Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Necrologia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Susannah York   Dom Jan 16, 2011 5:19 pm

.
Morreu a actriz britânica Susannah York

por Lusa


A actriz britânica Susannah York, que se destacou nos anos 70, morreu hoje aos 72 anos na sequência de um cancro, informou o seu filho, Orlando Wells.

Susannah York, que trabalhou no cinema, na televisão e no teatro, foi candidata a um Óscar como actriz secundária pela sua interpretação no filme "Os cavalos também se abatem" (1969), na qual contracenou com Jane Fonda e sob direcção de Sydney Pollack.

O seu cabelo ruivo e olhos azuis foram características que a destacaram como uma das principais actrizes britânicas nos anos 60, juntamente com a sua compatriota Julie Christie.

Nascida a 9 de Janeiro de 1939 no bairro londrino de Chelsea, Susannah York cresceu na Escócia, estudou em 1959 na Real Academia de Artes Dramáticas e ganhou o prémio "Ronson" como a estudante com melhores perspectivas de sucesso. Reconhecida com vários prémios, participou em filmes como "Tom Jones" e "A Man For All Seasons" e trabalhou com Elizabeth Taylor, Marlon Brando, Montgomery Clift e Peter O'Toole.

York interpretou a mãe do "Superhomem" em três filmes da série, mas também se dedicou a outras actividades como escrever livros infantis.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu o actor John Herbert   Qua Jan 26, 2011 10:59 pm

.
Morreu o actor John Herbert

Hoje


O actor da Globo morreu hoje, quarta-feira, aos 81 anos, vítima de enfisema pulmonar. Estava internado desde dia 5.

Além de actor, John Herbert era também realizador e produtor, mas os portugueses conhecem-no sobretudo das novelas da Globo, nomeadamente "Três Irmãs", que foi o seu último trabalho, "Sete Pecados" e "Sinhá Moça".

O corpo do actor deverá ser cremado, mas ainda não há detalhes acerca das cerimónia fúnebres. O velório realiza-se a partir desta tarde em São paulo, de onde era natural.

Jphn Herbert deu entrada no hospital a 5 de janeiro com insuficiência respiratória

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Maria Schneider de "Último Tango em Paris"   Qui Fev 03, 2011 6:38 pm

.
Morreu Maria Schneider de "Último Tango em Paris"

por Lusa
Hoje


A actriz francesa, protagonista, ao lado de Marlon Brando, de "Último Tango em Paris", morreu hoje em Paris aos 58 anos, revelou a France Press citando fonte da família.

A actriz morreu hoje de manhã vítima de doença prolongada, referiu a mesma fonte. Maria Schneider nasceu a 27 de Março de 1952 em Paris e estreou-se no cinema em "Femmes" (1969).

Aos 19 anos foi escolhida por Bernardo Bertolucci para "Último Tango em Paris" (1972), no qual contracena com Marlon Brando e que causou polémica à época por aparecer em nu integral e devido às cenas de sexo.

Em 1975 fez "Profissão: Repórter", de Micheangelo Antonioni, com Jack Nicholson, mas a década ficou marcada por tempos conturbados, com consumo de drogas e uma tentativa de suicídio. "A mais velha profissão do mundo" (1979), "Merry-go-round" (1981), de Jacques Rivette, "Les Nuits fauves" (1992) e "Jane Eyre" (1996) foram outros filmes em que Maria Schneider participou.

Veja aqui o trailler do filme "Último Tango em Paris".



In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu Alberto Oliveira e Silva, fundador do PS   Qui Fev 10, 2011 3:25 pm

.
Morreu Alberto Oliveira e Silva, fundador do PS

por Lusa
Hoje

O advogado morreu hoje com 86 anos, "vítima de doença prolongada", informou a família à agência Lusa.

Deputado eleito por Viana do Castelo para a Assembleia Constituinte e para a Assembleia da República (nas I, II, IV, V e VI legislaturas), Alberto Oliveira e Silva ocupou o cargo de ministro da Administração Interna no II Governo constitucional.

Até agora Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo, Alberto Oliveira e Silva exerceu ainda por três vezes as funções de Governador Civil do Distrito de Viana do Castelo.

No PS, além de co-fundador do partido, Alberto Oliveira e Silva foi membro da Comissão Nacional e da Comissão Política Nacional do partido. Alberto Oliveira e Silva licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra, tendo exercido a advocacia desde 1951. De acordo com a família, o funeral realiza-se na sexta-feira, em Viana do Castelo.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Morreu coronel Viana de Lemos   Sab Fev 12, 2011 6:18 pm

.
Morreu coronel Viana de Lemos

por Lusa
Ontem

Morreu o antigo subsecretário de Estado do Exército, no governo de Marcelo Caetano, coronel Viana de Lemos.

O corpo do Coronel Viana de Lemos estará em câmara ardente no Centro Funerário São João de Deus, em Lisboa, a partir das 17.30.

No domingo, haverá lugar a uma missa às 14.00, seguida de funeral para o cemitério do Alto de São João.

Em Novembro de 1973, na sequência de uma remodelação ministerial que afasta o ministro da Defesa, general Sá Viana Rebelo e o secretário de Estado do Exército, Alberty Correia, Viana de Lemos é designado subsecretário de Estado do Exército,, cargo que ocupou até 25 de abril de 1974 quando o governo da ditadura foi derrubado pelo Movimento das Forças Armadas (MFA).

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu Gérard Castello Lopes   Dom Fev 13, 2011 5:08 pm

.
Morreu Gérard Castello Lopes

Hoje


O fotógrafo Gérard Castello Lopes morreu ontem, em Paris, aos 85 anos.

Sonhava em ser actor, licenciou-se em economia, trabalhou sempre em cinema (em parte na firma da família, a Filmes Castello Lopes) mas foi na fotografia que encontrou o seu meio de expressão.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Len Lesser   Qui Fev 17, 2011 5:21 pm

.
Morreu o tio de "Seinfeld"

por Dn.pt
Hoje


(COM VÍDEO) Len Lesser, que interpretou o tio Leo de Jerry Seinfeld na popular série norte-americana, morreu esta quarta-feira, aos 88 anos, de uma pneumonia. O actor sofria de cancro.

O actor tinha dado entrada numa clínica de Burbank há já algumas semanas e morreu na quarta-feira de manhã, tranquilamente, após o pequeno-almoço.

Veja uma cena de "Seinfeld" com o actor:


Len Lesser entrou em apenas 15 episódios de "Seinfeld", mas conseguiu grande popularidade.

Em televisão, e mais recentemente, o actor participou em "Todos Gostam de Reymond" e em "Castle".

No cinema, fez "Papillon", "Birdman of Alcatraz" e "The Outlaw Josey Wales."

In DN


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu José Freire   Sab Fev 26, 2011 11:11 pm

.
Morreu o fadista José Freire

por Lusa
Hoje


O fadista José Freire, 65 anos, faleceu na sexta-feira ao final da tarde, vítima de doença prolongada, no Hospital do Barreiro, disse hoje à Lusa um familiar.

O corpo do fadista é hoje velado na capela mortuária de Alcochete, segundo a mesma fonte que não adiantou a data do funeral. José Freire começou a cantar nas casas de fado lisboetas no final da década de 1960, altura em que entrou para os quadros do Rádio Clube Português como locutor. Posteriormente apresentou-se também aos microfones da Rádio Difusão Portuguesa e da Rádio Comercial.

José Freire foi o criador do "Fado das Iscas", entre outros êxitos como "As Duas Padroeiras", "Saudades do Futuro" e "Lágrima Preta". Este ano o fadista recebeu a Medalha do Concelho de Alcochete, "como reconhecimento do seu valor como artista e pelo seu amor e generosidade a Alcochete e às suas gentes", segundo nota do executivo alcochetano. A presidente da Associação Portuguesa dos Amigos do Fado, Julieta Estrela de Castro, disse à Lusa que José Freire "foi das figuras mais características do meio fadista na década de 1970". A responsável salientou ainda "a boa dicção e uma cor de voz muito bonita o que facilitou a carreira quer de fadista quer de profissional de rádio".

"Tinha uma voz naturalmente velada, o que se tornava muito agradável ao ouvido, pois era muito musical e facilitava a interpretação", acrescentou. "Nasci a ouvir o fado", "Ronda a Lisboa", "O Meio Dia da Vida" e "Os Feiticeiros" foram outros êxitos do fadista.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu o ex-primerio-ministro Necmettin Erbakan   Dom Fev 27, 2011 5:14 pm

.
Morreu o ex-primerio-ministro Necmettin Erbakan

por Lusa
Hoje


Necmettin Erbakan, 85 anos, líder do movimento islâmico turco e ex-primeiro-ministro, morreu hoje num hospital de Ancara, disse um seu ajunto.

Erbakan foi o primeiro chefe de um Governo islamista na Turquia e mentor do atual primerio-ministro, Recep Tayyip Erdogan.

O adjunto do líder político, Yasin Hatipoglu, confirmou por telefone a morte de Erbakn à NTV, enquanto a agência Anatólia noticiou que o dirigente islamista tinha falecido no Hospital de Guven, em Ancara, segundo a AP.

Erbakan foi primeiro-ministro da Turquia durante ano até ter sido pressionado pelos militares, em 1997, para se demitir.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Frank Buckles   Seg Fev 28, 2011 5:59 pm

.
Morreu último veterano americano da I Guerra Mundial

por Lusa
Hoje


O último veterano norte-americano da Primeira Guerra Mundial, Frank Buckles, que mentiu sobre a idade quando se alistou em 1917, morreu com 110 anos, noticiou hoje a cadeia de televisão CNN, citando um porta-voz da família.

Buckles morreu no domingo de causas naturais na sua casa, perto de Charlestown (Virgínia Ocidental, no sul dos Estados Unidos), indicou a mesma fonte.

Durante a Primeira Guerra Mundial, Buckles prestou serviço como motorista de ambulâncias do exército norte-americano na Europa, antes de ser promovido a cabo pouco antes do fim do conflito, lembrou a CNN. Depois da guerra, trabalhou na marinha mercante.

Na Segunda Guerra Mundial, foi capturado pelos japoneses nas Filipinas, e foi prisioneiro de guerra durante mais de três anos antes de ser libertado pelas tropas norte-americanas.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Alberto Granado   Sab Mar 05, 2011 11:05 pm

.
Morreu Alberto Granado, companheiro de viagem de Che

por Lusa
Hoje


O bioquímico argentino Alberto Granado, que acompanhou Ernesto Che Guevara durante uma viagem de mota por diversos países da América do Sul nos anos 50, morreu hoje em Havana aos 88 anos, confirmaram fontes familiares.

Granado, que nasceu em Córdoba (Argentina) em 1922 e vivia desde 1961 em Cuba, morreu de causas naturais, explicou o seu filho. A televisão estatal cubana definiu hoje Alberto Granado como um "fiel amigo de Cuba" e noticiou que, segundo a sua vontade, o corpo do bioquímico será cremado e as suas cinzas ficarão em Cuba, Argentina e Venezuela.

Amigo de infância de Che Guevara, Granado acompanhou em 1952 o médico e guerrilheiro numa viagem de mota pela América do Sul, um périplo que despertou a consciência política de Guevara.

Durante nove meses, a mota de Granado, "La Poderosa", percorreu ao lado de Guevara uma boa parte da América do Sul. Os companheiros de viagem separaram-se depois na Venezuela. Em 2004, a aventura dos dois amigos foi retratada no grande ecrã no filme "Motorcycle Diaries" ("Diários de Che Guevara" na versão portuguesa), do realizador brasileiro Walter Salles.

Após esta viagem, Granado regressou à Argentina para trabalhar como bioquímico, mas, depois do triunfo da revolução cubana, Che Guevara convidou-o para ir viver para Havana.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Pinto Machado   Seg Mar 14, 2011 11:09 pm

.
Morreu Pinto Machado

Hoje

O médico, professor universitário e ex-governador de Macau morreu hoje ao final da manhã, no Hospital de São João, no Porto, onde encontrava internado há algum tempo.

Joaquim Germano Pinto Machado Correia da Silva nasceu em 15 de Junho de 1930, na freguesia de Miragaia, na zona ribeirinha do Porto, e a sua vida profissional dividiu-se entre a atividade académica e a política.

Pinto Machado foi fundador e professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e, durante seis anos, também director do Curso de Medicina da Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho.

Em 1969 tornou-se deputado à Assembleia Nacional pelo partido (único) Acção Nacional Popular, tendo ingressado num grupo de deputados reformistas liderado por Francisco Sá Carneiro e conhecido como Ala Liberal, de que faziam parte, também, entre outros, Pinto Balsemão e Mota Amaral. Exerceu essas funções até 1973.

Após o 25 de Abril de 1974, ingressou no PSD e integrou o respectivo Conselho Nacional. Pinto Machado exerceu o cargo de secretário de Estado do Ensino Superior, em 1984 e 1985, num governo constituído pelo PS e pelo PSD (Bloco Central) e chefiado por Mário Soares. Em 1985, foi mandatário da candidatura presidencial de Mário Soares e, por nomeação deste, o 124.º governador de Macau.

Pinto Machado integrou também a Comissão de Apoio a Cavaco Silva na campanha às eleições presidenciais de 2005, num governo constituído pelo PS e PSD (Bloco central) e chefiado por Mário Soares.

O Presidente da República, Cavaco Silva, enviou já uma mensagem de condolências à família de Pinto Machado.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Morreu o jornalista Artur Agostinho   Ter Mar 22, 2011 3:25 pm

.
Morreu o jornalista Artur Agostinho

por DN.pt
Hoje


O jornalista Artur Agostinho morreu hoje, com 90 anos de idade, depois de uma vida repleta de êxitos na comunicação social, na qual se destacou pelo seu trabalho na área do jornalismo desportivo.

Artur Agostinho morreu hoje no Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde estava internado há uma semana. Segundo fonte da administração do jornal "Record" em declarações à agência Lusa, a causa da morte não está determinada e pondera-se fazer uma autópsia.

Artur Agostinho ganhou fama pelos seus relatos de jogos de futebol, na Emissora Nacional, e passou depois pela Rádio Renascença. Dirigiu o jornal "Record" e também o "Jornal do Sporting". Manteve sempre a ligação ao "Record" enquanto colunista. Hoje, em obituário, o jornal destaca a forma expressiva -- "um marco na história da rádio em Portugal" -- como o radialista relatava os golos: "É gooooooloooooo!"

O jornal criou ainda, em 2005, o Prémio Artur Agostinho, destinado a homenagear personalidades do mundo do desporto, como José Mourinho (2010), Luís Figo (2009), Cristiano Ronaldo (2008) e Luís Felipe Scolari (2006).

Três dias depois de completar 90 anos, Artur Agostinho foi agraciado pelo Presidente da República com a Comenda da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, num dia que classificou como "um dos mais felizes" da sua vida. "Realmente foi um dos dias mais felizes da minha vida, felicidade, emoção, alegria, todas as coisas boas da vida me aconteceram hoje", disse na altura à Lusa. "Não tenho reclamações a fazer", gracejou Artur Agostinho, referindo-se ao privilégio de trabalhar naquilo de que gostava.

Construiu ainda uma carreira como actor, participando em filmes como "O Leão da Estrela" e "Cantiga da Rua". Mais recentemente, participou em séries e telenovelas como "Inspector Max" e "Ganância", bem conhecidas do grande público

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Elizabeth Taylor   Qua Mar 23, 2011 2:29 pm

.
Morreu Elizabeth Taylor

por DN.pt/AFP
Hoje


(EM ACTUALIZAÇÃO) Morreu hoje, aos 79 anos, Elizabeth Taylor, uma das mais aclamadas actrizes de Hollywood, disse o seu agente à CNN.

Elizabeth Taylor "morreu esta manhã em paz", em Los Angeles, no Hospital Cedars-Sinai, disse o seu agente à televisão norte-americana CNN, depois de a actriz ter passado vários anos a lutar contra uma insuficiência cardíaca grave, que levou à sua hospitalização há cerca de seis semanas. Liz Taylor, como era conhecida, era uma das últimas lendas vivas de Hollywood.

Nascida em 1932, Liz Taylor tornou-se actriz logo em criança, e participou em alguns dos mais conhecidos filmes da chamada "época de ouro" de Hollywood. Ao longo da sua carreira ganhou dois Óscares - pelas suas participações em "Butterfield 8" (de 1960) e "Who's Afraid of Virginia Woolf" (1966) - e foi nomeada para outros quatro.

Com uma beleza lendária e invulgar -- morena com olhos de cor violeta --, Elizabeth Taylor viveu uma vida plena de dramas e paixões. Passou por oito casamentos, dois deles com o mesmo homem, o galês Richard Burton, com quem manteve um dos romances públicos mais tórridos dos anos 60 e 70.

Em 1956, aos 24 anos, participou em "Gigante" (Giant), com dois dos actores mais aclamados do momento, Rock Hudson e James Dean -- que viria a morrer antes da estreia do filme -- iniciando uma gloriosa década da sua carreira. Foi a inesquecível Maggie em "Gata em Telhado de Zinco Quente" (Cat on a Hot Tin Roof - 1958), ao lado de Paul Newman, e entrou no universo de Tennesee Williams em "Suddenly, Last Summer", de Joseph L. Mankiewicz, tornando-se numa das actrizes mais bem pagas de Hollywood.

Foi também nesta altura que começou o lado mais sombrio da sua vida, entrando em depressão com a morte acidental de Mike Todd, o seu terceiro marido, em 1958. Já com três filhos na altura, Liz Taylor decide adoptar uma menina alemã com deficiência e apaixona-se pelo cantor Eddie Fisher. "Tenho necessidade de estar casada, provavelmente porque tenho um forte sentimento de insegurança", diria numa entrevista.

Em 1963, "Cléopatra", de Mankiewicz, foi um marco na sua carreira e na história da Sétima Arte. Ganhou um milhão de dólares e conheceu aquele que seria o amor da sua vida, Richard Burton, por quem se apaixonou imediatamente.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu Sidney Lumet   Dom Abr 10, 2011 10:59 am

.
Morreu o cineasta Sidney Lumet

por DN.pt com AFP
Ontem


O cineasta americano Sidney Lumet, realizador de filmes como "Doze homens em Fúria - 12 Angry Men", "Serpico" e "Um dia de cão", morreu este sábado em Nova Iorque, anunciou a sua família ao jornal "The New York Times".

Lumet tinha 86 anos de idade, e morreu em casa, na ilha de Manhattan, em consequência de um linfoma, indicou a sua enteada, Leslie Gimbel.

O cineasta nunca recebeu um Óscar como realizador, mas foi nomeado quatro vezes: em 1957 com "Doze homens em Fúria", em 1975 com "Um dia de Cão", em 1976 com "Escândalo na TV - Network" e em 1982 com "Armadilha mortal - Deathtrap".

Quase todas as produções de Lumet foram rodadas em Nova Iorque, pano de fundo da maior parte de sua carreira artística.

Filho do actor Baruch Lumet, Sidney nasceu e cresceu num ambiente artístico. Aos 4 anos de idade, já acompanhava o pai ao Teatro Yddish de Nova Iorque. Antes de se tornar realizador, foi actor de teatro e rádio durante 15 anos.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Homem mais velho do mundo morreu hoje aos 114 anos   Sex Abr 15, 2011 10:31 pm

.
Homem mais velho do mundo morreu hoje aos 114 anos

por Lusa
Hoje


Walter Breuning, o homem mais velho do mundo, morreu hoje aos 114 anos no hospital de Montana, nos Estados Unidos, onde estava internado desde o início do mês.

Segundo uma porta-voz da casa de repouso onde Walter Breuning vivia desde 1980, a morte deveu-se a causas naturais.

Numa entrevista à Associated Press em 2010, Breuning atribuiu a sua longevidade ao facto de comer apenas duas refeições por dia (pequeno almoço e almoço), ter trabalhado até não poder mais e saber enfrentar as mudanças, especialmente a morte.

Palavras de sabedoria no seu 114º aniversário



"Vamos todos morrer. Algumas pessoas têm medo de morrer. Nunca tenham medo de morrer, porque nascemos para morrer", disse na ocasião.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu João Maria Tudela   Sab Abr 23, 2011 6:26 pm

.
João Maria Tudela morreu vítima de um AVC

por Lusa
Ontem


O cantor e apresentador de televisão João Maria Tudela morreu esta sexta-feira de manhã, no hospital de Cascais, dois dias depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) "fulminante", afirmou fonte familiar.

A mulher de João Maria Tudela informou que o AVC ocorreu na quarta-feira, tendo o artista entrado depois em "coma profundo". Segundo informações do hospital, João Maria Tudela morreu às 09:30 desta sexta-feira.

João Maria Tudela nasceu em Moçambique em 1929 na antiga capital Lourenço Marques, actual Maputo, começando a actuar como solista no Liceu Salazar. Sem saber música tocava vários instrumentos como piano, guitarra, viola e harmónica. Os seus estudos continuaram em Coimbra antes de voltar a Moçambique, onde trabalhou como comercial em empresas.

Segundo notas biográficas encontradas em vários sites da Internet, Tudela destacou-se nesta altura como jogador de ténis. Mas continuaria a cantar, sobretudo fado de Coimbra, começando também a ter sucesso na música africana. Em 1959 surge o primeiro e maior êxito da sua carreira, Kanimambo, que levou Tudela a Portugal, Estados Unidos e América do Sul. João Maria Tudela afirma-se depois no meio artístico português e soma vários prémios na televisão.

Em 1968, depois de ter cantado "Ao Vento e às Andorinhas" no Festival nacional da Canção, Tudela interpretou um poema de Ary dos Santos e Nuno Nazareth Fernandes intitulado "Cama 4, Sala 5" que foi censurado e o cantor foi proibido de voltar a trabalhar na RTP, decidindo terminar a sua carreira. Depois do 25 de Abril de 1974,

Tudela voltou a participar em programas da RTP e em peças de teatro e noutros espectáculos. Entre os seus principais êxitos estão: Kanimambo, Hambanine, O Meu Chapéu, Diz que Gostas de Mim, Menina das Tranças, No País do Sol, Soldado Português, Moçambique, Liberdade, Fuzilaram um Homem num País Distante.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Norio Ohga   Dom Abr 24, 2011 9:49 am

.
O pai do CD morreu aos 81 anos

Hoje


O japonês Norio Ohga, antigo presidente da Sony e considerado o "pai" do CD, morreu sábado aos 81 anos de idade, vítima de uma falha de diversos órgãos, informou a empresa da qual foi presidente entre 1982 e 1995.

Actualmente, Norio Ohga era membro honorário do conselho de administração da Sony, empresa - com uma companhia discográfica - que vendeu o primeiro CD de música em 1982. Cinco anos volvidos, em 1987, o formato viria a superar as vendas de LP (discos de vinil) no Japão, e ainda hoje o CD é o suporte musical mais vendido, embora se venha a deparar com a concorrência cada vez mais apertada do formato digital.

Ohga foi desde sempre um entusiasta do formato do CD, destacando a sua melhor qualidade de som. O antigo presidente da Sony vinha desde os anos 1970 a antever a entrada do formato no mercado, embora na altura os mais cépticos tenham duvidado que este poderia ser um substituto do clássico disco de vinil.

O actual presidente da Sony, Howard Stringer, comentou a morte de Norio Ohga sublinhando a sua "visão avançada" que permitiu à Sony uma "evolução nos seus produtos vídeo e áudio em música, filmes e jogos" e a consequente "transformação da marca num líder global de entretenimento".

No processo de criação do CD, Ohga investiu no formato de 12 centímetros, o que fez com que o suporte tivesse capacidade suficiente para 75 minutos de gravação sem interrupções, assinala a Sony.

Norio Ohga, nascido a 29 de Janeiro de 1930, faleceu hoje em Tóquio.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Paulo Reis   Dom Abr 24, 2011 10:03 am

.
Morreu o curador e crítico brasileiro Paulo Reis

por Lusa
Ontem


O curador e crítico de artes visuais brasileiro Paulo Reis, residente em Portugal, morreu hoje aos 50 anos, ao fim da tarde, no Hospital Egas Moniz, em Lisboa, vítima de doença, disse à Lusa o ensaísta António Pinto Ribeiro.

Desde 2005, Paulo Reis residia em Lisboa, onde criou o Carpe Diem - Arte e Pesquisa, instituição vocacionada para a produção e realização de exposições e fórum artístico internacional, instalada no Palácio do Marquês de Pombal, na Rua do Século.

O curador foi co-fundador e co-director da revista Dardo, com David Barro, promovendo uma série de iniciativas relacionadas com a triangulação Brasil-Portugal-Espanha.

Com formação em Comunicação Social e História de Arte, era professor de teorias de arte e de estética em várias universidades.

Nos últimos anos, tinha uma actividade intensa de curadoria internacional, tendo sido responsável por muitas exposições em diversos países da Europa e da América Latina.

Paulo Reis veio a Portugal pela primeira vez em 1998, para participar num colóquio sobre as artes na América do Sul.

Em 2000, foi curador, com Ruth Rosengarten, da exposição "Um oceano Inteiro para Nadar", com trabalhos de artistas portugueses e brasileiros, na Culturgest.

Esta exposição, sublinha António Pinto Ribeiro, que então dirigia a Culturgest, "foi histórica pelo ineditismo e pelo impacto que teve nas relações culturais e artísticas entre o Brasil e Portugal".

Desde que, em 2005, se instalou em Lisboa, Paulo Reis tornou-se um "verdadeiro embaixador cultural entre os artistas e os curadores dos dois países e a sua afeição levou-o a passar longas temporadas em Portugal", acrescentou Pinto Ribeiro, para quem o curador era "uma pessoa de uma invulgar generosidade e de uma atenção e cuidado particulares para com os artistas, de cujas causas era um militante inconformado".

As cerimónias fúnebres estão previstas para segunda-feira, a hora e local a anunciar

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Severiano Ballesteros   Sab Maio 07, 2011 2:55 pm

.
Severiano Ballesteros morre aos 54 anos

por Lusa
Hoje


O antigo número um do golfe mundial morreu durante a madrugada na sua casa em Pedreña, Espanha, na sequência de uma insuficiência respiratória, indicou hoje a família.


O antigo golfista espanhol, de 54 anos, dono de vasto um currículo, debatia-se com um tumor no cérebro desde 2008 e faleceu esta noite após um "agravamento da sua condição neurológica, de acordo com a família.

Seve Ballesteros começou a destacar-se no golfe aos 19 anos, quando terminou em segundo lugar no Open Championship, a que se seguiu a vitória em cinco dos maiores torneios da modalidade entre 1979 e 1988, incluindo três Open Championship e duas vitórias no Masters.

O antigo jogador ainda ajudou a equipa europeia a ganhar a Ryder Cup por cinco vezes, como jogador e como capitão da equipa.

In DN




_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Gil Scott-Heron   Dom Maio 29, 2011 10:45 am

.
Morreu o músico e poeta Gil Scott-Heron

Ontem


O músico, poeta e romancista Gil Scott-Heron morreu na sexta-feira à noite num hospital em Nova Iorque, com 62 anos, noticiou este sábado a imprensa norte-americana, sem adiantar as causas da morte.

Scott-Heron foi considerado um dos precursores do rap e do hip hop, e a sua música mistura a palavra falada com jazz, blues e soul.

Nascido em Chicago em 1949, lançou o seu primeiro álbum em 1970, em que criticava a classe média norte-americana, os ativistas negros e o consumismo nos Estados Unidos. Desse álbum fazia parte uma das canções que o celebrizou - "The Revolution Will Not Be Televised".

Ao longo da sua carreira lançou mais de 20 discos, o último dos quais no ano passado, nos quais integrou elementos da música folk, trip, hop, dubstep, electro ou ambient.

O músico esteve no Porto em maio de 2010, na apresentação do álbum "A Essência" da banda portuguesa Mind da Gap.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Pedro Hestnes   Seg Jun 20, 2011 9:53 pm

.
Morreu o actor Pedro Hestnes

por Lusa
Hoje

O actor Pedro Hestnes, que protagonizou filmes como "Sangue" e "Xavier", morreu hoje em Lisboa aos 49 anos, vítima de cancro, disse à agência Lusa a realizadora Margarida Gil.

O funeral do actor realiza-se na terça-feira às 15:00 para o cemitério de Camarate, Loures, onde será cremado, disse a mesma fonte.

Pedro Hestnes, filho do arquitecto Raul Hestnes Ferreira e neto do escritor José Gomes Ferreira, tinha acabado de rodar o filme "Em segunda mão", de Catarina Ruivo, que está ainda na fase de montagem.

"Estou desconsolado. É um grande choque estar-se a montar o filme sabendo que ele já cá não está", disse à Lusa o produtor do filme, Fernando Vendrell.

Pedro Hestnes participou em alguns dos filmes mais revelantes do cinema português de finais dos anos 1980, começo dos anos 1990, entre os quais "O Sangue" (1989), de Pedro Costa, que protagonizou com Inês de Medeiros, e "Xavier" (1992), de Manuel Mozos.

Actor discreto, responsável por "alguns dos mais belos planos do cinema português" - como disse Fernando Vendrell - Pedro Hestnes entrou ainda em "O desejado" (1987), de Paulo Rocha, "Três menos eu" (1988), de João Canijo, "Agosto" (1988), de Jorge Silva Melo, "A idade maior" (1991), de Teresa Villaverde, e "Três Palmeiras" (1994), de João Botelho.

Mais recentemente integrou, por exemplo, "Body Rice" (2006), de Hugo Vieira da Silva, e "Lobos" (2007), de José de Nascimento.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Pedro Hestnes   Seg Jun 20, 2011 9:57 pm

.
Morreu o actor Pedro Hestnes

por Lusa
Hoje

O actor Pedro Hestnes, que protagonizou filmes como "Sangue" e "Xavier", morreu hoje em Lisboa aos 49 anos, vítima de cancro, disse à agência Lusa a realizadora Margarida Gil.

O funeral do actor realiza-se na terça-feira às 15:00 para o cemitério de Camarate, Loures, onde será cremado, disse a mesma fonte.

Pedro Hestnes, filho do arquitecto Raul Hestnes Ferreira e neto do escritor José Gomes Ferreira, tinha acabado de rodar o filme "Em segunda mão", de Catarina Ruivo, que está ainda na fase de montagem.

"Estou desconsolado. É um grande choque estar-se a montar o filme sabendo que ele já cá não está", disse à Lusa o produtor do filme, Fernando Vendrell.

Pedro Hestnes participou em alguns dos filmes mais revelantes do cinema português de finais dos anos 1980, começo dos anos 1990, entre os quais "O Sangue" (1989), de Pedro Costa, que protagonizou com Inês de Medeiros, e "Xavier" (1992), de Manuel Mozos.

Actor discreto, responsável por "alguns dos mais belos planos do cinema português" - como disse Fernando Vendrell - Pedro Hestnes entrou ainda em "O desejado" (1987), de Paulo Rocha, "Três menos eu" (1988), de João Canijo, "Agosto" (1988), de Jorge Silva Melo, "A idade maior" (1991), de Teresa Villaverde, e "Três Palmeiras" (1994), de João Botelho.

Mais recentemente integrou, por exemplo, "Body Rice" (2006), de Hugo Vieira da Silva, e "Lobos" (2007), de José de Nascimento.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Ryan Dunn   Seg Jun 20, 2011 10:03 pm

.
Morreu actor de "Jackass"

por DN.pt
Hoje


Ryan Dunn, de 34 anos, morreu esta madrugada num acidente de viação em West Goshen, na Pensilvânia, EUA.

O actor ficou famoso por arriscar a vida em diversas cenas. As causas do acidente são para já desconhecidas, mas pode estar relacionada com consumo de álcool, pois horas antes o actor colocou no Twitter uma foto onde surgia com amigos num bar a consumir bebidas álcoolicas. De acordo com algumas notícias, o actor seguia a 180 km/h, quando perdeu o controlo do carro e embateu numas árvores.

Dunn ficou famoso pela sua participação no programa "Jackass". Outra pessoa que seguia no carro com o actor também morreu.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu o "Tio Artur"   Qua Jun 22, 2011 2:15 pm

.
Até sempre, Tio Artur
Bragança


Figura emblemática de Bragança faleceu aos 72 anos, vítima de doença

Centenas de pessoas encheram a igreja de Santo Condestável para dizer o último adeus a Elísio Artur Carpinteiro, o homem que transformou o «Bem Falado» em um dos mais emblemáticos locais de convívio de Bragança.

O inigualável “Tio Artur”, como era e será sempre conhecido pelos clientes (que rapidamente se transformavam em amigos), marcou várias gerações de alunos do Instituto Politécnico e do ISLA-Bragança, que ali davam largas à boémia estudantil, sempre acompanhados pela boa disposição de Artur Carpinteiro.

Mas não só, porque o Bem Falado era um verdadeiro “Cantinho dos Amigos”, de pessoas de todas as idades e das mais diversas condições sociais, tal como o “Tio” gostava de realçar.

O Jornal Nordeste teve o prazer de elaborar duas reportagens com esta figura ímpar da cidade de Bragança, que sempre foi mestre na arte de bem receber e de fortalecer amizades. Sabe-se que já existe um movimento para mudar o nome da rua da Terra Fria, onde se situa o “Bem Falado”, para “Rua Tio Artur”, sendo certo que é necessária a aprovação dos moradores e da Assembleia Municipal.

Esta não seria a primeira homenagem que Artur Carpinteiro receberia do Município, já que, em 2009, foi distinguido na Gala das Empresas promovida pela autarquia. Aliás, o presidente da Câmara Municipal de Bragança, Jorge Nunes, foi uma das individualidades que marcou presença no funeral, realizado na passada quarta-feira, onde familiares e milhares de “sobrinhos” viram partir este grande “Tio Artur” com muita tristeza.

A hora é de pesar, mas o “Bem Falado” continua de portas abertas, porque este foi sempre o desejo de Artur Carpinteiro, que a família faz questão de cumprir.

Jornal Nordeste, 2011-06-22


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Necrologia   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Necrologia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Cultura :: Diversos-
Ir para: