais desde que sejam celibatários.

A Igreja Anglicana, que conta com cerca de 77 milhões de fiéis, nasceu de uma ruptura com a Igreja Católica no século XVI depois de o papa Clemente VII ter recusado conceder um divórcio ao rei de Inglaterra, Henrique VIII.

In DN

Idea Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Bomba numa bicicleta matou pelo menos 10 pessoas   Qui Ago 25, 2011 10:01 pm

.
Bomba numa bicicleta matou pelo menos 10 pessoas

por Lusa
Hoje

Uma bomba colocada numa bicicleta explodiu hoje no noroeste do Paquistão, matando pelo menos 10 pessoas e causando estragos nos edifícios em redor, adiantou a polícia.

O ataque ocorreu num hotel da cidade de Nowshera, confirmou Mohammad Hussain, responsável da polícia local. "A bomba explodiu no interior do hotel. Pelo menos nove pessoas morreram e mais de 14 feridas", declarou, citado pela agência France Presse. Um porta-voz das autoridades adiantou depois que o balanço se tinha elevado para 10 mortos após a morte de um dos feridos.

A explosão aconteceu quando muitas pessoas estavam reunidas após a refeição de quebra do jejum do Ramadão. O engenho explosivo estaria colocado numa bicicleta guardada no pátio do hotel, que terá ficado destruído, segundo a polícia. Um hotel próximo e várias lojas terão também sofrido danos. Nowshera situa-se a cerca de cinquenta quilómetros no nordeste de Peshawar, a grande cidade do noroeste do Paquistão. Na sexta-feira passada, um outro atentado na mesquita de Jamrud, no distrito de Khyber, matou 51 pessoas.

A região do noroeste do Paquistão, próxima da zona tribal que faz fronteira com o Afeganistão, tem sido alvo de vários ataques de extremistas muçulmanos e talibãs paquistaneses. Estima-se que mais de 4.550 pessoas tenham morrido em atentados suicida e explosões de bombas no Paquistão nos últimos quatro anos.

In DN

Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Paquistão pede ajuda à Nato para eliminar bases talibãs   Sab Out 29, 2011 10:24 pm

,
Paquistão pede ajuda à Nato para eliminar bases talibãs

por Lusa
Hoje

O chefe do Estado Maior das Forças Armadas paquistanesas apelou hoje à NATO e ao Afeganistão para ajudarem na ofensiva contra as bases talibãs no noroeste do Paquistão.

"Nós iremos agir contra os terroristas que se encontram na nossa região, e a Nato e o Afenagistão devem também agir contra eles do outro lado das fronteiras", declarou o general Asif Yasin Malik, que supervisiona as operações militares na província de Khyber Pakhtunkhwa.

"O Paquistão não tolerará mais infiltrações nesta região. O Governo afegão e a NATO não deverão permitir que os terroristas aumentem no Paquistão", acrescentou.

A mesma fonte assegurou também que as suas tropas se manterão na região onde lançaram uma ofensiva há dois anos "até que a segurança fique totalmente assegurada".

In DN

Embarassed Rolling Eyes Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Primeiro-ministro recebe encomenda com anthrax   Qua Fev 01, 2012 7:04 pm

.
Primeiro-ministro recebe encomenda com anthrax

por Lusa
Hoje


O pacote foi enviado para a residência de Yusuf Raza Gilani.

Um pacote com anthrax foi enviado para a residência do primeiro-ministro paquistanês, Yusuf Raza Gilani, há cerca de 20 dias em Islamabad, anunciou hoje a polícia que está a investigar o incidente.

Um responsável da polícia, Hakim Khan, afirmou que foi registada uma queixa depois de confirmação laboratorial da presença de anthrax no pacote.

A inalação de pó misturado com anthrax pode provocar graves doenças pulmonares e em situações mais graves ser fatal.

Esta parece ser a primeira tentativa de ataque bacteriológico deste género no Paquistão, que enfrenta atualmente uma vaga extremamente violenta de atentados de talibãs aliados à Al-Qaeda e cujo governo, muito impopular, está a ser atingido por suspeitas de corrupção.

Os serviços do primeiro-ministro não confirmaram a informação. Os escritórios e a residência do chefe do governo estão localizados na "zona vermelha" da capital, um perímetro com elevado nível de segurança numa cidade repleta de postos de controlo militares e policiais para prevenir atentados.

O pacote foi enviado no distrito de Jamshuru, na província de Sind (sul). "Enviámos uma equipa para investigar e procurar os culpados", assegurou um oficial da políc

In DN

Embarassed

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Iniciada demolição do refúgio de Bin Laden   Dom Fev 26, 2012 12:04 am

,
Iniciada demolição do refúgio de Bin Laden

por Lusa
Hoje


As forças de segurança paquistanesas iniciaram hoje a demolição da casa onde Bin Landen foi morto em maio por comandos norte-americano na cidade militar de Abbottabad, anunciou a polícia.

"Foram mobilizados dois bulldozers. A demolição começou e está a ser efetuada por forças de segurança, incluindo militares", referiu um responsável policial no local que pediu anonimato.

Osama Bin Laden, ainda considerado como o líder máximo da rede islamita da Al-Qaida, foi morto neste complexo em 1 de maio, na sequência de uma ação militar de comandos especiais norte-americanos provenientes do vizinho Afeganistão, uma ação que suscitou uma enorme polémica no país.

Um membro dos serviços de informações paquistaneses também confirmou à AP que a demolição do complexo foi iniciada ao início da noite, sob fortes medidas de segurança, mas disse desconhecer os motivos que implicaram esta decisão, ordenada pelo governo de Islamabad.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Paquistão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Paquistão
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Actualidade Mundial :: Resto do Mundo-
Ir para: