Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 UTAD 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Mestrado em Ensino do Teatro estreia-se na UTAD   Dom Ago 19, 2012 4:03 pm

.
Tem 15 vagas disponíveis
Vila Real




Mestrado em Ensino do Teatro estreia-se na UTAD

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, anunciou hoje a abertura do primeiro mestrado do país em Ensino do Teatro, um curso que considera que vai ajudar «a alicerçar as artes na região».

O professor Levi Leonido, da Escola das Ciências Humanas e Sociais, referiu, em comunicado, que «este curso é o primeiro e único no país na área específica da habilitação para a docência do teatro».

Este mestrado, que tem 15 vagas disponíveis e vai funcionar a partir no próximo ano lectivo (2012-13), junta-se aos outros 40 cursos do segundo ciclo que funcionam na UTAD.

As unidades curriculares que compõem este mestrado dividem-se nos grupos Educação e Teatro e o plano de estudos compreende 240 ECTS (Sistema Europeu de Acumulação e Transferência de Créditos), que estão divididos por dois anos lectivos.

Os cerca de vinte docentes deste curso são doutorados nas áreas específicas e encontram-se inseridos em centros de investigação.

Este curso vem complementar a licenciatura em Teatro e Artes Performativas, aberta na UTAD há sete anos e que já formou 150 profissionais.

Vai ainda, acrescentou o docente, completar o ciclo formativo na área da Educação Artística, com a licenciatura, o mestrado e o doutoramento em Ciências da Educação (com parte do plano curricular adstrito à Educação Artística).

Para Levi Leonido, o novo mestrado em Ensino de Teatro vai contribuir para o «alicerçar das artes na região».

Para além da vertente didáctica, o curso aposta também na criação artística e teatral.

Neste aspecto conta com a colaboração da Câmara de Vila Real, nomeadamente no que diz respeito ao uso dos equipamentos culturais existentes na cidade para apresentações de espectáculos, performances, colóquios, conferências, concertos, entre outras actividades que decorrerão no âmbito deste ciclo de estudos.

Para o próximo ano lectivo, a UTAD não abriu vagas para os cursos do primeiro ciclo de Animação Sociocultural, no pólo de Chaves, e Ecologia Aplicada.

Em contrapartida, criou duas novas licenciaturas, designadamente Línguas, Literaturas e Culturas e Química Medicinal.

A academia transmontana conta com uma oferta de 37 cursos de primeiro ciclo. No total abriu 1365 vagas para 2012/2013, ou seja, mais 57 que no anterior ano lectivo.

Lusa, 2012-08-17
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Universidade lança concurso para aquisição de equipamento de 2 ME    Sab Set 01, 2012 4:45 pm

.
Edifício de Ciências Veterinárias
Vila Real



Universidade lança concurso para aquisição de equipamento de 2 ME

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) abriu um concurso público para aquisição de equipamento no valor de dois milhões de euros para o edifício de Ciências Veterinárias, concluído há um ano, disse fonte da instituição.

A primeira pedra do novo edifício da UTAD, em Vila Real, foi lançada no 24º aniversário da academia transmontana, em 2010, numa cerimónia que contou com a presença do então primeiro-ministro, José Sócrates.

A obra ficou concluída há precisamente um ano, mas, segundo o reitor da instituição, Carlos Sequeira, a falta de dotação orçamental e de liquidez financeira que afetou o país obrigou a um deslizamento no processo de aquisição do equipamento.

Lusa, 2012-08-30
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Associação Académica da UTAD preocupada com cortes orçamentais   Seg Set 10, 2012 1:59 pm

.
Diminuição afecta a qualidade
Vila Real




Associação Académica da UTAD preocupada com cortes orçamentais

A Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) está preocupada com os cortes orçamentais, que poderão retirar três milhões de euros à academia e se poderão reflectir na qualidade do ensino e em menos alunos.

“As universidades do Interior estão a ser fortemente afectadas”, afirmou hoje, em Vila Real, o presidente da AAUTAD, Sérgio Martinho.

O responsável falava à margem da apresentação das conclusões de um inquérito elaborado aos estudantes sobre “mobilidade profissional e internacionalização do emprego jovem”.

Sérgio Martinho referiu que a UTAD poderá sofrer um corte orçamental na ordem dos “cinco a sete por cento”, o que se poderá traduzir “em menos três milhões de euros”.

O presidente da AAUTAD teme que esta diminuição possa afectar a qualidade do ensino e se possa traduzir em menos alunos a quererem estudar na academia transmontana.

Estudam na academia transmontana cerca de 8.000 alunos, 85 por cento dos quais são deslocados na cidade de Vila Real.

Por estar no interior, o estudante considerou que as quebras no orçamento afectem mais esta universidade do que outras instaladas no litoral. Por isso mesmo, reivindicou que, pelo menos, seja mantido um orçamento idêntico ao do ano passado.

Até porque, segundo frisou, a UTAD tem sofrido cortes “ano após ano”.

Em 2011/2012, esta universidade teve um orçamento a rondar os 32 milhões de euros. A academia sofreu um corte de sete milhões de euros em dois anos.

Outra das preocupações da AAUTAD para o próximo ano lectivo está relacionada com as bolsas de estudo.

Sérgio Martinho referiu que vai ser feita uma campanha a nível nacional e até ao final de Agosto, para apelar aos estudantes para se candidatem às bolsas.

Entretanto, o responsável disse esperar que o aproveitamento de cada aluno seja anunciado e entregue atempadamente aos serviços de acção social para o processo não atrasar. “É uma preocupação nossa. Já alertamos para isso”, frisou.

O inquérito feito aos estudantes a nível nacional e que envolveu 1.751 universitários, revelou que 69 por cento dos inquiridos pretende emigrar.

Na academia transmontana responderam ao inquérito, feito entre 14 de Maio e 16 de Junho, 415 alunos, 64 por cento dos quais também disse querer emigrar após a conclusão dos estudos.

Segundo Sérgio Martinho, os estudantes de Engenharias, Tecnologias, Humanidades, Ciências Sociais ou Jurídico Económicas foram os que revelaram maior tendência para a emigração.

O responsável classificou estes dados como “preocupantes” e defendeu a necessidade de serem incrementadas mais medidas para fixar os jovens no país.

“Achamos que o programa Impulso Jovem apresentado pelo Governo é apenas uma aspirina, é apenas uma gota no oceano”, salientou.

Lusa, 2012-09-10
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Ciclo Cultural da UTAD reabre com atividades artístico-culturais   Qua Set 19, 2012 3:43 pm

.
Até 15 de outubro
Vila Real


Ciclo Cultural da UTAD reabre com atividades artístico-culturais

MARCIAN TOSCAN expõe pela primeira vez no Ciclo Cultural da UTAD. A referida artista plástica é pintora, escultora, instaladora, fotógrafa, ou seja, uma criadora polifacetada e traz à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro uma primeira exposição de pintura intitulada:
Provérbios.

A autora inspirou-se na sabedoria popular, no acumular da experiência humana, acrescentando-lhe uma leitura contemporânea. Trata-se duma exposição constituída por 7 quadros em tela pintados a tinta acrílica.

A exposição PROVÉRBIOS abre ao público no dia 17 de setembro às 11 h e estará patente no espaço-galeria do Ciclo Cultural da UTAD, no Complexo Pedagógico da UTAD, do dia 17 de setembro ao dia 15 de outubro de 2012.

, 2012-09-19
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: UTAD vai abrir as suas aulas à comunidade   Sab Set 22, 2012 3:44 pm

-.
A partir do dia 25 de setembro
Vila Real



UTAD vai abrir as suas aulas à comunidade

As aulas em torno de textos fundamentais da literatura ocidental vão ser abertas, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), a toda a comunidade que nelas queira participar.

Todos os interessados irão, assim, poder sentar-se ao lado dos alunos da UTAD e assistir às aulas da unidade curricular Leitura de Textos Clássicos I, da Licenciatura de Línguas, Literaturas e Culturas. Com esta iniciativa, o Departamento de Letras, Artes e Comunicação da UTAD pretende explicitar a relevância do código literário na modulação da história da cultura do ocidente, fornecer uma visão genérica e fundamentada das fontes matriciais da tradição literária do ocidente e induzir a compreensão, matizada pelas literaturas nacionais, das formas de expressão simbólica constantes na cultura ocidental.

Nestas aulas, serão propostos à leitura crítica fragmentos significativos dos seguintes textos: A Epopeia de Gilgamesh, A Ilíada de Homero, A Odisseia de Homero, A Bíblia (I) - O Génesis, A Bíblia (II) A Hipótese Documental, A Bíblia (III) - A História Deuteronomista, A Bíblia (IV) – Isaías, A Bíblia (V) O Livro de Job, A Bíblia (VI), Os Evangelhos.

As aulas desta unidade curricular estarão abertas a todos os interessados, a partir do dia 25 de setembro de 2012, no Edifício do Complexo Pedagógico, Sala 1.10. O horário é à segunda-feira, das 16h às 19h. Contacto para mais informações: 259350701


, 2012-09-20
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Alunos da UTAD revoltados com fecho de cantina   Qua Out 03, 2012 4:24 pm

.
«Estamos indignados»
Chaves


Alunos da UTAD revoltados com fecho de cantina

Os alunos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) do polo de Chaves estão revoltados com o fecho da cantina e do bar daquela instituição. Os estudantes têm de fazer mais de dez quilómetros até ao centro da cidade para poderem almoçar.

“Estamos indignados porque ninguém nos avisou que não íamos ter cantina, está tudo vazio”, disseram os alunos.

Os estudantes ficaram ainda sem acesso ao passe comparticipado pelo Estado. “Agora vamos gastar mais dinheiro em refeições e em transporte”, lamentaram.

Fonte da UTAD disse ao CM que o fecho da cantina é uma situação temporária, uma vez que a anterior concessionária entregou a exploração e foi aberto novo concurso. “Até ao final do mês esperamos ter a situação resolvida”, esclareceu a mesma fonte.

Joana Vales in A verdade, 2012-10-03
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Aluna de 20 escolheu a UTAD    Ter Out 09, 2012 4:14 pm

.
Aluna de 20 escolheu a UTAD
Vila Real



No curso de Línguas e Relações Empresariais

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação e Ciência, este ano só quatro estudantes em todo o país concorreram ao ensino superior com nota 20 na primeira fase do concurso. As notas vinte verificaram-se em pelo menos uma das opções de candidatura e em dois casos, os estudantes entraram num par curso/instituição para o qual concorriam com 20.

Num destes casos encontra-se uma aluna que se candidatou ao curso de Línguas e Relações Empresariais do Departamento de Letras, Artes e Comunicação da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Chama-se Bárbara Filipa Pinto de Oliveira.

Escolheu o curso de Línguas e Relações Empresariais da UTAD pois, sentindo-se particularmente vocacionada para as línguas aplicadas, o seu grande sonho é vir ser empresária e desenvolver negócios com outros países. Para tal, \"esta Universidade e este curso em especial pareceram-me as melhores opções a tomar neste momento\", justificou a jovem estudante.

No outro caso, tratou-se de uma aluna que entrou no curso de Economia da faculdade de Economia da Universidade do Porto.

As outras duas candidaturas com 20 em pelo menos uma opção foram dirigidas, num dos casos, a cursos de engenharia no Instituto Superior Técnico e no outro ao curso de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e ao de Ciência Política e Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Este ano 40.415 alunos entraram na primeira fase do concurso de acesso ao ensino superior o que corresponde a cerca de 90 por cento do total de candidatos. Na segunda fase do concurso nacional foram colocados 11.365 alunos, entre os quais 9237 são novos alunos e 2128 já tinham entrado na primeira fase e mudaram de curso.


, 2012-10-09
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: VIII Jornadas “Ensinar e Aprender com a Tecnologia Educativa”   Qui Nov 08, 2012 4:57 pm

.
24 de Novembro
Vila Real


VIII Jornadas “Ensinar e Aprender com a Tecnologia Educativa”

Terá lugar, no dia 24 de Novembro, no Auditório de Engenharias I da UTAD, em Vila Real, a oitava edição das Jornadas «Ensinar e Aprender com a Tecnologia Educativa».

A Câmara Municipal leva a cabo mais uma edição destas jornadas, com o apoio da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que muito têm contribuído para que Professores, Educadores e Profissionais desta área, possam acompanhar, em contexto de formação, as novas tendências e as respostas mais adequadas aos desafios emergentes da sociedade do conhecimento, das tecnologias de informação e comunicação. Nesta edição, serão abordadas \"As Tecnologias Educativas e as Necessidades Especiais de Ensino\", com o debate a centrar-se na problemática da relação entre as tecnologias ao serviço da Educação e os utilizadores com necessidades especiais de ensino.

Os interessados em participar nestas VIII Jornadas poderão descarregar o Programa e a Ficha de Inscrição, sendo que o valor de inscrição para profissionais é de €7,50 e estudantes (UTAD) de €5.


, 2012-11-05
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Com corte de 2,7 ME, Universidade de Trás-os-Montes prepara-se para ano negro.   Qui Nov 08, 2012 5:02 pm

.
535 docentes e 421 funcionários
Vila Real



Com corte de 2,7 ME, Universidade de Trás-os-Montes prepara-se para ano negro.

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, prepara-se para um «ano negro» em 2013, em que vai contar com menos 2,7 milhões de euros no orçamento, afirmou hoje o reitor Carlos Sequeira.

No próximo ano, a academia transmontana vai dispor de um orçamento de 25,8 milhões de euros, o que significa, nas contas do reitor, um corte global de cerca de 10 por cento.

Isto apesar da verba inicialmente prevista ter sofrido um acréscimo de 1,9 milhões de euros por causa da reposição do subsídio de Natal. Só que, defende, para pagar o valor devido esta deveria ter sido corrigida para 2,4 milhões de euros.

Neste momento, a UTAD já está a trabalhar no limite. Carlos Sequeira afirmou à agência Lusa que a academia funciona com 80 por cento do corpo docente que era necessário.

Para enfrentar os cortes, a universidade vai poupar no aquecimento, poderá reduzir o horário de funcionamento da biblioteca e do próprio campus, vai repensar a abertura aos sábados para as aulas de mestrado e, em termos de pessoal, deverá dispensar colaboradores que não pertençam ao quadro da instituição.

\"Pagamos salários e pouco mais\", frisou. A UTAD conta com 535 docentes e 421 funcionários não docentes.

Carlos Sequeira teme que tudo isto leve a uma \"diminuição drástica\" da qualidade do ensino.

O reitor quer ainda juntar-se ao \"coro da universidade portuguesa\" e espera a marcação de uma reunião com o secretário de Estado da tutela para alertar para a situação do ensino superior.

\"Estamos no limiar e portanto e estou convicto que não teremos liquidez para funcionar em condições\", sublinhou.

O responsável referiu ainda que a UTAD estava preparada para um corte de 2,5 por cento, que se previa no Documento de Estratégia Orçamental. \"Isso, eu acomodava. Dez por cento vai ser impossível de acomodar\", frisou.

Carlos Sequeira prevê que 2013 seja um ano \"absolutamente negro\" e disse que o próximo ano letivo é que vai ser a \"prova de fogo\", pois é quando \"a crise se vai revelar com maior expressão\".

\"Estou convencido que o Governo e a tutela prevejam isto e que durante a execução orçamental possa existir uma outra correção, nomeadamente para o caso de universidades do interior, como a nossa\", salientou.

Este ano, a academia transmontana preencheu 85 por cento das 1365 vagas abertas para o primeiro ciclo, mas sofreu quase uma quebra para metade nas entradas para os segundos e terceiros ciclos, em que colocou cerca de 800 alunos.

A UTAD decidiu ainda manter propina nos 1000 euros, até porque cerca de 80 por cento alunos são deslocados e as famílias revelam cada vez mais dificuldades económicas.

Apesar disso, Carlos Sequeira referiu ainda que a taxa de pagamento das propinas \"tem sido boa\", para o que também considera que contribui o seu fracionamento em oito prestações.

Depois, a universidade tem ainda um programa para alunos com maiores dificuldades que podem trabalhar na biblioteca ou nos refeitórios.

Lusa, 2012-11-05
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Ex-Aluno da UTAD premiado pela Ordem dos Engenheiros   Seg Dez 31, 2012 3:44 pm

.
Melhor Estágio Nacional de 2012 Vila Real


Ex-Aluno da UTAD premiado pela Ordem dos Engenheiros

O Colégio do Ambiente da Ordem dos Engenheiros distinguiu um ex-aluno da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) com o Prémio do Melhor Estágio Nacional de 2012, com base no seu trabalho realizado no Departamento de Ambiente da Câmara Municipal do Funchal.

O premiado, Gil André Serrão de Freitas, mestre em Tecnologias Ambientais pela UTAD, no seu estágio formal de admissão à Ordem dos Engenheiros, desenvolveu naquele município madeirense um projeto designado “Otimização de circuitos de remoção de resíduos sólidos indiferenciados no concelho do Funchal”.

Com tal trabalho, permitiu-se constituir uma importante ferramenta, que será uma mais-valia quer para o Departamento de Ambiente quer para a população do Funchal, na medida em que se permite uma distribuição equitativa dos circuitos de remoção atribuindo a cada zona geográfica um determinado circuito e sua respetiva viatura.

Com a otimização dos circuitos de recolha consegue-se uma otimização da recolha efetuada e das distâncias percorridas, bem como com uma diminuição de algumas horas extraordinárias.

, 2012-12-31
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Matemática intensiva na UTAD para maiores de 23    Ter Jan 22, 2013 5:05 pm

.
Até dia 31 de janeiro
Vila Real



Matemática intensiva na UTAD para maiores de 23

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai realizar de fevereiro a maio, em horário pós-laboral, um curso específico de Matemática para preparação de cidadãos maiores de 23 anos, com vista ao acesso aos cursos superiores da UTAD que exigem prova específica dessa disciplina. As inscrições decorrem até ao próximo dia 31 de janeiro.

Esta iniciativa do Departamento de Matemática da UTAD visa contribuir para que os cidadãos que desejam frequentar um curso superior nesta Universidade possam fazê-lo superando muitas das suas dificuldades resultantes da falta de bases ao nível da matemática.

Refira-se também que os candidatos que frequentarem o curso e nele venham a obter classificação superior ou igual a noventa e cinco pontos (em duzentos) ficarão dispensados da Prova Específica de Matemática.

Os interessados deverão fazer a sua inscrição do Departamento de Matemática da UTAD, podendo obter toda a informação na respectiva página web: http://matematica.utad.pt

, 2013-01-21
In DTM

Idea Arrow
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Matemática intensiva na UTAD para maiores de 23    Ter Jan 29, 2013 11:31 am

.
Horário pós-laboral
Vila Real


Matemática intensiva na UTAD para maiores de 23

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai realizar de fevereiro a maio, em horário pós-laboral, um curso específico de Matemática para preparação de cidadãos maiores de 23 anos, com vista ao acesso aos cursos superiores da UTAD que exigem prova específica dessa disciplina. As inscrições decorrem até ao próximo dia 31 de janeiro.

Esta iniciativa do Departamento de Matemática da UTAD visa contribuir para que os cidadãos que desejam frequentar um curso superior nesta Universidade possam fazê-lo superando muitas das suas dificuldades resultantes da falta de bases ao nível da matemática.

Refira-se também que os candidatos que frequentarem o curso e nele venham a obter classificação superior ou igual a noventa e cinco pontos (em duzentos) ficarão dispensados da Prova Específica de Matemática.

Os interessados deverão fazer a sua inscrição do Departamento de Matemática da UTAD, podendo obter toda a informação na respectiva página web: http://matematica.utad.pt

VG, 2013-01-28
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: UTAD vai preparar futuros Inspetores Tributários   Ter Jan 29, 2013 11:35 am

.
Para detentores de curso superior
Vila Real


UTAD vai preparar futuros Inspetores Tributários

Para detentores de curso superior nas áreas de Economia, Gestão, Contabilidade, Auditoria ou similares.
A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai iniciar no próximo dia 28 de janeiro um curso de formação para futuros Inspetores Tributários.

Esta formação, cujas inscrições se encontram ainda abertas, decorrerá até ao dia 28 de fevereiro. Trata-se de um curso de preparação que vai de encontro ao programa de provas de conhecimentos específicos, na área de Economia, Gestão e Contabilidade, a utilizar nos concursos de admissão para ingresso na carreira de inspeção tributária, conforme Despacho n.º 14501/2012, de 9 de Novembro.

Assim, constitui objectivo principal deste curso preparar os formandos para as provas de admissão na categoria de inspetor tributário do nível 1, grau 4, da carreira de inspeção tributária, do grupo de pessoal de administração tributária (GAT), do mapa de pessoal da Autoridade Tributária e Aduaneira.

As inscrições estão abertas a detentores de curso superior nas áreas de Economia, Gestão, Contabilidade, Auditoria ou similares. Para mais informações: gform.utad.pt

, 2013-01-29
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Sociólogo António Barreto e antigo ministro Silva Penada no Conselho Geral da UTAD   Dom Fev 03, 2013 4:43 pm

.
A quem cabe eleger o reitor
Vila Real



Sociólogo António Barreto e antigo ministro Silva Penada no Conselho Geral da UTAD

O sociólogo António Barreto, o antigo ministro Silva Peneda e ex-secretário de Estado Bianchi de Aguiar vão integrar o Conselho Geral da Universidade da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), anunciou hoje a academia.

O Conselho Geral é um órgão de decisão estratégica e de fiscalização e a quem cabe eleger o reitor.

É composto por 23 membros: 13 representantes dos professores e investigadores da academia, três representantes dos estudantes, seis personalidades não pertencentes à universidade, um representante do pessoal não docente e não investigador.

A 12 de dezembro realizaram-se as eleições para o Conselho Geral, tendo sido eleitos os membros internos da UTAD.

Hoje, a academia anunciou os nomes dos novos membros externos que foram convidados a integrar este órgão.

São eles António Barreto, sociólogo e presidente do conselho de administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos, e José Silva Peneda, presidente do Conselho Económico e Social e antigo ministro do Emprego e da Segurança Social.

Ainda Fernando Bianchi de Aguiar que atualmente desempenha funções como administrador da GALP, antigo professor da UTAD e secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, e Luís Rochartre Álvares, ex-aluno da academia transmontana que trabalha na EMPORDEF, SGPS, SA, a `holding` das indústrias de defesa portuguesas.

Aceitaram ainda integrar o Conselho Geral Pedro Lourtie, um dos responsáveis pelo acompanhamento do processo de Bolonha no ensino superior e ex-diretor geral do ensino superior, bem como Sérgio Figueiredo, presidente da Fundação EDP e também membro da administração da EDP.

O novo presidente do Conselho Geral será escolhido entre os membros cooptados, numa primeira reunião que deverá decorrer em fevereiro.

Os anteriores membros cooptados do Conselho Geral da UTAD deixaram em setembro o seu mandato deixando críticas à \"reiterada violação do dever de respeito\", por este órgão e \"à navegação à vista\" que se vive na academia.

Na altura, o então presidente do Conselho Geral, Francisco Seixas da Costa, e ainda Júlio Pedrosa, Jorge Dias, António Martinho e António Rios Amorim deixaram este órgão depois de constatarem \"um persistente desvirtuamento de linhas estratégicas\" introduzidas pelo Conselho Geral, \"sem que sejam seguidas as opções e as vias de desenvolvimento que delas deveriam decorrer\".

Uma situação que consideraram ser \"grave\" por causa dos \"momentos de grande dificuldade\" que a academia atravessa.

O reitor da UTAD, Carlos Sequeira, já afirmou que 2013 será um ano \"absolutamente negro\" e que o próximo ano letivo é que vai ser a \"prova de fogo\", pois é quando \"a crise se vai revelar com maior expressão\".

Lusa, 2013-01-30
in DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Associação Académica de Vila Real procura apoio para alunos nas empresas   Qui Mar 07, 2013 11:28 am

.
Fomentar o mercado de trabalho
Vila Real



Associação Académica de Vila Real procura apoio para alunos nas empresas

A Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (AAUTAD) está a procurar apoio junto das empresas da região para ajudar os alunos mais carenciados a concluírem os seus estudos e ingressarem no mercado de trabalho.

O presidente da AAUTAD, Sérgio Martinho, que falava a propósito das comemorações do 25.º aniversário da associação académica, salientou que as principais preocupações deste organismo são a defesa dos estudantes e o apoio aos alunos mais carenciados da academia.

É nesse sentido, explicou, que se estão a procurar empresas que funcionem como \"sponsors\", ou seja, uma espécie de patrocinadoras dos estudantes que tenham maiores problemas financeiros.

A ideia é que o projeto funcione como um espécie de bolsa ou complemento de estudo e, ao mesmo tempo, se criem laços ou afinidades, para que os alunos possam depois vir a trabalhar nessas empresas.

Esta será também, segundo o responsável, uma forma de fomentar a entrada no mercado de trabalho.

Sérgio Martinho referiu que a AAUTAD está a procurar ajuda junto de empresas criadas ou onde trabalhem ex-alunos da academia transmontana e que se dediquem às mais diversas áreas, desde as letras ao desporto ou ao setor agrário.

O presidente disse ainda que a associação tem uma posição firme de aposição à subida de propinas e defendeu que o pagamento tem que ser acompanhado de qualidade de ensino.

Outra das grandes preocupações desta organização é o abandono escolar. Foi por isso que a AAUTAD integrou a comissão criada a nível nacional para estudar quais as razões que estão a levar os alunos a desistirem dos cursos.

A academia transmontana possui cerca de 7.000 alunos, dos quais cerca de 80% são deslocados, e conta com uma oferta de 37 cursos de primeiro ciclo.

A AAUTAD foi criada em 1988 e hoje é a maior associação cultural, desportiva e recreativa de Trás-os-Montes e Alto Douro.

No seu seio foram criados várias secções de desporto, desde futsal, voleibol e rugby, que foi a sua primeira modalidade federada. Integra ainda tunas académicas, um grupo de teatro e até um núcleo de proteção ambiental, que foi o primeiro grupo do género criado no concelho de Vila Real.

Neste ano de aniversário, a associação promete diversos eventos, como exposições, encontros com ex-alunos e a realização de jogos sem fronteiras inter-universidades.

A semana académica está já agendada para 18 a 24 de abril.

lusa, 2013-03-05
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Vila Real organiza em maio concurso pioneiro de robótica   Sab Mar 16, 2013 5:32 pm

.
«Micromouse Portuguese Contest»
Vila Real



Vila Real organiza em maio concurso pioneiro de robótica

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) organiza entre 11 e 12 de maio, em Vila Real, um concurso de robótica pioneiro no país, o «Micromouse Portuguese Contest» que coloca competição, num labirinto, pequenos robots.

«O concurso é único a nível da Europa continental e é o primeiro em Portugal», afirmou hoje à agência Lusa o professor António Valente, do Departamento de Engenharias.

O objetivo deste concurso internacional, segundo o investigador, é desenvolver, a nível nacional e europeu, esta modalidade da robótica.

Os pequenos robots, os \"micromouses\", vão tentar resolver um labirinto e ganha quem for mais rápido. O labirinto é composto por uma matriz de 16 por 16 células, cada uma formada por um quadrado de 18 centímetros mm com paredes com cinco centímetros de altura.

Este género de concursos é muito comum na Ásia, já há também alguns eventos do género nos Estados Unidos da América e um em Inglaterra.

António Valente salientou que qualquer pessoa que goste de robótica e de eletrónica pode participar nesta competição.

As inscrições para o concurso abrem em abril.

Na universidade já estão a ser criados \"dois ou três robots\" que vão participar na competição.

Para o professor, \"era ótimo\" se conseguissem a participação de 10 destas pequenas máquinas nesta primeira edição do evento.

A robótica faz parte de unidades curriculares do curso de Engenharia Eletrotécnica e Computadores da UTAD, mas foi em 2006 que, por iniciativa de dois alunos, se começaram a desenvolver robots para participar em concursos.

Em 2008, a universidade desenvolveu o \"MicroSys\", que venceu o concurso Micro-Rato desse ano.

Atualmente o grupo de robótica já tem cerca de 20 alunos, desde o primeiro ano até ao mestrado.

Em preparação está já um robot para condução autónoma que vai participar no Festival Nacional de Robótica e, depois do \"Micromouse Portuguese Contest\", o próximo desafio será, segundo António Valente, criar pequenos helicópteros de quatro motores.

A ideia é estar \"sempre a inovar e a motivar\" os alunos, que despendem do seu tempo livre para se dedicarem a este trabalho.

Hoje decorreu na UTAD o \"Dia Aberto\", uma iniciativa que levou cerca de mil estudantes do secundário à academia transmontana. O objetivo foi divulgar a oferta educativa desta universidade.

As demonstrações de robótica desenvolvida na UTAD foram algumas das atividades que mais atraíram os jovens alunos, provenientes dos distritos de Vila Real, Porto, Bragança e Braga.

O evento é organizado pela academia, em colaboração com a União das Associações de Pais e Encarregados de Educação das Escolas do Concelho de Vila Real.

Os estudantes puderam ver exposições, filmes, participar em visitas guiadas, experiências e palestras.

Puderam ainda aceder a espaços onde se faz ciência, participando em experiências laboratoriais, falando com cientistas e conhecendo resultados de projetos de investigação.

Lusa, 2013-03-14
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: UTAD vai festejar o seu 27º Aniversário   Sab Mar 23, 2013 11:16 pm

.
Sábado dia 23 de Março
Vila Real



UTAD vai festejar o seu 27º Aniversário

No próximo sábado (dia 23 de Março), a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro vai comemorar o seu 27º aniversário, efeméride que consagra um percurso de afirmação crescente como referência no sistema universitário nacional e europeu, apesar de continuar a ser uma das mais jovens universidades do País.

Criada em 1986, a UTAD sucedeu então ao Instituto Universitário de Trás-os-Montes e Alto Douro (IUTAD), o qual havia resultado da reconversão do Instituto Politécnico de Vila Real (IPVR), este com origem no ano de 1973.

Nestas celebrações, que contam com a presença do Secretário de Estado do Ensino Superior, Prof. Doutor João Filipe Queiró, haverá uma sessão solene na Aula Magna, pelas 10 horas, onde, para além das intervenções do Magnífico Reitor, do Presidente do Conselho Geral e do Presidente da Associação Académica, será proferida a Oração de Sapiência “Grandezas e Misérias da Estatística” pelo Prof. Doutor Dinis Duarte Ferreira Pestana, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Será ainda ocasião para a entrega de Cartas Doutorais /2012, atribuição de medalhas aos funcionários que completam 20 anos de serviço na Instituição e de prémios escolares aos alunos com mais alta classificação.
A sessão encerrará com a intervenção do Secretário de Estado do Ensino Superior.

, 2013-03-21
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Universidade de Trás- os-Montes e Alto Douro celebra 27 anos    Dom Mar 31, 2013 10:25 am

.
Momento alto da instituição
Vila Real



Universidade de Trás- os-Montes e Alto Douro celebra 27 anos

Decorreram no sábado passado as celebrações do Dia da Universidade de Trás- os-Montes e Alto Douro (UTAD), assinalando a passagem do seu 27º aniversário.

Como é habitual, a Aula Magna encheu-se com muitos convidados, destacando-se a presença do Secretário de Estado do Ensino Superior, Prof. João Filipe Queiró, entre outras autoridades académicas e autoridades políticas, religiosas e militares, para além do corpo docente, alunos e funcionários da Instituição.

O Magnífico Reitor, Prof. Carlos Alberto Sequeira, na sua intervenção, traçou o rumo da Universidade e os desafios que tem pela frente num período de grandes dificuldades financeiras, anunciando a atribuição dos nomes dos Prof.s Lima Pereira e Torres de Castro, respectivamente, ao Hospital Veterinário e ao Jardim Botânico da UTAD.

Aproveitou também para anunciar a atribuição, para breve, do doutoramento Honoris Causa ao Prof. Valente de Oliveira. Na mesma sessão intervieram igualmente o Presidente da Associação Académica, o Presidente do Conselho Geral e o Secretário de Estado do Ensino Superior, cabendo a habitual oração de sapiência ao Prof. Dinis Duarte Ferreira Pestana, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que dissertou sobre “Grandezas e Misérias da Estatística”.

A solenidade das celebrações, acompanhada musicalmente pelo coro de Câmara Mezza Voce, contemplou ainda a entrega de Cartas Doutorais /2012, a atribuição de medalhas aos funcionários que completaram 20 anos de serviço na Instituição e de prémios escolares aos alunos com mais alta classificação.

De destacar foi ainda a atribuição do Prémio de Investigação da UTAD à Prof.ª Verónica Cortés de Zea Bermudez, Catedrática do Departamento de Química, uma distinção que realça o contributo científico desta docente aquém e além-fronteiras no domínio da Química dos Materiais.

No decorrer da sessão, foi ainda distribuída a Revista da UTAD 2012 e o Relatório Anual de Atividades de 2012 da instituição.

Virginia Galvan , 2013-03-27
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Conservar e recuperar variedades regionais de macieiras e pereiras antigas    Dom Mar 31, 2013 10:32 am

.
Recuperar fruteiras antigas
Vila Pouca de Aguiar


Conservar e recuperar variedades regionais de macieiras e pereiras antigas

A vontade de recuperar variedades de fruteiras antigas está a levar cerca de duas dezenas de pessoas a participar no workshop dirigido por Alberto dos Santos, docente da UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que teve início a 16 de março em Vila Pouca de Aguiar.

O estudo agora iniciado, e que se prolonga até meados de abril, é promovido pelo Município de Vila Pouca de Aguiar com o intuito de conservar e recuperar variedades regionais de macieiras e pereiras.

Na primeira sessão, com aula teórica na Biblioteca e aula prática junto ao Gabinete de Apoio ao Agricultor, Alberto dos Santos fez uma descrição de variedades regionais e de como proceder a uma poda, neste caso uma macieira.

Os formandos, agradados pelo convívio e pela partilha de ideias, vão continuar a apreender conhecimentos estando já previsto um dia de campo, a 6 de abril, para a sessão prática de poda (todos os interessados podem inscrever-se no Gabinete de Apoio ao Agricultor – Tel: 259 419 100).

, 2013-03-28
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Universidade cria «banco» para pessoas deficientes ou mobilidade reduzida   Dom Abr 07, 2013 4:37 pm

.
450 produtos estão disponíveis
Vila Real



Universidade cria «banco» para pessoas deficientes ou mobilidade reduzida

O Banco de Empréstimo de Tecnologias de Apoio (BETA), da responsabilidade do Centro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade (CERTIC) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, disponibiliza cerca de 450 produtos de apoio para pessoas com deficiência e idosos, nas áreas da mobilidade, habitação, cuidados pessoais, comunicação e informação, recreação e lazer, terapia e treino.

“É uma ideia que já tínhamos há muito tempo para situações temporárias. Muitas vezes, o tempo que uma pessoa precisa para pedir um financiamento [para esse material] por parte do Estado é demasiado longo, porque a necessidade é imediata”, explica à Renascença Francisco Godinho, responsável pelo Centro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade (CERTIC).

Os produtos estão acessíveis a cidadãos com deficiência ou incapacidade residentes em Vila Real, a instituições e organizações do distrito, parceiros do banco, serviços, escolas e departamentos da UTAD.

O empréstimo é feito após uma avaliação das necessidades e dos produtos mais adequados. O serviço é gratuito, mas implica a entrega de uma caução (reembolsável), de acordo com o tipo de equipamento e em valor a definir pelo CERTIC.

Todo o material que se destina a apoiar as pessoas com limitações físicas está a ser “inspecionado” e “reparado” pelos alunos do curso de Engenharia e Reabilitação da UTAD, o único no sistema de Ensino Superior português.

A maioria dos produtos disponível no BETA foi doado pela fundação sueca AGAPE.
Cerca de 450 produtos estão disponíveis no novo Banco de Empréstimo de Tecnologias de Apoio (BETA).

Olímpia Mairos, RR, 2013-04-03
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Universidade de Vila Real elege novo reitor a 05 de julho   Sab Abr 27, 2013 10:57 pm

.
Carlos Sequeira sai
Vila Real



Universidade de Vila Real elege novo reitor a 05 de julho

O presidente do Conselho Geral da Universidade de Vila Real, Silva Peneda, anunciou hoje eleições para a reitoria a 05 de julho, praticamente um ano antes do atual reitor terminar o mandato.

José Silva Peneda, presidente do Conselho Económico e Social e antigo ministro do Emprego e da Segurança Social, foi hoje eleito presidente do Conselho Geral da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Trata-se de um órgão de decisão estratégica e de fiscalização e a quem cabe eleger o reitor.

E foi o próprio reitor, Carlos Sequeira, que pediu ao Conselho Geral para antecipar o calendário eleitoral, justificando com a necessidade de o ajustar, de forma a coincidir com as eleições dos outros órgãos da academia, nomeadamente o este conselho e as escolas da academia.

Sequeira sai três anos depois de ter sido eleito e praticamente um ano antes de terminar o mandato, salientando que, com esta decisão \"está a prestar um bom serviço\" à UTAD.

\"Creio que é altura de trazer sangue novo para a universidade\", frisou.

O reitor referiu ainda que \"não faria muito sentido\" ter de modificar agora, por apenas um ano, o plano estratégico que apresentou para a academia e, em relação ao qual, viu questionadas áreas que considera \"fundamentais\".

Carlos Sequeira lembrou ainda que \"sempre disse\" que se candidatava apenas a um mandato, que considerou ser \"de transição e de adaptação ao novo regime jurídico das instituições de ensino superior\".

O responsável garante que deixa a universidade \"com as contas consolidadas, saudáveis e mais coesa\".

\"Pese embora os cortes, nomeadamente da dotação transferida, conseguimos gerar receitas que cobriram a massa salarial, todas as despesas e o défice da universidade reduz-se em duas dezenas de milhares de euros\", salientou.

Ou seja, de acordo com o relatório de contas provado hoje pelo Conselho Geral, a UTAD terminou o ano com um orçamento de 43 milhões de euros, com uma transferência estatal de apenas 26 milhões de euros.

\"Vinte mil euros com oito milhões de cortes em três anos é um resultado interessante\", frisou.

Já para 2013, o reitor perspetiva um \"ano complicado\" por causa\"da indefinição\" que se instalou no Ensino Superior relativamente às dotações financeiras.

\"Há uma grande incógnita em relação a 2013. O que sabemos é que temos que trabalhar melhor, sermos mais eficientes e ter contenção\", salientou.

O novo reitor da academia transmontana será eleito a 05 de julho.

Lusa, 2013-04-22
In DTM

Laughing

_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Universidade de Vila Real inaugura nesta semana um jardim pré-histórico   Seg Maio 13, 2013 3:56 pm

.
«Viajar por oito milhões de anos»
Vila Real



Universidade de Vila Real inaugura nesta semana um jardim pré-histórico

Com o apoio de voluntários e uma despesa de 300 euros, Jardim Botânico da UTAD passa a contar uma história com oito milhões de anos.

A Universidade de Vila Real inaugura na quinta-feira um jardim pré-histórico que, em 1500 metros quadrados, permite fazer uma viagem de oito milhões de anos de história até à domesticação das plantas pelo homem.

O professor António Crespí, responsável pelo Jardim Botânico, disse à agência Lusa que a nova colecção concentra “oito milhões de anos de história até à domesticação das espécies, há cerca de 10 mil anos”. Em cerca de 1500 metros quadrados estão, neste momento, cerca de 50 espécies, mas, de acordo com o investigador, o objectivo é atingir, pelo menos, as oitenta.

Esta viagem pela história começa no fim do Plioceno, entrando-se depois numa fase em que as temperaturas baixaram muito, com períodos glaciares e interglaciares que deram início às estações do ano.

Segundo António Crespí, a colecção representa também “os bosques paleotropicais que gradualmente começam a adaptar-se às estações do ano” e, por fim, está a “vegetação contemporânea” e na qual se verifica a “acção do homem na domesticação”, para o seu uso na alimentação. Aqui encontram-se plantas medicinais, como os tomilhos ou as mentas, e espargos, favas ou ervilhas, entre outros. Entre as espécies mais emblemáticas que podem ser observadas neste jardim, o professor destaca as magnoliáceas, como a magnólia-anã, as lauráceas, abacateiros-silvestres, loureiros, canforeiras, juntamente com medronheiros ou pilriteiros.

António Crespí salientou que este jardim vai custar apenas “300 euros”, porque se recorreu a materiais que já existiam na universidade e a mão-de-obra dos voluntários. Os gastos são com a gravilha e as placas de informação.

O Jardim Botânico da UTAD, um dos maiores da Europa, está a actualizar progressivamente as suas placas de identificação com recurso a etiquetas visuais QRCode, com códigos visuais impressos que permitem aos visitante ter acesso a um conjunto vasto de informação de cada espécie através do seu telemóvel. De acordo com o responsável, neste momento já existem cerca de 400 placas com essa informação. O Jardim Botânico possui cerca de 1000 espécies vivas.

Esta nova colecção do Jardim Botânico da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) é inaugurada no âmbito do I Encontro Internacional de Paleo-Ambiente e Etnobotânica, que inclui ainda a realização de um Jantar Pré-Histórico. O congresso internacional acolhe especialistas de Portugal, Espanha, Brasil e Inglaterra e tem como convidados os investigadores ingleses Jane Renfrew e o marido Colin Renfrew, da universidade de Cambridge.

O Jantar Pré-Histórico vai ser feito à base de algumas destas plantas ou com os animais de caça ou pastorícia que faziam parte da alimentação dos nossos antepassados. A ementa vai ser composta por entradas com húmus, azeitonas e tremoços, sopas de urtigas e de lentilhas com pão chato, carnes de javali ensopado, costelas grelhadas tipo “fogo de chão”, bebidas de chá de sementes de papoila, chá de fungo, água; e para sobremesa doces de morangos com iogurte e mel e maçãs frescas.


Lusa, 2013-05-07
In DTM


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Cursos da Universidade de Trás-os-Montes sob suspeita   Sab Maio 25, 2013 4:11 pm

.
«A montanha pariu um rato»
Vila Real



Cursos da Universidade de Trás-os-Montes sob suspeita

A Inspecção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) detectou irregularidades nos mestrados e doutoramentos realizados por estudantes brasileiros na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Um semestre dado em cinco semanas e cursos por registar são pontos que suscitaram dúvidas aos inspectores.

Num ofício de 27 de Fevereiro, a IGEC pede esclarecimentos sobre o «enquadramento legal que permitiu o funcionamento de ‘edições brasileiras’ de vários cursos». A universidade é ainda instada a esclarecer como é que os mestrados de Gestão realizados por brasileiros tiveram só um mês de aulas presenciais por semestre.

Carlos Sequeira, reitor da UTAD, assegura ao SOL, porém, que não há qualquer problema com a carga horária: «Está tudo de acordo com o plano de estudos publicado em Diário da República, como pode ser comprovado pelos sumários». E adianta que enviou, esta segunda-feira, todas as explicações para a IGEC.

A Inspecção tem ainda dúvidas sobre a regularidade dos cursos de doutoramento em Gestão, em que estão inscritos brasileiros, uma vez que estas formações da UTAD não foram aprovadas pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

O reitor explica que o problema decorre de estes cursos não terem sido registados na Direcção-Geral de Ensino Superior. «Uma questão formal», diz o reitor, assumindo ter-se deparado com o problema – que tem estado «a tentar resolver» –, quando tomou posse, em Setembro de 2010. «No caso dos alunos nacionais, temos estado a migrá-los para outras universidades. No caso dos brasileiros, estamos a ver se estão interessados em fazer outro doutoramento na UTAD ou em mudar de universidade», explica. Só em Julho de 2012 foi notificado da decisão de não acreditação dos cursos pela A3ES.

Num último ponto dedicado às «edições brasileiras», a IGEC pede ainda esclarecimentos sobre cursos de Gestão que também não estarão acreditados. Mas o reitor explica que isso se deve a uma confusão. «Na verdade, são ramos de especialização e não cursos, de formações que estão acreditadas».

Ao SOL, fonte oficial do gabinete do ministro Nuno Crato limita-se a afirmar que o Ministério não «comenta acções inspectivas».

Informação chegou a Dilma

«A montanha pariu um rato», garante Carlos Sequeira, desvalorizando as conclusões da IGEC. A inspecção à UTAD, no entanto, tornou-se um assunto sensível, por envolver alunos brasileiros.

Ao que o SOL apurou, a notícia de alegadas irregularidades nos cursos em Portugal chegou ao gabinete da Presidente Dilma Rousseff e terá tido influência na decisão de cortar as bolsas do programa Ciências sem Fronteiras, impedindo sete mil brasileiros de escolherem universidades portuguesas para estudar.

«Apesar de, oficialmente, o Brasil ter justificado a opção com a necessidade de melhorar o ensino de outras línguas, além do Português, a verdade é que estas informações não caíram bem em Brasília», comenta uma fonte conhecedora do processo. Neste momento, o esforço diplomático concentra-se em convencer o Brasil a voltar a dar bolsas para Portugal, mas apenas para um consórcio composto pelas melhores universidades portuguesas, onde deverão estar pelo menos Lisboa e Coimbra.


Margarida Davim in SOL, 2013-05-20
In DTM

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Actividade é organizada pelos alunos do 3º ano do curso de Animação e Produção Artística   Dom Jun 02, 2013 10:47 pm

.
Tenda Armada no IPB
Bragança


Actividade é organizada pelos alunos do 3º ano do curso de Animação e Produção Artística

O Anfiteatro ao Ar Livre do Instituto Politécnico de Bragança está decorado a preceito para receber a 3ª Edição da Tenda Armada.

A actividade é organizada pelos alunos do 3º ano do curso de Animação e Produção Artística, no âmbito da disciplina de Gestão de Projectos.

Vítor Gonçalves, da organização do evento, assegura que são oferecidos três dias de experiências diferentes ao ar livre. Diogo Azevedo, outro aluno envolvido na organização, destaca a partilha de arte ao ar livre.Os workshops têm um custo de dois euros.

A Tenda Armada decorre até amanhã no auditório ao ar livre do IPB.

Brigantia, 2013-05-31
In DTM


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Estudante de Mestrado da UTAD desparecida   Dom Jun 02, 2013 10:51 pm

.
Desde o dia 25 de Maio
Vila Real


Estudante de Mestrado da UTAD desparecida

Judite Carvalho, vila-realense de 42 anos, encontra-se desaparecida desde o dia 25 de Maio.
A última vez em que foi vista, esta saía do Intermarché, pelas 21h, no seu carro, Peugeot 206 azul escuro, de matrícula 68-48-QE. Vestia calças de ganga claras, t-shirt branca com desenhos na parte da frente juntamente com um blusão de pele.

De média estatura, morena, cabelos pretos lisos, Judite Carvalho, para além de conciliar dois par-times, é ainda aluna de mestrado de Finanças e Contabilidade na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e colaboradora dos Serviços de Documentação e Bibliotecas da mesma universidade.

Já foram lançados cartazes por toda a cidade e lançado no facebook um alerta para este desaparecimento.

Pede-se a quem tiver informações sobre o caso que contacte o Posto da PSP de Vila Real.

, 2013-05-31
In DTM

Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: UTAD 2   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
UTAD 2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Actualidade Nacional :: Diversos-
Ir para: