Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Paquistão

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Atentado no Paquistão   Qua Set 03, 2008 4:50 pm

.

Premiê paquistanês sobrevive a atentado

O primeiro-ministro do Paquistão, Yusuf Raza Gilani, sobreviveu a uma tentativa de assassinato nesta quarta-feira, segundo autoridades do país.

Dois tiros disparados por um homem não identificado atingiram o carro blindado em que ele viajava nos arredores da capital, Islamabad, segundo informações de seu assessor de imprensa à BBC.

O governo de Gilani enfrenta a crescente ameaça de militantes extremistas no país.

Em dezembro, a ex-primeira-ministra Benazir Bhutto foi assassinada durante um comício eleitoral na cidade de Rawalpindi.

Lapso de segurança

Nesta quarta-feira, Gilani viajava entre Islamabad e Rawalpindi quando seu carro foi atingido.

Imagens de TV indicam que os tiros atingiram o vidro da janela do lado do motorista.

Segundo autoridades, outro carro do comboio foi atingido por vários tiros. Não há informações sobre feridos.

O correspondente da BBC em Islamabad Syed Shoaib Hasan disse que o incidente representa um grande lapso das forças de segurança do país.

Gilani retornava da cidade de Lahore, onde fazia campanha por Asif Zardari, o viúvo de Bhutto, antes das eleições presidenciais deste sábado.

Bhutto era a favorita para vencer as eleições gerais paquistanesas e se tornar primeira-ministra pela terceira vez quando foi assassinada em 27 de dezembro. As eleições foram adiadas para fevereiro.

O partido de Bhutto, o Partido do Povo do Paquistão (PPP) venceu as eleições e formou uma coalizão com o partido PML-N, de outro ex-primeiro ministro, Nawaz Sharif. Gilani, um alto político do PPP se tornou primeiro-ministro.

A coalizão se desfez no mês passado. Também no mês passado, o ex-presidente Pervez Musharraf renunciou, sob ameaça de impeachment. O novo presidente deverá ser escolhido pelas duas câmaras do Parlamento e pelas assembléias provinciais neste fim de semana.

Tribunus
In ecodanoticia

Twisted Evil

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Paquistão   Qua Set 03, 2008 4:59 pm

.
Os vídeos disponíveis, sobre o atentado:








Twisted Evil

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Paquistão   Qua Set 03, 2008 5:48 pm

Mais um:





Shocked

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Paquistão   Dom Set 07, 2008 5:20 pm

.
Marido de Benazir eleito Presidente do Paquistão



ABEL COELHO DE MORAIS

Eleição. Candidato de partido no Governo tinha vitória assegurada

Acusado de corrupção, Ali Zardari passou 11 anos nas prisões do seu país

Uma maioria de 490 dos 702 deputados, senadores e representantes das quatro assembleias provinciais do Paquistão escolheu ontem Asif Ali Zardari para Presidente do país.

A importância desta eleição é que os poderes do Presidente são hoje extensos e relevantes, ao contrário de épocas em que o cargo político mais importante foi o de primeiro-ministro. Jornais paquistaneses escreviam ontem que, neste momento, os poderes de Zardari são comparáveis à enorme latitude de que dispuseram os presidentes militares, Zia-ul Haq e Pervez Musharraf, chegados ao poder pela via das armas.

Zardari é talvez a mais controversa figura pública paquistanesa, com direito a alcunhas como a de "grande maestro da corrupção" ou a de "senhor 10%" - alusão ao seu modo de actuar e ao valor da comissão que recebia nas negociações de contratos governamentais nas épocas em que Benazir Bhutto, sua mulher, foi chefe do Governo em 1988/90 e 1994/96.

A eleição de Zardari era dada como adquirida desde que apresentou a sua candidatura, uma decisão do Partido do Povo Paquistanês (PPP) que levou à ruptura da coligação governamental desta formação com a Liga Muçulmana, de Nawaz Sharif. O PPP, além de maioritário nas duas Câmaras nacionais, controla três dos quatro assembleias regionais e os seus dirigentes, e o próprio Zardari, desenvolveram forte campanha junto de outros partidos para garantir o seu apoio na votação de ontem. Visadas foram as formações ligadas ao presidente cessante, Pervez Musharraf: o Muttahida Quami Movement (MQM) e a Liga Muçulmana-Q, cisão do partido de Sharif, após a movimentação militar que colocou no poder Musharraf, em 1999.

Contra Zardari apresentaram-se dois candidatos, Saeed-uz-Zaman Siddiqui e Mushahid Hussain, que obtiveram, respectivamente, 22% e 6% dos votos do colégio eleitoral.

Após o regresso do casal Bhutto ao país - numa negociação com Musharraf, que envolveu a suspensão das acusações que pesavam sobre Benazir e Asif -, este último manteve-se na sombra e só após o atentado de Dezembro de 2007, que custou a vida a sua mulher, é que Zardari assume protagonismo político.

Zardari esteve preso várias vezes num total de 11 anos, a última das quais de 1996 a 2004. Foi libertado e autorizado a sair do país sob a promessa de que não se envolveria na política. Promessa que cumpriu até à morte de Benazir.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Paquistão   Dom Out 12, 2008 4:15 pm

Paquistão: 5 mortos em novo ataque na zona tribal

Pelo menos cinco pessoas morreram num novo ataque com mísseis na zona tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, fronteira com o Afeganistão, alegadamente lançado por um avião não pilotado norte-americano, disse hoje uma fonte da segurança.

Segundo a fonte, citada pelo canal privado Geo TV, um avião teleguiado dos EUA lançou sáabdo à noite dois mísseis perto de Miran Shah, capital do Waziristão do Norte.

«Dois mísseis caíram num complexo nos arredores de Miran Shah, matando cinco pessoas e deixando outras duas feridas», disse a fonte sob anonimato.

Nem o comando militar paquistanês nem o comando norte-americano deram informações sobre o ataque

In DD

Twisted Evil Evil or Very Mad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Al-Qaeda mostra vídeo de geólogo polaco decapitado   Dom Fev 08, 2009 10:37 pm

.
Al-Qaeda mostra vídeo de geólogo polaco decapitado



Hoje às 21:51

Os talibãs paquistaneses difundiram, este domingo, um vídeo com imagens brutais da decapitação de um geólogo polaco que tinha sido sequestrado em Setembro de 2008 e cuja libertação só seria possível a troco de extremistas presos.

A morte de Piotr Stanczak foi anunciada no sábado e confirmada por Praga.

O geólogo foi sequestrado por elementos afectos à Al-Qaeda quando prospectava petróleo e gás natural em Attock, na problemática fronteira norte paquistanesa com o Afeganistão.

O motorista e guarda-costas foram abatidos no local

In TSF


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Terroristas atacam academia de polícia   Seg Mar 30, 2009 3:49 pm

.
Terroristas atacam academia de polícia no Paquistão



Pelo menos 20 agentes morreram num ataque de um grupo de terroristas a uma academia de polícia na cidade de Manawan, a cinco quilómetros de Lahore, no leste do Paquistão.

O atentado ocorreu entre as 7h e 8h desta segunda-feira (hora local). Segundo a imprensa local, dois terroristas foram mortos no tiroteio com os policias e um foi preso. A suspeita é que os criminosos pertençam ao grupo paramilitar islâmico Fedayin ("os que se sacrificam", em árabe).

De acordo com o inspetor-geral da polícia do Punjab, Khalid Farouk, os atiradores entraram na academia por dois locais diferentes, vestidos com uniformes de policia, com mochilas e o rosto coberto. Antes do ataque, os criminosos esconderam-se numa mesquita.

No momento do atentado, 500 cadetes estavam no local e a maioria desarmado. Os terroristas, entre 10 e 15, começaram a disparar, lançaram granadas e fizeram vários outros agentes reféns.

Membros do Exército e policiais de elite cercaram a academia. A área está isolada e o governo local declarou estado de emergência.

In Msn Notícias


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Militares anunciam eliminação de cerca de 50 talibãs   Dom Maio 31, 2009 3:51 pm

.
Militares anunciam eliminação de cerca de 50 talibãs

Hoje

Responsáveis pelos serviços de informações disseram hoje que os recentes confrontos entre militares paquistaneses e forças talibãs resultaram na morte de cerca de 50 rebeldes na região tribal fronteiriça com o Afeganistão.

As mesmas fontes revelaram que dois soldados morreram e 23 ficaram feridos nos combates em vários locais do Waziristão Sul, desde a noite de sábado.

A luta no Waziristão Sul agravou-se nos últimos dias com a ofensiva militar paquistanesa contra os talibãs do vizinho vale de Swat.

O Waziristão Sul é a base principal do chefe talibã do Paquistão.

OM.

Lusa

In DN

Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Explosão em hotel de luxo no Paquistão faz sete mortos (act.)   Ter Jun 09, 2009 11:23 pm

.
Explosão em hotel de luxo no Paquistão faz sete mortos (act.)



O ataque ocorreu na cidade de Peshawar, no noroeste do país, perto da região em que o exército do Paquistão combate os militantes do Talibã. Há estrangeiros entre as vítimas, segundo as autoridades.

Uma explosão no hotel Pearl Continental, em Peshawar, no noroeste do Paquistão, fez, pelo menos, sete vítimas mortais e deixou 34 pessoas feridas, entre elas vários estrangeiros.


O atentado ocorreu no bairro de Saddar, onde também há muitos restaurantes e áreas de lazer. Segundo as autoridades policiais, a bomba explodiu num veículo que entregava mercadorias e abriu uma profunda cratera profunda, tendo destruído parte do edifício do hotel.

In Msn Notícias

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Subiu para 11 o número de vítimas mortais na explosão em hotel de luxo no Paquistão (act.)   Ter Jun 09, 2009 11:28 pm

.
Subiu para 11 o número de vítimas mortais na explosão em hotel de luxo no Paquistão (act.)



Testemunhas citadas pelas agências noticiosas referem que antes da explosão ouviram-se trocas de tiros, uma situação idêntica à ocorrida no ataque ao hotel Marriot em Islamabad, em Setembro do ano passado. De acordo com o último balanço, além de 11 mortes confirmadas há 46 feridos, alguns graves, entre eles vários estrangeiros.

De acordo com as autoridades policiais o número de vítimas da explosão da madrugada de hoje poderá aumentar. O ataque não foi reivindicado e ocorreu perto da região em que o exército do Paquistão combate os militantes do Talibã.

O Hotel Pearl Continental de Peshawar, situa-se no bairro de Saddar, onde também há muitos restaurantes e áreas de lazer. Segundo as autoridades policiais, a bomba explodiu num veículo que entregava mercadorias e abriu uma profunda cratera profunda, tendo destruído parte do edifício do hotel.

In Msn Notícias

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: 45 mil pessoas fogem a ofensiva militar contra chefe talibã   Ter Jun 23, 2009 10:46 pm

.
45 mil pessoas fogem a ofensiva militar contra chefe talibã

por Lusa
Hoje

Cerca de 45.000 pessoas deixaram as suas casas, em fuga à ofensiva militar contra o chefe dos talibãs paquistaneses Baitullah Mehsud, num distrito tribal do Paquistão situado na fronteira com o Afeganistão, anunciaram hoje fontes locais.

Aviões de combate bombardeavam o bastião de Mehsud no Waziristão do Sul onde os militares conduzem uma ofensiva em larga escala, numa altura em que os insurrectos intensificaram os ataques contra as Forças Armadas, acrescentaram as fontes.

"O número total de pessoas que deixou o Waziristão do Sul aproxima-se das 45.000", indicou o coronel Waseem Ahmed, porta-voz do Grupo especial de apoio aos deslocados.

Acrescentou, no entanto, que a maioria já tinha deixado a zona este Inverno no quadro de uma migração sazonal normal nos distritos vizinhos do Noroeste do Paquistão.

"O número de migrantes recentes situa-se entre os 12.000 e 15.000", precisou o coronel Ahmed, acrescentando que estes últimos viviam com famílias de acolhimento fora do Waziristão do Sul e que até agora não foi instalado nenhum campo para os deslocados do Waziristão.

"Estamos à espera que este número chegue aos 60.000", disse.

As regiões tribais semi-autónomas do Paquistão são palco de violência e conhecidas por albergar talibãs afegãos e paquistaneses, e membros da Al-Qaida que ali se refugiaram depois da intervenção conduzida pelas Estados Unidos no final de 2001 no vizinho Afeganistão.

As forças paquistanesas levam a cabo desde o final de Abril uma ofensiva contra os talibãs na região de Swat. Há uma dezena de dias, abriram uma outra frente nas zonas tribais do sul, visando nomeadamente a rede do chefe talibã Baitullah Mehsud

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Chefe talibã paquistanês poderá estar morto   Sex Ago 07, 2009 5:37 pm

Chefe talibã paquistanês poderá estar morto

Hoje às 07:12

O chefe talibã paquistanês Baitullah Mehsud, responsável por vários ataques suicidas desde Julho de 2007, poderá ter sido morto num ataque. No entanto, nem responsáveis norte-americanos nem paquistaneses confirmam esta informação.

Um responsável norte-americano que não quis ser identificado disse à AFP que Baitullah Mehsud, um importante chefe talibã, paquistanês morreu num ataque, muito embora «não se possa confirmar isto na totalidade» nesta altura.

A cadeia norte-americana de televisão ABC, citando também responsáveis norte-americanos a coberto do anonimato, indicou que não há provas materiais de que esta chefe talibã morreu, mas que existem «indícios» de que isto terá acontecido.

Por seu lado, o ministro paquistanês do Interior deu conta da existência de informações vindas das zonas tribais do noroeste do país que dão Mehsud como morto, mas que ainda não existe confirmação.

«A boa notícia é que esta informação provém do seu grupo. Mas sou incapaz de confirmar, uma vez que não tenho provas sólidas», sublinhou Rehman Malik, em declarações à imprensa.

Os norte-americanos ofereceram uma recompensa de cinco milhões de dólares para a captura vivo ou morto deste chefe talibã acusado de estar na origem da maior parte dos atentados suicidas no país desde Julho de 2007 e que causaram a morte de aproximadamente de duas mil pessoas.

Mehsud, que terá 35 anos, substituiu Abdullah Mehsud, um antigo prisioneiro de Guantanamo, na liderança os talibã do Vazaristão do Sul em Julho de 2007 tendo assinado acordos de paz com o governo, mas ao mesmo tempo aberto campos de treino para recrutamento.

In TSF

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Atentado suicida faz pelo menos seis mortos   Seg Ago 17, 2009 5:26 pm

.
Atentado suicida faz pelo menos seis mortos

por Lusa
Hoje



Um bombista suicida fez hoje detonar um camião armadilhado numa estação de serviço no noroeste do Paquistão, matando pelo menos seis pessoas, entre as quais duas mulheres e três crianças, informou a polícia.

O atentado não foi ainda reivindicado, mas o local da explosão fica perto de regiões tribais dominadas pelos talibã paquistaneses, que juraram vingança pela morte do seu líder Baitullah Mehsud.

O bombista conduziu o camião até uma estação de serviço e ao fazê-lo explodir matou seis pessoas e feriu outras oito em Shabqadar, no distrito de Charsada, perto de Peshawar, precisou a polícia.

Os investigadores não sabem se o alvo era a estação de serviço ou se a explosão teria sido acidental, já que os alvos habituais deste tipo de atentados são as forças de segurança ou os símbolos do poder.

Entre os mortos contam-se os filhos de uma mulher que estava a encher o depósito do carro quando o camião explodiu.

Segundo o chefe da polícia de Charsada, todos os mortos - um homem, duas mulheres e três crianças - estavam aparentemente dentro daquele veículo e os feridos eram transeuntes.

O Paquistão tem sido palco de uma vaga sem precedentes de atentados, na sua maioria suicidas, perpetrados principalmente por guerrilheiros talibã próximos da Al-Qaida e que causaram mais de 2.000 mortos em dois anos

In DN

Twisted Evil Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Capturado importante porta-voz dos talibãs   Ter Ago 18, 2009 4:32 pm

.
Capturado importante porta-voz dos talibãs

por Lusa
Hoje

Forças de segurança capturaram um dos mais importantes porta-vozes dos rebeldes talibãs que actuam no Paquistão, numa operação junto à fronteira com o Afeganistão, informaram hoje autoridades.

A captura de Mauvi Omar, figura de relevo entre os talibãs, constitui um sério golpe contra os rebeldes, após a anunciada morte do líder supremo no Paquistão, Baitullah Mehsud, num ataque com mísseis norte-americanos a 5 de Agosto e a captura, na segunda-feira de outro dirigente guerrilheiro.

Funcionários dos serviços de informações disseram que a captura se realizou numa aldeia na região tribal de Mohmand, durante a noite de segunda-feira, quando Omar se dirigia de carro com mais dois militantes para o Waziristão Sul, bastião dos talibãs.

A captura foi feita com ajuda de informações dadas por veteranos tribais na aldeia de Khawaseo e segue-se à prisão de Qari Saifullah, dirigente importante com ligações à Al-Qaida.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Bomba explode perto da Bolsa de Atenas   Qua Set 02, 2009 5:09 pm

.
Bomba explode perto da Bolsa de Atenas

por Lusa
Hoje



Um ferido ligeiro e danos materiais avultados foi o resultado da explosão de duas bombas de fabrico artesanal perto da Bolsa de Valores de Atenas ainda não reinvindicada, informou a polícia local.

A explosão foi precedida por um aviso anónimo dado à redacção do diário Elefthérotypia, permitindo à polícia tomar algumas medidas de precaução, tendo o engenho explodido às 05:39 locais (02:39 em Lisboa).

A explosão da bomba, colocada num automóvel, destruiu outros seis veículos e danificou a fachada do edifício da Bolsa de Atenas, situada numa grande avenida a Ocidente da capital. A circulação foi interrompida durante uma hora.

O atentado, que não foi ainda reivindicado, acontece três dias antes da inauguração da feira internacional de Salonica (no Norte) pelo primeiro-ministro Costas Caramanlis, que marcará a 'rentrée' política e social dá Grécia.

In DN

Embarassed Twisted Evil Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Sobe para 25 número de mortos em atentado suicida   Sex Set 18, 2009 10:25 pm

.
Sobe para 25 número de mortos em atentado suicida

por LUSA
Hoje



O atentado suicida hoje de manhã num mercado de aldeia do noroeste do Paquistão matou 25 pessoas e destruiu um hotel de dois andares e várias lojas, informaram responsáveis da polícia e do governo local.

O ataque, na zona de Kohat, fez dezenas de feridos e é o segundo em dois dias na região, próxima da fronteira com o Afeganistão.

A população de Ustarzai, pequena aldeia de montanha onde ocorreu o atentado, é maioritariamente xiita, assim como a de Hangun, onde quinta-feira se registou o outro atentado.

"Esta é uma região de maioria xiita e não podemos afastar a possibilidade de este ataque ter carácter religioso", disse um responsável da polícia local.

A explosão ocorreu junto a uma paragem de autocarro próxima do mercado, no centro da aldeia, numa altura em que muitas pessoas faziam as compras para a festa do fim do Ramadão, Aid el-Fitr, que se celebra a partir de segunda-feira.

O ataque já foi condenado pelo primeiro-ministro paquistanês, Yusuf Raza Gilani, que num comunicado lamentou as vidas perdidas e manifestou a "determinação do governo em combater a ameaça terrorista" no país.

In DN

Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Bombista suicida explode sede da ONU   Ter Out 06, 2009 5:01 pm

.
Bombista suicida explode sede da ONU

por LUMENA RAPOSO
Hoje



Atentado na zona mais bem guardada da capital, Islamabad, vitimou cinco funcionários do Programa Alimentar Mundial naquela cidade.

"Estava no andar superior quando ouvi o som de uma grande explosão no rés-do-chão. Desci e encontrei muitos dos meus colegas estendidos no chão, cheios de sangue", disse um funcionário da ONU, ao recordar o atentado de ontem em Islamabad. A mesma fonte contou ainda à imprensa como os feridos em estado mais crítico foram transportados de imediato para o hospital. No lobby do edifício ficaram os cinco corpos das vítimas e o do suicida.

As vítimas de mais este atentado contra a sede da ONU são quatro paquistaneses, dois deles mulheres, e um iraquiano. Todos eram funcionários do Programa Alimentar Mundial (PAM), que fornece mantimentos às populações deslocadas pelas operações do exército do Paquistão contra os talibãs.

O ataque não foi reivindicado mas os responsáveis de Islamabad não hesitaram em apontar o dedo aos talibãs. "Vamos actuar contra eles tal como o fizemos em Swat e Malakand. Já pedi aos serviços de segurança para estarem muito atentos", disse o ministro do Interior paquistanês, Rehman Malik.

Mas, por mais atentos que estejam, há sempre o engenho de quem quer surpreender os outros. Foi o que aconteceu com o kamikaze de ontem. Na faixa etária dos 20 anos e trajando a farda de oficial da unidade militar que faz a segurança às embaixadas, o jovem chegou à entrada da sede da ONU e pediu ao guarda se poderia utilizar a casa de banho. Facultado o acesso ao edifício, fez-se explodir em pleno lobby, como o registaram câmaras de vigilância.

A bomba, de cinco a sete quilogramas, poderia estar no objecto cilíndrico de meio metro de comprimento que o suicida levava ou num cinto. As duas opções eram, ontem, avançadas pela polícia que se questionava como é que o kamikaze conseguiu passar todas os detectores de metais.

Mas não é só a questão dos detectores de metais. O edifício, de três andares e onde trabalham 80 funcionários da ONU, encontra-se numa das áreas de maior segurança em pleno centro da capital paquistanesa. A algumas centenas de metros fica, por exemplo, a residência particular do Presidente Ali Zardari e, do outro lado da rua, uma outra representação da ONU.

Alguns responsáveis da polícia colocaram a hipótese de que o suicida tenha evitado as barragens militares e metálicas que existem na rua, saltando de uma varanda de uma casa próxima - que pertence a um antigo chefe dos serviços secretos paquistaneses - para o pátio de entrada do edifício das Nações Unidas.

O atentado coincide com a visita a Islamabad dos ministros do Interior e da Defesa britânicos, respectivamente Alan Johnson e Bob Ainsworth. Responsáveis paquistaneses, que condenaram de forma veemente o ataque, já afirmaram que este não alterou o programa da visita de Johnson e de Ainsworth.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e responsáveis do PAM em Roma e em Islamabad condenaram também o atentado que fez ainda vários feridos, dois dos quais com gravidade.

Entretanto, a ONU decidiu encerrar provisoriamente os seus gabinetes de Islamabad enquanto moradores da mesma rua se insurgem contra a sua presença. "Há quatro anos que escrevo à administração distrital a pedir que retire estes edifícios oficiais da zona residencial , em vão", disse uma residente ao New York Times.

In DN

Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Pelo menos 42 mortos e 100 feridos em atentado   Sex Out 09, 2009 5:21 pm

.
Pelo menos 42 mortos e 100 feridos em atentado

por lusa
Hoje



Pelo menos 42 pessoas morreram hoje devido à explosão de um mini-autocarro armadilhado junto a um mercado muito movimentado de Peshawar, a grande cidade do noroeste do Paquistão, segundo um novo balanço das autoridades.

O atentado, o segundo em Peshawar em duas semanas, provocou ainda mais de uma centena de feridos.

"Pelo menos 42 pessoas foram mortas e mais de 100 ficaram feridas", disse no local o ministro provincial da Saúde, Zahir Ali Shah.

Aquela região tem sido alvo de atentados dos talibãs ligados à Al-Qaida, segundo a polícia.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Pelo menos seis mortos em atentado no noroeste   Sex Out 16, 2009 5:05 pm

.
Pelo menos seis mortos em atentado no noroeste

por Lusa
Hoje



Pelo menos seis pessoas morreram hoje num atentado perto de um edifício da polícia criminal, num bairro militar de Peshawar, noroeste do Paquistão, anunciou a polícia.

Este atentado é o sexto em 12 dias, igualmente marcados por uma série de ataques contra o quartel-general do exército perto de Islamabad e três instalações da polícia em Lahore, leste do país.

Estes ataques, reivindicados pelos talibãs, ligados à Al-Qaida, fizeram mais de 160 mortos.

"A bomba explodiu no bairro militar, perto de um edifício" da polícia criminal, indicou um oficial da polícia.

"Pelo menos seis pessoas, sobretudo civis, morreram e várias ficaram feridas, entre as quais detidos que se encontravam no edifício", referiram fontes da polícia no local do atentado.

As autoridades indicaram que o ataque foi "aparentemente" perpetrado por um suicida

In DN

Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Brutal ataque dos talibãs desafia Hillary à chegada ao Paquistão   Qui Out 29, 2009 11:41 pm

.
Brutal ataque dos talibãs desafia Hillary à chegada ao Paquistão

por ABEL COELHO DE MORAIS
Hoje



A secretária de Estado americana assegurou a Islamabad que Washington não abandona os seus aliados. Maioria das vítimas são mulheres e crianças.

Num evidente desafio aos Estados Unidos, os talibãs fizeram coincidir a chegada da secretária de Estado Hillary Clinton à capital paquistanesa, Islamabad, com ataques suicidas coordenados no Paquistão e no vizinho Afeganistão (ver página seguinte).

No Paquistão, um veículo armadilhado explodiu logo pela manhã no principal mercado da maior cidade do noroeste do país, Peshawar (ver infografia), originando uma verdadeira carnificina entre os comerciantes e a população, que realizava as compras do dia. As autoridades paquistanesas mencionavam ao final do dia a existência de, pelo menos, 92 mortos e de 217 feridos, muitos em estado grave, o que pode aumentar o número de vítimas mortais.

Este é o segundo atentado mais mortífero na história do Paquistão. A acção terrorista mais violenta sucedeu em Carachi, a 18 de Outubro de 2007, coincidindo com o regresso ao país da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto, morta num outro ataque dos talibãs, dois meses depois.

O atentado no bazar de Mina coincidiu com uma importante deslocação de Hillary Clinton a Islamabad destinada ao relançamento das relações bilaterais para além "das questões de segurança e do antiterrorismo", referiu a diplomata americana. Exemplo dessas outras áreas é o apoio financeiro na ordem dos 125 milhões de dólares que os EUA disponibilizaram para a melhoria da rede eléctrica no Paquistão num pacote total de ajuda de 7,5 mil milhões de dólares.

Numa entrevista a uma tele- visão do Paquistão, Hillary sublinhou a necessidade de ultrapassar o clima de "desconfiança mútua" entre Washington e Islamabad. No passado recente, os EUA foram bastante críticos das opções de Islamabad no conflito com os islamitas, tidas por excessivamente conciliatórias.

Hillary manteve contactos com o seu homólogo paquistanês e com o primeiro-ministro Yusuf Raza Gilani no primeiro de três dias da sua presença no Paquistão. Ao saber do atentado, a secretária de Estado assegurou que Washington não abandona os seus aliados e que o combate travado pelo Paquistão "é também o combate" dos EUA. Posições de solidariedade e condenação foram expressas pela União Europeia e pelo secretário--geral da ONU, Ban Ki-moon.

A explosão coincide com a ofensiva governamental sobre posições do Movimento dos Talibãs do Paquistão (ver caixa), uma das principais facções islamitas em guerra com Islamabad.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: A tribo pagã que os talibãs ameaçam nas montanhas paquistanesas   Dom Nov 08, 2009 4:56 pm

.
A tribo pagã que os talibãs ameaçam nas montanhas paquistanesas

Hoje



Gostam de adorar vários deuses, convivem na natureza com cabras, lobos, hienas, raposas, pastores de carneiros-da-montanha, bebem vinho e licores, fumam, dançam à volta das fogueiras, passeiam pelos telhados das suas casas e deixam os seus filhos casar com quem eles quiserem. A partir daí, não há muito mais que os kalash, apelidados de infiéis pelos talibãs, possam fazer sem receio.

Tribo milenar que os muçulmanos foram progressivamente empurrando para as montanhas, habitam sobretudo na região paquistanesa de Chitral - que fica entre os 2000 e os 2500 metros de altitude, na Província da Fronteira Noroeste. Ao longo de vários anos uns e outros conviveram bem apesar das diferenças religiosas. Mas com a radicalização dos talibãs foram-se sentindo cada vez mais sufocados e cercados como uma espécie em vias de extinção.

O recente conflito armado no Swat, vale vizinho de onde fugiram cerca de dois milhões de pessoas, matou a maior fonte de rendimento kalash: o turismo que os seus costumes e festivais ancestrais atraía. Além disso uma má colheita de uvas durante o Verão, todas secas, impediu a produção de um bom vinho, referiu recentemente uma reportagem do El País.

Herdeiros das gentes de Alexandre, o Grande, guerreiro feroz, oriundo da Macedónia, uma das poucas ligações que os kalash mantêm com o exterior é à Grécia. E para isso muito trabalhou nas últimas décadas o professor grego Thanassis Lerounis, que com apoio da organização não-governamental Voluntários Gregos construiu um museu e uma escola. Este vivia protegido por cinco vigilantes armados, mas no dia 18 de Setembro nem estes conseguiram valer-lhe.

Foi sequestrado durante um raide talibã, no contexto da crescente espiral de violência entre Paquistão e Afeganistão. Lerounis está agora detido em local desconhecido na província sulista afegã do Nuristão. Este era conhecido por Cafiristão, país dos infiéis, onde a população, os cafires, tinham fama de guerreiros indomáveis e sem Deus. Até que Abdul Rahman Khan, emir de Cabul, forçou pela espada a conversão da população ao islão, entre 1845 e 1900, bem como a mudança do nome das terras para Nuristão - o país da luz.

É a essa conversão forçada que os talibãs agora querem que o professor grego se submeta, tal como toda a população kalash. Numa tentativa de resistir à pobreza, muitos jovens acabam por fazê-lo e muitas mulheres aceitam casar com muçulmanos e trocar os seus vestidos pretos com bordados coloridos pelas famosas burcas.

Os talibãs radicais acham que as mulheres devem andar todas cobertas para evitar a cobiça de outros homens que não o marido, não podem sair de casa sem um homem da sua família, não devem frequentar a escola nem ver televisão ou ouvir música. Ora, tendo em conta o estilo de vida dos kalash, isso representa um sacrifício e tanto.

Há mais de dois mil anos que os kalash habitam a região de Chitral, partilhando os vales a alta altitude com os muçulmanos. Mas calcula- -se que, se há quatro décadas os pagãos eram maioria, hoje os muçulmanos aumentaram de 20% para metade da população desta zona da Província da Fronteira Noroeste. E continuam a crescer. Os kalash serão actualmente três mil.

"Apesar de Chitral ser seguro, todos os dias chegam notícias sobre o que fizeram os talibãs do outro lado das montanhas. É muito perigoso sair daqui. Cada vez somos mais pressionados para a conversão e cada vez mais a região se radicaliza", disse Wazir Zada, presidente do Human Rights Monitoring Commitees e porta-voz kalash junto do Governo paquistanês.

Só 5% dos kalash sabem ler. Os outros são analfabetos e muitos são pobres e o Governo não os ajuda. Interessa-lhes mantê-los assim, afirmou, citado pelo El País, Nabaig, um advogado oficial dos kalash - uma tribo de gente que normalmente tem pele e cabelo escuro, mas onde alguns são loiros com olhos claros. Agora, sem Lerounis, o homem que os ligava ao exterior, os kalash sentem o terror aproximar-se.



In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Carro-bomba explode junto a esquadra de polícia   Seg Nov 16, 2009 10:57 pm

.
Carro-bomba explode junto a esquadra de polícia

por Lusa
Hoje



Uma carrinha 'pickup' carregada de explosivos rebentou hoje junto a uma esquadra de polícia no Noroeste do Paquistão, fazendo três mortos e 20 feridos, anunciou a polícia de Peshawar.

A polícia disparou contra a carrinha quando ela se aproximou do posto de controlo diante da esquadra de polícia de Badh Ber, mas o condutor conseguiu fazer deflagrar os explosivos, disse o chefe da polícia de Peshawar, a cidade mais importante da região tribal onde se têm multiplicado os atentados.

Militantes islamitas rebeldes já matam mais de 300 civis e membros das forças de segurança no último mês, numa tentativa de resposta à ofensiva governamental contra bases da guerrilha talibã e da Al-Qaida na região de fronteira com o Afeganistão.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Atentado suicida mata 30 xiitas no Paquistão   Ter Dez 29, 2009 6:37 pm

.
Atentado suicida mata 30 xiitas no Paquistão

por ABEL COELHO DE MORAIS
Hoje



Mais de 50 mil fiéis estavam nas ruas da cidade quando ocorreu o ataque. Surto de violência resulta de tensões interconfessionais e sucede numa conjuntura em que o Presidente Asif Zardari e o seu Governo surgem numa situação fragilizada.

Pelo terceiro dia consecutivo um atentado visou a comunidade xiita da cidade mais populosa do Paquistão, Carachi, durante uma das principais celebrações religiosas para esta minoria muçulmana, o Ashura ou Dia da Lamentação. O balanço provisório aponta para, pelo menos, 30 mortos e mais de 60 feridos.

O ataque sucedeu durante a passagem de uma procissão de crentes xiitas na Avenida Mohammed Ali Jinnah - o fundador do Paquistão -, uma das principais artérias daquela que é a capital comercial do Paquistão e um importante entreposto para o abastecimento das forças internacionais no vizinho Afeganistão.

Mais de 50 mil fiéis xiitas encontravam-se nas ruas de Carachi, envergando roupas escuras e flagelando o corpo e a cabeça com chicotes e lâminas, forma tradicional de penitência nesta data.

"Foi um ataque suicida. O bombista caminhava no meio da procissão quando se fez explodir", explicava depois o atentado o ministro do Interior, Rehman Malik.

Pela terceira vez no espaço de 72 horas, esta minoria do islão era visada por uma acção violenta reflexo da tensão recorrente que opõe os seguidores desta vertente aos seus opositores sunitas no Paquistão.

A clivagem entre muçulmanos neste país manifesta-se tradicionalmente sob forma violenta, recordando as agências que, em resultado destas, morreram mais de quatro mil pessoas nas últimas duas décadas. Os xiitas representam cerca de 20% dos mais de 176 milhões de paquistaneses.

Para a data do Ashura foram mobilizados dezenas de milhares de efectivos da polícia e do exército em todo o Paquistão para garantir a segurança num momento em que os xiitas assinalam a morte do imã Hussein, em 680 da era comum, na batalha de Kerbala. A data representa um marco central na separação entre xiitas e sunitas.

A explosão provocou uma intensa coluna de fumo negro e um movimento de pânico na multidão. Seguiu-se uma série de incidentes em que os fiéis xiitas atacaram agentes de segurança, assaltaram e incendiaram lojas e veículos.

Para o ministro do Interior, Rehman Malik, o responsável pelo ataque "não é muçulmano e é pior que um infiel".

O atentado de ontem em Carachi sucede num momento em que o Presidente Asif Ali Zardari e o seu Governo travam uma dupla batalha pela sobrevivência política e pela estabilização do país, procurando neutralizar alguns dos grupos islâmicos radicais, todos eles sunitas. Neste ponto, o exército prossegue desde meados de Outubro uma ofensiva na província do Vaziristão do Sul contra os bastiões do Movimento dos Talibãs do Paquistão, sem que se conheçam grandes sucessos. Em retaliação, num balanço das agências, os islamitas radicais com os seus atentados desde então vitimaram mais de 500 pessoas.

No plano político, Zardari surge mais fragilizado desde que o Supremo Tribunal há uma semana lhe levantou a imunidade e a mais quatro ministros do seu Governo, todos acusados de corrupção. Desde então, têm-se multiplicado os apelos à sua demissão. Em paralelo, Washington continua a pressionar Islamabad para que sejam neutralizados os sectores que apoiam os grupos talibãs no Afeganistão

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Talibãs negam morte do seu líder   Dom Jan 31, 2010 10:03 pm

.
Talibãs negam morte do seu líder


Hakimullah, de barba na foto, numa conferência de imprensa, em Maio de 2008, um ano antes de assumir a chefia dos talibãs

Considerado o responsável operacional pela maioria dos ataques bombistas no Paquistão desde 2007, Hakimullah Mehsud sucedeu a seu irmão, Baitullah Mehsud, em Agosto de 2009 como dirigente dos islamitas radicais paquistaneses

O Movimento dos Talibãs do Paquistão desmentiu que o seu líder Hakimullah Mehsud teria morrido vítima de ferimentos devido a um ataque de mísseis americanos a 14 de Janeiro no Vaziristão do Norte.

A notícia posta a circular domingo citava duas televisões paquistanesas que teriam anunciado o funeral de Hakimullah Mehsud, líder dos talibãs desde Agosto de 2009 após a morte de seu irmão Baitullah Mehsud também num ataque de mísseis americanos.

A morte de Hakimullah, de 29 anos, fora anunciada na sequência do ataque de 14 de Janeiro, mas desmentida pelos talibãs que divulgaram, dias depois, duas gravações daquele para demonstrarem que se encontrava vivo. Mas o líder dos talibãs paquistaneses não voltou a ser visto depois daquela data.

Por seu lado, um porta-voz do exército paquistanês recusou-se a comentar a situação, indicando estar a recolher informações antes de se pronunciar sobre a sorte do islamita radical, considerado responsável operacional de muitos dos ataques terroristas dos talibãs desde 2007. Uma campanha que causou mais de três mil mortos em dois anos.

Os ataques com mísseis em território sobre controlo talibã aumentaram desde o ataque suicida de Dezembro último por um agente duplo jordano numa base americana a partir da qual são coordenadas as operações contra os islamitas.

In DN

Embarassed Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Atentado contra escola feminina mata alunas e soldados   Qui Fev 04, 2010 12:20 pm

.
Atentado contra escola feminina mata alunas e soldados

por LUÍS NAVES
Hoje


A deflagração de um engenho explosivo junto a uma escola feminina, na aldeia de Koto, região de Lower Dir, Nordeste do Paquistão, matou ontem três soldados americanos e pelo menos quatro crianças.

O balanço de vítimas era incerto, com oito mortos confirmados e 60 feridos, na sua maioria alunas. Muitas destas podiam estar soterradas nos escombros e circulavam informações de que alguns jornalistas ficaram feridos. O atentado foi reivindicado pelos talibãs paquistaneses.

A explosão ocorreu no momento em que a coluna de forasteiros (transportando trabalhadores humanitários, jornalistas e respectiva segurança) chegou à escola feminina, onde os visitantes deviam participar numa cerimónia de inauguração.

O atentado feriu gravemente um elevado número de raparigas e o alvo parece ter sido mesmo esta escola feminina, que os fundamentalistas já tinham destruído em 2009 e que foi reconstruída com ajuda humanitária americana. No Afeganistão e nas zonas tribais do Paquistão que lhe são vizinhas, os talibãs têm atacado todas as iniciativas de educação das crianças de sexo feminino.

Nesta zona foram destruídas dezenas de escolas para raparigas, mas este foi o pior incidente do género jamais registado.

A princípio, houve confusão sobre a identidade dos americanos mortos, que os talibãs identificaram como membros de uma empresa de segurança que protegia a ajuda humanitária. A embaixada americana em Islamabad esclareceu mais tarde que se tratava de militares que estavam na zona para treinar as tropas paquistanesas do corpo de fronteira, que tem sofrido mais com a insurreição. Até agora, oficialmente, não havia tropas dos Estados Unidos nesta região do Paquistão.

O governo paquistanês está muito pressionado pelos fundamentalistas, mas lançou no ano passado uma ofensiva militar contra os talibãs que controlam grande parte das regiões tribais do nordeste. Para Islamabad, a revelação da presença americana representa um novo embaraço, pois a imprensa tem sido hostil em relação às acções militares lançadas do exterior contra os radicais islamitas. As autoridades paquistanesas protestam contra estes ataques, mas sem grande convicção.

Na terça-feira, por exemplo, pelo menos 16 rebeldes talibãs foram mortos num ataque de aviões automáticos americanos não tripulados, nas zonas tribais do Waziristão norte. Na altura, foram disparados 18 mísseis contra múltiplos alvos, numa única aldeia.

Nas últimas semanas houve um aumento deste tipo de bombardeamento. No domingo, o New York Times escrevia que uma das vítimas dos ataques foi Hakimullah Mehsud, líder da insurreição talibã no Paquistão e alegado organizador do ataque suicida que matou no Afeganistão oito membros da CIA, no início do mês passado.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Paquistão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Paquistão
Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Actualidade Mundial :: Resto do Mundo-
Ir para: