Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Outros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Outros   Sex Abr 20, 2012 2:49 pm

.
Os bifes de perú são uma carne branca, com baixo teor de gordura.



_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Festa Rija, Vinho Branco Regional Tejo 2011   Ter Abr 24, 2012 10:57 am

.
Festa Rija, Vinho Branco Regional Tejo 2011

É um vinho branco seco, muito macio na boca, produzido a partir das castas Fernão Pires e Trincadira das Pratas. Tem aromas de frutas verdes, ameixas e damascos, um grau de álcool de 12% vol. e um bom final de boca, seco e longo. É encorpado e volumoso na boca, o que vem muito em linha com peixe grelhado.
Deve ser servido entre os 8 - 10 º C, em copos próprios para vinho branco, de pé alto e de vidro fino, para não tirar o sabor e o nariz do vinho. O frio do vinho ajuada-o a combinar-se com legumes e batatas.

Ideal para aperitivo ou como acompanhante de peixe grelhado.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Azinhaga de Ouro, Vinho Tinto DOC Reserva 2009   Qua Maio 02, 2012 2:14 pm

.
Azinhaga de Ouro, Vinho Tinto DOC Reserva 2009

Cheio, encorpado, com carácter e forte

É um vinho com grau de álcool de 13% vol., cor retinta, onde os aromas e a força das castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Touriga Roriz, que compõem o lote deste vinho, sãomuito evidentes.

No nariz sobressaem as notas de fruta vermelha madura e de esteva. Ainda mostra juventude, mas na boca é encorpado, com taninos muito vivos e alguma adstringência.

Perfeito para consumo imediato, revela potencial de guarda e acompanha muito bem carnes e queijos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Uvas Douradas, Vinho Branco BairradaDOC 2011   Ter Maio 08, 2012 4:53 pm

.
Uvas Douradas, Vinho Branco BairradaDOC 2011

Cheio e redondo

É um vinho feito à base das castas Bical e Maria Gomes, com grau de álcool de 12,5% vol. Seco, com boa acidaz, cheio e redondo, é harmonioso na boca, com um óptimo final.
Deve ser servido a uma temperatura baixa - entre 8 e 10º C.

Bom para acompanhar peixe grelhado, bacalhau e marisco.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Ventos da Beira, Vinho Tinto regional Beiras 2010   Qui Maio 17, 2012 10:35 pm

.
Ventos da Beira, Vinho Tinto regional Beiras 2010

Vinho feito à base das castas Baga e Moreira de Cantanhede, tão populares nas nossas Beiras.

Tem 12% vol. álcool, cor encarnada, aberta como o rubi. É pouco encorpado, acídulo e tem os taninos muito arredondados, o que resulta num vinho aveludado e fácil de beber.

Deve ser servido entre os 15 e 17ºC, para ter o melhor paladar na boca.

Acompanha bem pratos de carne e é perfeito para consumo imediato.


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Papas a la huancaina peruana   Seg Maio 21, 2012 4:27 pm

.
Papas a la huancaina peruana


Ingredientes

200 gr de queijo cremoso
200 gr de queijo fresco
8 batatas médias
1 cl sopa de óleo
1 cl sopa de paprica doce
1/2 cl sopa de leite
1/4 cl sopa de suco de limão
Suco de 1 laranja
4 ovos cozidos
2 gemas de ovos cozidos
sal e pimenta a gosto
folhas de alface
azeitonas pretas
rabanetes

Preparação

Cozinhe as batatas, com a casca, em água e sal. Descasque e reserve.

Bata no liquidificador os queijos, a paprica, o óleo, o leite, os sucos de limão e de laranja, as gemas cozidas, o sal e a pimenta.

Leve o molho ao fogo, numa panellinha, e aqueça.

Sirva as batatas cobertas com o molho e decoradas com as folhas de alface, os rabanetes, os ovos cozidos, cortados ao meio, e as azeitonas.
Este prato também pode ser servido frio.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Almocreve, Vinho Branco Regional Alentejano 2011   Qui Maio 24, 2012 2:55 pm

.
Almocreve, Vinho Branco Regional Alentejano 2011

Com 12,5 % vol. álcool, é um vinho, feito à base das castas alentejanas típicas, como a Antão Vaz e outras.

Consegue, apesar do calor alentejano, durante o período de maturação das uvas, ser um vinho elegante, com carácter, acídulo, seco, frutado não em demasia, vivo e fresco na boca.

Acompanha muito bem pratos de carne branca, peixe, marisco e refeições leves.


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Pão de alho e brushetta   Qui Maio 24, 2012 4:25 pm

.
Pão de alho e brushetta




Ingredientes

2 pães cacete pequenos
6 alhos
3 cl manteiga
salsa
óregãos a gosto

Brushetta

pão, queijo, fiambre, tomate, alho, oregãos, azeite

Preparação

Pique muito bem os alhos e a salsa. Colocar num copo misturador, junte os restantes ingredientes e programe 2 minutos vel.1 e depois junte a manteiga derretida.
Corte o pão em fatias e barre-o com o preparado.
Leve ao forno para tostar.

Aqueça o forno a 200º.
Coloque no copo os alhos, o azeite e pique 5 seg vel 5. Baixe o que ficou nas paredes do copo.
De seguida junte o tomate, previamente refogado
Corte as fatias de pão ao meio. Barre com o molho. Coloque um pouco de fiambre, queijo e polvilhe com oregãos.
Leve ao forno a tostar.


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Paço do Bispo, Vinho Tinto Palmela DOC 2010   Sab Jun 02, 2012 5:25 pm

.
Paço do Bispo, Vinho Tinto Palmela DOC 2010

Com 13% vol. álcool, é um vinho tinto, feito com a casta Castelão, com boa cor rubi, aromas a fruta vermelh jovem, como as romãs, as cerejas e os morangos.

De corpo médio e sendo de 2010, é considerado ainda jovem. Muito versátil, acompanha muito bem qualquer carne.

Deve ser servido a temperatura certa, entre 16 e 18 º C, em copos apropriados para vinho tinto.


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Nobre Colheita, Vinho Verde Branco Alvarinho/Trajadura DOC 2011   Sab Jun 16, 2012 5:02 pm

.
Nobre Colheita, Vinho Verde Branco Alvarinho/Trajadura DOC 2011

O Alvarinho/Trajadura é um lote de grande classe, de gosto fino e apurado. Um optimo vinho branco, onde as castas brancas, típicas dos vinhos verdes, têm uma das suas melhores expressões.

É um vinho seco mas encorpado e de aromas finos a fruta citrina e a fruta tropical como o ananás. Tem aromas florais equilibrados e deve ser servido frio, a 9 ou 10ºC, de maneira a guardar a sua frescura.

A casta Alvarinho amadurece muito bem na zona Norte de Portugal, bem como a Trajadura, que aproveita todo o tempo de sol, que pode obter na Região dos Vinhos Verdes e, por isso, consegue um grau de álcool de 12%.

Acompanha muito bem marisco, peixe (principalmente sushi) e aves.
Excelente, para servir em qualquer altura.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Azinhaga de Ouro, Vinho Tinto Douro DOC 2010   Dom Jul 08, 2012 3:13 pm

.
Azinhaga de Ouro, Vinho Tinto Douro DOC 2010

Vinho não muito encorpado, mas com taninos bem presentes e um grau de álcool de 13,5% vol.

O Azinhaga de Ouro é composto pelas castas Touriga Nacional e Tinta Roriz, cuja força e aromas são bem evidentes, sobressaindo no nariz os aromas da fruta vermelha madura (morangos e cerejas) e aos olhos a cor vermelha retinta. É um Douro ainda jovem e,na boca, é encorpado, com taninos muito retintos para a idade e tem um óptimo final de prova, longo e distinto.

Deve ser servido à temperatura de 16-18º C.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Torre de Ferro, Vinho Tinto Dão DOC 2009   Qui Jul 12, 2012 9:19 am

.
Torre de Ferro, Vinho Tinto Dão DOC 2009

É um tinto de corpo médio, mas de óptimos aromas, produzido com uvas das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz e Jaen, criadas nos terrenos secos e agrestes da Serra da Estrela e suas Cordilheiras, muito perto de Viseu.

O vinho é redondo na boca, evoluído, tem frutas pretas como as amoras no paladar, não tem madeira, pelo que está mais leve na boca, onde tem bom final.

Com 13% vol., é muito quilibrado e deve ser servido entre os 14 e os 16º C.

Bom para acompanhar pratos de varne leves e pizza.



_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Uvas Douradas, Vinho Tinto Bairrada DOC 2009   Ter Jul 24, 2012 11:48 am

.
Uvas Douradas, Vinho Tinto Bairrada DOC 2009

Vinho feito à base da casta Baga, a mais popular da Bairrada, e também das castas Touriga Nacional e Merlot.

Com 13% vol. de álcool, tem cor encarnada, aberta como o rubi, é encorpado sem ser em demasia, acídulo e tem os taninos muito arredondados, o que resujlta num vinho aveludado e fácil de beber. Perfeito para consumo imediato, revela potencial de guarda.

Deve ser servido entre os 15 e os 17ºC, para ter um bom final de boca e acompanha muito bem todos os pratos de carne.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Ventos da Beira - Vinho Branco Regional Beira Atlântico 2022   Qui Ago 09, 2012 4:19 pm

.
Ventos da Beira - Vinho Branco Regional Beira Atlântico 2022

Este vinho, já com a nova Designação de Origem (D:O.) Beira Atlântico, é feito a partir de duas castas, das mais emblemáticas das Beiras - a Maria Gomes, noutras regiões como Fernão Pires, e a Bical.

Com 12% vol. de álcool, evidencia aromas a flores e a frutas citrinas como o ananás, o limão e o alperce. Tem um corpo médio e um bom final de boca.

É fresco e acídulo na boca, o que o torna um bom parceiro de comidas leves - peixes e mariscos, sem molhos muito apurados.

Servir à temperatura de 8º C. Perfeito para consumo imediato.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Portal do Minho, Vinho Verde Branco DOC 2011   Seg Ago 13, 2012 4:34 pm

.
Portal do Minho, Vinho Verde Branco DOC 2011

Com 10% vol. de álcool, é um vinho feito à base das castas Perdenã, Trajadura e Loureiro, tradicionais desta região.

Muito bem feito e equilibrado, tem óptima acidez e corpo leve, é muito fresco e jovem. Tem aromas florais e cor citrina clarinha, sendo um vinho que se deve beber frio, entre os 8 e os 10º C.

Use copos próprios para vinho branco ou "flutes", uma vez que tem uma ligeira agulha, ou seja, é gasoso e servido assim, garante apresentação no seu melhor. Perfeito para consumo imediato.

Ideal para acompanhar pratos de peixe, carnes ligeiras e marisco



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Vinho Tinto Dão DOC Reserva 2008   Seg Set 03, 2012 4:37 pm

.
Vinho Tinto Dão DOC Reserva 2008


Com uma graduação de 13,5%, é redondo na boca, evoluído por causa dos quse quatro anos em garrafa, revela frutas pretas como as amoras no paladar, tem corpo médio e óptimos aromas.

É produzido com uvas das castas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz, criadas nos terrenos secos e agrestes da Serra da Estrela e suas cordilheiras, muito perto da cidade de Viseu. Não tem madeira, pelo que está mais leve na boca. Apresenta-se muito equilibrado e deverá ser servido entre os 16 e os 18º C, em copos próprios para vinho tinto, de pé alto e bojudos, para o vinho respirar bem.

Acompanha muito bem todos os pratos de carne.


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Estoqueador Moscatel de Setúbal DOC   Dom Set 30, 2012 4:04 pm

.
Estoqueador Moscatel de Setúbal DOC

Apresenta uma cor âmbar, com reflexos dourados, límpida e cristalina, bastante intenso no nariz, característico da casta Moscatel de Setúbal.

É um vinho equilibrado, fresco, com muito boa persistência. Apresenta um grau alcoólico de 17% e deve ser servido fresco como aperitivo ou ao natural para acompanhamento de sobremesas.

Para preservar as suas características, deve ser armazenado em local fresco, ao abrigo dos raios solares e com pouca amplitude térmica.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Moinho de Vento, Vinho Rosé Regional Lisboa   Qua Out 03, 2012 2:15 pm

.
Moinho de Vento, Vinho Rosé Regional Lisboa

Apresenta uma atractiva tonalidade rosada, límpida e brilhante.
Revela boa intensidade aromática e a frescura própria de um vinho jovem. Na boca, entusiasma pela harmonia, é leve, com um bom equilíbrio de acidez e de doçura, corpo suave e ligeiramente efervescente.

Ideal para refeições ligeiras, pratos de peixe e sobremesas. Indicado também como aperitivo.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Embuçado, Vinho Tinto Alentejo DOC   Ter Out 09, 2012 5:08 pm

.
Embuçado, Vinho Tinto Alentejo DOC

Cheio, encorpado, com carácter e forte. Castas Aragonês, Trincadeira, Castelão e Moreto Preto.

Apresenta um aspecto límpido, de cor granada carregada. No aroma, predominam os frutos vermelhos, sendo um vinho macio. Com alguma adstringência, corpo mediano e elegante, tem um grau alcoólico de 13,5% e deve ser servido entre os 16 e 18º C.

Ideal para acompanhar pratos de carnes vermelhas, caça e queijos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Festa Rija, Vinho Tinto Regional Tejo   Seg Nov 19, 2012 1:52 pm

.
Festa Rija, Vinho Tinto Regional Tejo

Vinho produzido com uvas das castas Castelão, Trincadeira e Tinta Miúda, tem cor rubi intenso, apresenta um aroma limpo, com notas de frutos vermelhos maduros.

É redondo na boca, com corpo mediano, final suave e agradável. De grau alcoólico 12,5%, deve sr servido à temperatura de 16º C.

Acompanha muito bem pratos de carne branca e queijos de sabor suave.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Almocreve, Vinho Tinto Regional Alentejano Reserva   Qui Dez 27, 2012 12:00 am

.
Almocreve, Vinho Tinto Regional Alentejano Reserva

Produzido a partir das castas Qragonês, Trincadeira e Alicante Bouschet, é um vinho de boa estrutura e de forte personalidade.

Apresenta um sabor intenso, equilibrado e termina com persistência. Com um grau alcoólico de 13,5%, deve ser servido entre os 16 e os 17 ºC.

Acompanha perfeitamente carnes condimentadas e queijos de pasta mole.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Re: Outros   Qui Dez 27, 2012 3:33 pm

.
Arestel Cava Semi Seco

Citrino, com tons esverdeados, límpido e brilhante. Aroma pouco expressivo, com notas cítricas, de tangerina e minerais. Final de boca, marcado pels doçura.

Apresenta um grau alcoólico de 11,5% e deve ser servido entre os 6 e 8º C.

Acompanha pratos de peixe e aves. Ideal como aperitivo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Re: Outros   Ter Jan 22, 2013 3:31 pm

.
Moinho de Vento, Vinho Branco Leve Regional Lisboa

Proveniente das castas Seara Nova, Fernão Pires e Vital, produzidas na Estremadura, é um vinho delicado, suave de aromas e por isso único, como são os vinhos leves.
Apresenta um grau alcoólico de 9,5% e deve ser servido entre os 9 e 12ªC.

Bom acompanhante de saladas, pratos de peixe, marisco e carnes brancas.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Moinho de Vento, Vinho Rosé Regional Lisboa Leve   Seg Fev 04, 2013 5:41 pm

.
Moinho de Vento, Vinho Rosé Regional Lisboa Leve

Leve, elaborado maioritariamente a partir das castas tintas Aragonês e Castelão, na província da Estremadura.

É um vinho delicado, suave de aroma e por isso único, como são os vinhos leves.
Apresenta um grao alcoólico de 9,5% e deve ser servido entre os 9 e os 12º C.

Ideal para refeições ligeiras, pratos de peixe e sobremesas. Indicado também como aperitivo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: As nozes    Dom Maio 19, 2013 6:20 pm

.
As nozes


Pequenas, mas poderosas, as melhores amigas do nosso coração

Habitualmente associadas ao Natal e às ocasiões festivas, as nozes são verdadeiras "cápsulas de saúde", que devem ser consumidas com regularidade, pois ajudam a reduzir o colesterol, previnem problemas de coração, diabetes e envelhecimento das células.

São presença obrigatória em qualquer mesa de festa

mas a verdade é, que possuem tantos benefícios, que o seu consumo não deveria restringir-se apenas às ocasiões especiais.
Segundo os nutricionistas, deveríamos incluir este fruto na nossa alimentação, diariamente ou, pelo menos regularmente.
Na culinária, a utilização pode ser variada e alinhada com a criatividade de cada um: na doçaria, com queijos, nas saladas e molhos ou como acompanhamento de pratos principais, as nozes já têm dado provas de sucesso.

Há, todavia, quem defenda, que o consumo diário de um punhado delas, pode reduzir em 65% o risco de doenças do coração. Por quê? Porque estes pequenos frutos reduzem as taxas de colesterol e a probabilidade de formação de coágulos no sangue, além de travarem a oxidação e a inflamação das artérias. Os ácidos gordos essenciais, como o ácido linolenico (ómega 3) e linoleico (ómega 6), são determinantes nesses processos. Destacam~se ainda por serem ricas em minerais como o fósforo o potássio e por terem pouco sodio, o que ajuda a fortalecer o músculo cardíaco.

Outra virtude das nozes é a sua riqueza em anti-oxidantes, como a vitamina E e selénio, que ajudam a prevenir o envelhecimento das células e variadas doenças, entre as quais o cancro. A vitamina E é também uma importante aliada na fertilidade masculina.

E a lista de benefícios não acaba aqui. pois, sendo ricas em cálcio, ajudam bastante a preservar a saúde dos ossos e dos dentes, além de que os fitoestrogéneos (as mesmas substâncias vegetais que se encontram na soja, por exemplo) que contêm, ajudam a diminuir os problemas abitualmente associados à menopausa. Já agora, vale a pena lembrar, que estes frutos também ajudam a prevenir a diabetes, pois as gorduras e nutrientes que possuem, melhoram a estabilidade de insulina e da glicose.

Um fruto que é uma semente

A noz, que habitualmente comemos, a persa (existem outras como a pecã e a macadâmia), provêm da nogueira (Juglans regia L.) e na realidade não se trata de um fruto, mas de uma semente.

Esta grande árvore das juglandáceas, que se pensa ser provenientedo Médio Orientee que terá sido introduzida ma Europa pelos romanos, produz uns frutos carnudos, de polpa verde, que rebentam com a maturação, deixando sair o caroço, ou seja, a noz.

Há milhares de anos que as propriedades terapêuticas das nozes são conhecidas e o fruto e óleo, que dele se extrai, são utilizados na alimentação de vários povos.
Em Portugal, a colheitadestes frutos acontece geralmente em Outubro, de forma que, nas quadras festivas, as nossas mesas são enriquecidas com nozes, na sua máxima frescura.

Mas não há razão, para que continuemos s limitar o seu consumo a essas ocasiões.
Experimente comer entre 5 a 6 nozes por dia (algo como 30 gr ou cerca de 190/200 calorias) ou como snack, ou ao pequeno almoço com cereais, frutas e iogurte. Ao almoço ou ao jantar, experimente picá-las numa salada ou juntá-las a massas, risotos, molhos e poderá comprovar os seus benefícios.

As nozes engordam? Sim, são altamente gordurosas (ainda que seja a chamada gordura boa) e se forem consumidas em excesso, certamente se traduzirão em calorias extra e peso a mais. Mas, consumidas de forma regrada, o investimento na saúde é garantido. As nozes são mesmo a prova de que os melhores alimentos podem vir em pequenas embalagens!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Outros   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Outros
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Chevy 1953 - Bel Air e outros
» Outros passatempos / Otras aficiones
» [Vendo] Cavaleiro de Aço Shô do Ar e alguns outros itens
» Colocar fotos no forum [Video]
» Outros produtos relacionados a Saint Seiya.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Gastronomia :: Nacional-
Ir para: