Colmeia

Espaço arejado e limpo, onda a baixaria não entra
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Necrologia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu António Borges   Dom Ago 25, 2013 1:51 pm

.
Morreu António Borges

por L.S.
Hoje



António Borges morreu na madrugada de hoje, vítima de cancro. Tinha 63 anos. Era atualmente consultor do Governo de Passos Coelho para as privatizações e renegociação das Parcerias Público-Privadas.


O economista morreu no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, avança a agência Lusa. Lutava desde 2010 contra um cancro no pâncras. Terá sido internado na quarta-feira.

António Borges nasceu no Porto no dia 18 de agosto de 1949. Era casado com Isabel Araújo Sobreira e tinha quatro filhos.

Licenciou-se em Economia e Finanças, em 1972. Doutorou-se na Universidade de Stanford, em 1980, e nesse ano começou a dar aulas na INSEAD. Passou pelas administrações do Citibank, BP Paribas, Petrogal, Sonae, Jerónimo Martins, Cimpor e Vista Alegre. Entre 1990 e 1993 foi vice-governador do Banco de Portugal e foi também vice-presidente da Goldman Sachs, entre 2000 e 2008.

Dias antes de lhe ter sido diagnosticado um cancro no pâncreas, no verão de 2010, tinha sido convidado por Dominique Strauss-Khan para ser o número 2 da organização em Washington, dirigindo o departamento europeu, cargo que desempenhou até novembro de 2011.

Número 2 de Manuela Ferreira Leite quando esta foi presidente do PSD, António Borges era atualmente consultor do Governo de Passos Coelho para as privatizações e renegociações das Parcerias Público-Privadas.

Causaram polémicas as suas declarações em defesa da Taxa Social Única (TSU) e contra os empresários portugueses, que lhe valeram críticas por parte dos partidos de esquerda do espetro político nacional e da opinião pública.


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: . [color=#800040][size=150]Morreu John Mainstone [/size][/color] por Sofia Fonseca Ontem [ihttp://cdn.content.sweetim.com/sim/cpie/emoticons/0002024D.gif[/img] [b]Morreu o cientista da mais longa experiência do mundo Fotografia © Universidade de Queensl   Qua Ago 28, 2013 4:35 pm

.
Morreu John Mainstone

por Sofia Fonseca
Ontem


Morreu o cientista da mais longa experiência do mundo
Fotografia © Universidade de Queensland

Durante 52 anos, John Mainstone deu continuidade a uma experiência laboratorial que já vinha de 1927. O professor morreu na sexta-feira, mas já tem sucessor.

John Mainstone morreu durante o sono, de ataque cardíaco, aos 78 anos. Estava no hospital, acompanhado de uma das filhas e de dois cardiologistas que ensinara. Para a história fica como o investigador que, durante 52 anos, teve a responsabilidade de acompanhar uma experiência laboratorial começada em 1927 por Thomas Parnell, na universidade de Queensland, na Austrália.

Esta investigação tem por objetivo demonstrar que algumas substâncias que aparentam ser sólidas são, de facto, líquidas, por intermédio de um instrumento que não é mais do que um micro-funil de vidro.

Desde o início do projeto, em que foi usada uma substância da família do alcatrão, usada em barcos, pingaram oito gotas.

A experiência valeu a John Mainstone e a Thomas Parnell o Ig Nobel (uma paródia ao prémio Nobel) da Física em 2005 e a presença no livro dos Recordes do Guinness.

Tal como o projeto continuou após a morte de Thomas Parnell, em 1948, também com a morte de Mainstone está já assegurada a sua continuidade. Além das três câmaras de vigilância que permitem observar em direto se há algum pingo a cair (o que nunca aconteceu, nem ao vivo nem através das câmaras), já foi nomeado um sucessor: Andrew White. Talvez este investigador tenha mais sorte e consiga ver uma gota.

Mas será difícil. De acordo com a informação disponível no site da universidade de Queensland entre abril de 2012 e abril de 2013 terá estado iminente a queda de um desses pingos. O site tem um vídeo acelerado que condensa esse período.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Fernando Ruas   Qui Ago 29, 2013 3:05 pm

.
Morreu Fernando Ruas

por Lusa, texto publicado por Sofia Fonseca
Ontem


O ator Fernando Ruas, 87 anos, que foi o primeiro a interpretar a popular personagem, morreu no domingo, em Lisboa, e o funeral realizou-se na terça-feira, informou hoje a Casa do Artista.

O ator, entre as várias personagens que encarnou no teatro e no cinema, conta-se o "menino Tonecas" original, de José de Oliveira Cosme, apresentado pela primeira vez na rádio, na década de 1930, quando Ruas tinha cerca de 18 anos.

Fernando Ruas faleceu no hospital Egas Moniz, em Lisboa, devido a "doença pulmonar obstrutiva crónica e, posteriormente, um linfoma", segundo o comunicado da instituição.

O funeral realizou-se na terça-feira, da igreja de Linda-a-Velha, onde foi velado, para o o cemitério dos Olivais, em Lisboa, onde se realizou a cerimónia de cremação, segundo a mesma fonte.

Numa entrevista a Jaime Fernandes, na Antena 1, em 2010, Fernando Ruas recordou o "êxito retombante" do "Menino Tonecas", logo na estreia, com "uma rábula política", nas Emissões Recriativas de Oliveira Cosme.

Mais tarde, a personagem menino Tonecas foi interpretada por Luís Aleluia, ao lado do professor representado por Morais e Castro, na RTP.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu David Frost    Dom Set 01, 2013 3:57 pm

.
Morreu David Frost

Hoje


Morreu jornalista célebre por entrevistas a Nixon
Fotografia © REUTERS/Luke MacGregor

O veterano jornalista britânico David Frost morreu aos 74 anos, aparentemente vítima de um ataque cardíaco quando se encontrava a bordo de um navio de cruzeiros, revelou a família em comunicado.

Frost tornou-se conhecido internacionalmente por uma série de entrevistas ao ex-presidente norte-americano, Richard Nixon, em 1977. A história por detrás das entrevistas foi contada no filme 'Frost/Nixon', de 2008, que foi nomeado para cinco óscares. O ator Michael Sheen desempenhou o papel de Frost, enquanto Frank Langella fez de Nixon.

Segundo o comunicado da família, citado pela BBC, Frost encontrava-se a bordo do navio 'Queen Elizabeth', onde deveria pronunciar um discurso. "A sua família está devastada e pede privacidade neste momento difícil. O funeral vai ocorrer num futuro próximo e os detalhes do serviço fúnebre serão divulgados na devida altura", diz o texto.

Frost começou a carreira na BBC, no programa satítico "That Was The Week That Was". Mais recentemente, entre 2006 e 2012, esteve à frente do programa semanal "Frost Over the World" na Al-Jazeera em inglês.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Salustiano   Seg Set 16, 2013 4:25 pm

.
Morreu Salustiano

Ontem



O espanhol Salustiano Sanchez, considerado o homem mais velho do mundo com 112 anos, morreu na sexta-feira, num lar de idosos em Grand Island, Nova Iorque.

Natural de Salamanca, o espanhol trabalhou em campos de plantação de cana de açúcar em Cuba aos 17 anos e dois anos depois emigrou para os Estados Unidos onde trabalhou na construção civil. Era um músico autodidata e dizia que o segredo da sua longevidade era comer uma banana por dia.

O Guinness tinha reconhecido em junho Sanchez como o homem mais velho do mundo após a morte de Jiroemon Kimura, de 116 anos, no Japão.

Agora, o homem mais velho do mundo é Arturo Licata, um italiano de 111 anos. Mas a pessoa mais velha é Misao Okawa, uma japonesa de 115 anos.

O recorde da maior idade alcançada por um ser humano pertence a Jeanne Louise Calment, da França, que morreu com 122 anos e 164 dias.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Philip Berg   Ter Set 17, 2013 4:36 pm

.
Morreu Philip Berg

por Lusa
Hoje


Morreu o fundador do Centro Cabalístico de Los Angeles


O fundador do Centro Cabalístico baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, e inspirador de celebridades, Philip Berg, morreu na segunda-feira aos 86, anunciou a instituição.

Conhecido com Rav entre os seus seguidores, Philip Berg estava doente depois de ter sofrido um derrame em 2004, segundo o Los Angeles Times.

"O Kabbalah Centre (nome oficial do centro) está profundamente triste ao anunciar a morte do nosso professor Rav Berg", refere uma nota publicada no sítio da Internet do centro.

O centro foi fundado em 1965 e tem sido alvo de críticas pela forma lucrativa e associação a celebridades com que apresenta e difunde o antigo misticismo judaico, acrescentou o jornal.

No entanto, os responsáveis do centro sublinham que Berg "criou uma plataforma" para que milhões de pessoas aprendam e vivam em harmonia com as leis do universo.

O Centro de Los Angeles, que atraiu celebridades como Madonna, Demi Moore, Ashton Kutcher e Britney Spears, será agora orientado pela mulher de Berg, Karen.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu Soledad Mexia   Qua Set 18, 2013 4:48 pm

.
Morreu Soledad Mexia

por Lusa, texto publicado por Paula Mourato
Hoje


A família de Soledad Mexia, que aos 114 anos era a mulher hispânica mais velha do mundo e a mexicana que idade mais avançada atingiu na história, confirmou hoje à agência Efe a sua morte a 30 de agosto.

"A causa (da morte) foi insuficiência respiratória. Começou a sentir-se muito débil e os médicos não conseguiram estabilizá-la", explicou à Efe Rosalía Ferreira, neta de Soledad Mexia que tinha completado 114 anos a 13 de agosto.

Soledad Mexia foi uma das poucas centenárias que chegou a ultrapassar a barreira do 110.º aniversário, nasceu a 13 de agosto de 1899 no estado mexicano de Sinaloa, norte do país, e adquiriu a cidadania norte-americana quando completou 100 anos.

Filha de um carpinteiro, Soledad nasceu na povoação de La Noria, teve 10 filhos, cinco dos quais ainda vivos, 24 netos, 45 bisnetos, dois tetranetos e um tataraneto.

Segundo os registos mundiais, Mexia era a hispânica mais velha do planeta e só era ultrapassada no mundo por Misao Okawa, japonesa de 115 anos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Scott Carpenter   Sex Out 11, 2013 10:17 pm

.

Morreu Scott Carpenter


por Agências
Hoje


Carpenter, à frente, é saudado por John Glenn, numa cerimónia no Capitólio, em 2009 Fotografia © Reuters

Morreu um dos primeiros astronautas americanos

Um dos derradeiros membros do primeiro grupo de sete astronautas da NASA, Malcolm Scott Carpenter morreu aos 88 anos. Deste grupo, apenas John Glenn permanece vivo.

Scott Carpenter, segundo astronauta norte-americano a realizar uma órbita em torno da Terra, em 1962, morreu na quinta-feira em Denver (madrugada de sexta-feira em Portugal), capital do estado norte-americano do Colorado. Nasceu a 1 de maio de 1925 em Boulder, no Colorado.

A mulher de Carpenter anunciou ao jornal Vail Daily a morte do marido aos 88 anos, que se encontrava num hospital em Denver.

Com a morte de Carpenter, John Glenn é agora o único sobrevivente do Projeto Mercúrio - programa espacial dos Estados Unidos, desenvolvido a partir de 1959, e que permitirá a John Gleen realizar o primeiro voo orbital em fevereiro de 1962. Três meses depois, a 24 de maio, será a vez de Carpenter realizar idêntico voo, a bordo de um foguetão Mercury-Atlas 7.

Este voo ficou ainda marcado pelo facto de, inadvertidamente, durante as operações a bordo da cápsula Aurora 7, Carpenter ter esquecido de desligar, entre as várias tarefas que devia executar, um sistema antes da reentrada na atmosfera, o que levou a uma queda potencialmente perigosa no nível de combustível, pondo risco a sua própria sobrevivência. Posterior investigação da NASA demonstrou que Carpenter, um piloto de testes da Marinha e aviador na Guerra da Coreia (1950-53), esteve à altura da perigosa situação em que se viu envolvido.

A Aurora 7 acabou por se despenhar no Oceano Atlântico, longe do ponto inicialmente previsto, e Carpenter encontrado vivo cerca de 40 minutos mais tarde num insuflável junto da cápsula.

Além de Carpenter e Glenn - que foi mais tarde senador democrata (1974-1999) e tentou várias vezes ser nomeado candidato presidencial pelo seu partido - os restantes membros deste grupo foram Alan Shepard, Virgil Grissom, Wally Schirra, Gordon Cooper e Deke Slayton.

Depois de ter deixado a NASA, Carpenter dedicou-se a interesses oceanográficos.

Em abril de 1961, a União Soviética enviara Yuri Gagarin no primeiro voo espacial tripulado e, no âmbito da Guerra Fria, era então impossível os EUA não desenvolverem um programa espacial que viesse a suplantar o soviético

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Erich Priebke   Sex Out 11, 2013 10:23 pm

.
Morreu Erich Priebke

por H.T. com AFP
Hoje


Ex-capitão das SS morre aos cem anos em Roma
Fotografia © Reuters

Ex-capitão das SS morre aos cem anos em Roma

O antigo comandante das SS Erich Priebke, um dos últimos criminosos de guerra nazis, festejara os cem anos em julho. Morreu hoje em Roma, anunciaram os media italianos.

Erich Priebke, condenado em 1998 em Itália a prisão perpétua pela sua participação no massacre das fossas Ardeantinas em Roma em março de 1944, encontrava-se há vários anos em prisão preventiva no apartamento do seu advogado.

Segundo os media, o advogado afirmou que o ex-militar, que nunca mostrou remorsos pelos seus crimes, terá deixado "uma entrevista escrita e um vídeo como testamento humano e político".

Durante o massacre das fossas Ardeatinas, 335 reféns civis, entre eles 75 judeus, foram executados com uma bala na nuca, em represálias por um ataque da resistência contra uma unidsade das SS.

O seu centésimo aniversário, em finais de julho em Roma, ficou marcado por tensões, com a polícia a deter sete ativistas neonazis que queriam manifestar o seu apoio a Priebke. Ao mesmo tempo, uma contra-manifestação decorria frente ao domicílio do ex-capitão das SS com a participação de dezenas de pessoas, muitas membros da organização judaica Projeto Dreyfus.

O ex-oficial nazi em fuga fora encontrado e detido em 1994 na Argentina onde passara 40 anos, antes de ser extraditado para Itália no ano seguinte.

Em 1999, devido à sua idade avançada e aos problemas de saúde Priebke foi autorizado a cumprir pena erm prisão domiciliária, como permite a lei italiana.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Gabriella Leite   Sex Out 11, 2013 10:40 pm

.
Morreu Gabriella Leite

por Sofia Fonseca
Hoje


Morreu a antiga prostituta que lutou contra a discriminação

Gabriella Leite defendeu a regulamentação da prostituição, criou uma marca de roupa, organizou o primeiro encontro nacional de prostitutas, escreveu um livro e candidatou-se a deputada sob o slogan Puta Deputada". Morreu na quinta-feira.

A antiga prostituta brasileira tinha 62 anos e perdeu a luta contra o cancro na quinta-feira.

Gabriella Leite foi uma das mais ativas na defesa da regulamentação da prostituição, profissão a que se dedicou quando deixou o curso de ciências sociais da faculdade, aos 21 anos, "para fazer a sua própria revolução". Dizia-se muito tímida e defendia que a prostituição é uma profissão como outra qualquer "mas com a desvantagem da discriminação".

Em 1987, Gabriella Leita organizou o primeiro encontro nacional de prostitutas e, em 1992, fundou a organização não governamental Davida, que tinha por objetivo prevenir a sida e defender as prostitutas e que cuidou de 4500 mulheres no estado do Rio de Janeiro.

Autora do livro "Filha, mãe, avó e prostituta", que contava a sua vida e que mais tarde foi levado ao teatro, Gabriella Leite candidatou-se em 2010 a deputada pelo partido Os Verdes, com o slogan "Puta Deputada". Não foi eleita, mas prometeu continuar a lutar pelos direitos das prostitutas, lembrando que, já em 2003, tinha apresentado um projeto de lei para regulamentar o setor.

Outra das suas ações foi levada a cabo através da moda. Criou, em 2006, a marca Daspu, uma alusão à marca luxuosa "Daslu" e ao jogo de palavras "das putas". Os modelos que desfilavam as suas criações eram prostitutas, bem como as pessoas que as confecionavam e que as vendiam. Uma das últimas coleções da Daspu teve a ver com o Mundial de Futebol que vai acontecer no Brasil em 2014: camisolas verdes e amarelas, com frases com duplo sentido e forte conotação sexual impressas.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu María de Villota   Sex Out 11, 2013 10:46 pm

.
Morreu María de Villota

por Lusa
Hoje


Maria De Villota perdera o olho direito num acidente Fotografia © Reuters

María de Villota morreu por causas naturais

A ex-piloto de F1 espanhola María de Villota foi esta sexta-feira encontrada morta no quarto de hotel em Sevilha onde estava alojada, segundo fontes policiais.

A ex-piloto de testes de Fórmula 1 Maria de Villota, encontrada esta sexta-feira sem vida num quarto de hotel em Sevilha, faleceu por causas naturais, de acordo com fontes da investigação citadas pela agência EFE.

A autópsia realizada no Instituto Anatómico Forense de Sevilha confirmou que a antiga piloto, que em 2012 sofreu um grave acidente, no qual perdeu um olho, morreu por causas "absolutamente naturais".

Maria de Villota, cujo corpo foi encontrado esta manhã no quarto de hotel em que estava hospedada para participar numa conferência na capital da Andaluzia, foi levada pelas 10:00 locais ao Instituto Anatómico, onde foi realizada a autópsia.

De Villota, 33 anos, estava em Sevilha, onde hoje deveria participar num evento no centro de Congressos da cidade, dias antes da apresentação de um livro sobre a sua vida.

Filha do ex-piloto de F1 Emilio De Villota, Maria de Villota sofreu um grave acidente em junho de 2012 durante testes realizados pela escuderia Marussia, perdendo o olho direito.

Para a próxima segunda-feira estava previsto que apresentasse o livro sobre a sua vida: "La vida es um regalo" (A vida é um presente).

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Jorge de Mello   Dom Nov 10, 2013 11:15 pm

.
Morreu Jorge de Mello

por Joana Petiz
Hoje


Neto de Alfredo da Silva e irmão de José de Mello estava doente há oito anos. Morreu esta tarde, aos 92 anos.

Jorge de Mello, terceira geração do grupo fundado pelo avô, Alfredo da Silva, ao lado do irmão, José de Mello (pai de Vasco e Salvador de Mello), que liderou o maior grupo empresarial português da altura, a Companhia União Fabril (CUF), morreu esta tarde, depois de oito anos doente.

http://www.dinheirovivo.pt/Empresas/Artigo/CIECO290374.html

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu Clarisse Belo   Dom Nov 24, 2013 7:41 pm

.
Morreu Clarisse Belo

por Lusa, publicado por Luís Manuel Cabral
Ontem


A atriz Clarisse Belo, que participou nas telenovelas "Vila Faia" e "Origens", faleceu na sexta-feira passada em Lisboa, disse hoje à Lusa fonte próxima da família.

A atriz contracenou, entre outros, com Rogério Paulo, Raul Solnado e David Silva.

Em 1969, Clarisse Belo substituiu, por razões de saúde, a atriz Henriqueta Maia no elenco da revista "Elas é que sabem", no Teatro ABC, em Lisboa.

A atriz fez parte do elenco de "O dinheiro dos pobres" (1956), de Artur Semedo, no qual contracenou com, entre outros, Vasco Santana, António Silva, Carlos Wallenstein, Joaquim Rosa e Armando Cortez.

O outro registo cinematográfico da carreira da atriz é a gravação em filme, por Fernando Garcia, da revista "Agora é que são elas", de 1953, que esteve em cena no Teatro Avenida e que foi um sucesso. O elenco da revista era inteiramente constituído por atrizes, nomeadamente Milú, Alzira Camargo, Elvira Velez, Juanita Cuenca, Arminda Vidal, Nina Monteiro e Clarisse Belo.

Clarisse Belo participou nas primeiras telenovelas da RTP, "Vila Faia" (1982) e "Origens" (1983).

O corpo da atriz é velado hoje na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Lisboa, realizando-se o funeral no domingo às 13:30 no Cemitério de Benfica em Lisboa, disse à Lusa a mesma fonte.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Nelson Mandela   Qui Dez 05, 2013 11:52 pm

.
Morreu Nelson Mandela

por Patrícia Viegas
Hoje


Nelson Mandela quando celebrou o seu 94.º aniversário a 18 de julho de 2012 na sua casa em Qunu na África do Sul Fotografia © Reuters

Morreu Nelson Mandela, um exemplo de paz, coragem e união


Nelson Mandela, primeiro presidente negro da África do Sul, morreu hoje aos 95 anos de idade. O anúncio foi feito pelo Presidente Jacob Zuma, que indicou que 'Madiba' terá um funeral de Estado.

"Ele está agora a descansar. Ele está agora em paz. A nossa nação perdeu o seu maior filho. O nosso povo perdeu um pai", disse o Presidente sul-africano, Jacob Zuma, numa declaração televisiva.

'Madiba', nome carinhoso pelo qual era conhecido entre os sul-africanos, tinha sido hospitalizado por várias vezes ao longo dos últimos anos. Desde setembro que estava a receber tratamento em casa. Herói da luta contra o Apartheid, ex-líder do Congresso Nacional Africano (ANC) e Prémio Nobel da Paz, Mandela deixa um legado de paz, coragem e união à África do Sul e ao mundo.

Na página oficial de Nelson Mandela no Facebook foi colocada uma citação do ex-presidente, de 1996, em várias línguas, incluindo o português: "A morte é inevitável. Quando um homem fez o que considera seu dever para com seu povo e seu país, pode descansar em paz. Acredito ter feito esse esforço, e é por isso, então, que dormirei pela eternidade."

Em 2006, num documentário da MSNBC, Mandela falou sobre a morte: "Gostaria que se dissesse, 'Aqui jaz um homem que fez o seu dever na Terra', é tudo". Não se sabe para já se esse seu desejo será cumprido com tal simplicidade, mas o ex-chefe do Estado sul-africano bem pode estar certo de que cumpriu o seu dever.

Após 27 anos passados na prisão, 18 dos quais passados na Robben Island, enfrentou um regime racista branco, tendo-se preparado em várias outras ocasiões para morrer (quando estava a ser julgado e se preparava para ouvir a sentença pensava que ela seria a pena de morte).

Sem desejo de vingança, sem rancor acumulado, conseguiu uma transição para a democracia sem lugar para vinganças, tendo lançado as bases daquilo a que arcebispo anglicano Desmond Tutu chamou uma Nação Arco-Íris. E sempre através do exemplo, dando aos outros o exemplo, ensinando a perdoar.

Venceu as primeiras eleições livres na África do Sul, em 1994, tendo-se tornado o primeiro presidente negro daquela que é hoje a maior economia africana. Cumpriu apenas um mandato, deixando o poder de livre vontade, na esperança de dar o exemplo a outros líderes africanos e mundiais. Teve pouca sorte, pois poucos lhe seguiram os passos, sendo Joaquim Chissano e Pedro Pires, ex-presidentes de Moçambique e de Cabo Verde, dos poucos líderes africanos que não se agarraram de forma egoísta ao poder.

Hoje, a África do Sul, liderada pelo Presidente Jacob Zuma (que sucedeu a Thabo Mbeki no meio de uma luta fratricida pelo poder e pela liderança do ANC), enfrenta inúmeros desafios: desemprego, criminalidade elevada, conflitos laborais no setor mineiro (massacre de Marikana é uma página negra na história atual do país), com índices de pobreza ainda significativos e com números alarmantes de infectados com o VIH/Sida.

Mandela lutou sempre contra esta doença, que lhe levou um dos seus filhos, Makgatho. Em 2003, o ex-líder do ANC ofereceu o seu antigo número de prisioneiro na cadeia da ilha de Robben Island, o 46664, para servir de mote a um concerto e a uma campanha de luta contra o VIH/Sida.

"Nelson Mandela talvez seja o último dos heróis puros do nosso planeta. É o símbolo sorridente do sacrifício e da rectidão, venerado por milhões de pessoas, como um santo vivo", escreveu Richard Stengel, no seu livro 'O Legado de Mandela'. Stengel, hoje em dia editor da 'Time', foi o jornalista escolhido para ajudar o ex-líder sul-africano a escrever a sua autobiografia, 'Um Longo Caminho para a Paz'.

Nascido a 18 de julho de 1918, no Mvezo, Mandela é de etnia xhosa e membro da tribo dos tembu, tendo estudado em Fort Hare, formando-se advogado. Ao longo da sua vida casou três vezes e teve seis filhos, dos quais apenas três estão hoje em dia ainda vivos.

Com Evelyn Ntoko Mase esteve casado entre 1944 e 1958 e teve Maki 1 (nasceu em 1947 e morreu nove meses depois), Maki 2 (nasceu em 1954), Thembi (1946-1969) e Makgatho (1951-2005). Com Winnie Madkizela-Mandela esteve casado entre 1957 e 1996 e teve Zenani (nascida em 1959) e Zindzi (nascida em 1960). Com Graça Machel, viúva do ex-líder moçambicano Samora Machel, casou em 1998, quando fez 80 anos.

Foi ela a sua companheira de velhice. Em 2009, numa entrevista à CNN, Graça Machel confessava ser "de partir o coração observar o espírito e a chama de Mandela a extinguirem-se" à medida que ele envelhece. "Tem sido doloroso vê-lo envelhecer", disse ainda Machel na referida entrevista. Um ano antes, também à CNN, a ex-primeira-dama de Moçambique admitia que a única coisa que Mandela lamenta na vida é não ter passado mais tempo com os seus filhos.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Romy

avatar

Mensagens : 5711
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Nadir Afonso   Qua Dez 18, 2013 5:39 pm

.

Morreu Nadir Afonso


Um grande transmontano

Morreu o pintor Nadir Afonso, mestre da abstracção geométrica

Nadir Afonso, que foi um dos introdutores da abstracção geométrica em Portugal, pintou até ao final da sua vida.

“É um dos pioneiros da abstracção geométrica em Portugal, juntamente com Fernando Lanhas e Joaquim Rodrigo. Fazem parte da primeira geração que procurou resgatar no país um verdadeiro processo modernista que ficou sempre adiado depois da morte de Amadeo de Souza Cardoso”, diz Pedro Lapa, director do Museu Berardo, em Lisboa.

Nadir Afonso morreu esta quarta-feira, pouco depois de fazer 93 anos, no Hospital de Cascais, disse à agência Lusa a família.

Depois de ter vivido a infância em Chaves, onde nasceu a 4 de Dezembro de 1920, Nadir Afonso mudou-se para o Porto onde foi estudar Arquitectura em 1938 na Escola de Belas-Artes. Estudou também em França, na escola Beaux-Arts de Paris, onde chega em 1946.

Foi da sua geração a figura que mais frutos colheu dos contactos com a vanguarda internacional: “Viveu em Paris. Trabalhou com Le Corbusier, foi colega do [compositor] Xenákis, que também foi arquitecto, foi amigo e colega de Vasarely. Também trabalhou com o Niemeyer em São Paulo. Expôs na Galeria Denise René, centro das vanguardas construtivistas do pós-guerra em Paris.”

Em entrevista ao PÚBLICO, em 2009, Nadir Afonso diria: "Para compreender o mecanismo da criação é preciso ser muito inteligente, está muito bem... [esboça um sorriso mordaz]. Mas se o indivíduo não manipula as formas, se não dá prática efectiva ao pensamento, ele não consegue compreendê-la. A obra de arte é regida por leis que são apenas apreendidas pela intuição sensível e, isto é muito importante, só quem trabalha as formas, quem desenvolve a sua intuição perceptiva, compreende o mecanismo da criação. A intuição desenvolve-se com o trabalho."

Foi depois do período brasileiro, entre 1952 e 1954, que Nadir Afonso decidiu abandonar definitivamente a arquitectura para se dedicar em exclusivo à pintura.

No período das décadas de 1940 e 1950, distante de Portugal, “realiza uma obra por vezes mal avaliada na extensão, complexidade e actualidade das suas propostas". "É ele que faz a primeira pintura cinética em Portugal”, continua Pedro Lapa, referindo-se ao objecto cinético Espacillimité (1956). Por último, Lapa refere os muitos livros que escreveu e publicou, “desenvolvendo uma actividade de teorização e reflexão ímpar no contexto dos artistas portugueses das sua geração”.

Na mesma entrevista ao PÚBLICO, em 2009, diria: "É claro que eu gostei do Brasil, mas para estar a trabalhar não me adaptava. De resto eu tinha uma vontade de pintar... e como arquitecto isso não era possível. Para mim, era bom estar em Paris, mas a pintar. À medida que fui trabalhando cheguei à conclusão que já não era Paris, já não era Nova Iorque, podia muito bem ser Lisboa. Em Chaves podia fazer a minha obra. Quando entendi as leis da obra de arte percebi que já não precisava de mais, comecei a sentir que essas leis são universais e que eu podia estar muito bem em qualquer lugar. Se tiver um metro quadrado de espaço para trabalhar sou tão feliz como numa grande cidade. Comecei a sentir que a minha obra era cosmopolita, em qualquer parte se podia desenvolver.

Em 2010, o Museu do Chiado dedicou a Nadir Afonso uma extensa exposição, intitulada Sem Limites. Nela se reuniam cerca de 100 obras, especialmente da primeira metade do percurso do artista, entre 1930 e 1960. O desenho surgia como fio condutor de uma obra de "surpreendente contemporaneidade", escreveu na altura a comissária, Adelaide Ginga, que apontou em Nadri uma "estética fenomenológica de cariz humanista" cujos principios pressupõem "a relação imutável das leis geométricas, leis universais que existem na Natureza, indispensáveis ao alcance da harmonia, e a relação mutável das funções e necessidades que permitem o alcance da perfeição".

Depois desta que foi a maior exposição dedicada à sua obra, Nadir Afonso morreu sem ver, contudo, inaugurada a sede da fundação com o seu nome. Em Chaves e com um projecto do arquitecto Siza Vieira orçado em nove milhões de euros, a Fundação Nadir Afonso teve data de inauguração marcada para Julho deste ano. Em Setembro de 2012 o Governo anunciou que o estatuto de utilidade pública fora retirado ao projecto. Nessa altura, Siza Vieira lamentou ao PÚBLICO a “espantosa velocidade com que se tomam posições a meio das obras, deixando de lado os compromissos assumidos”: "A noção que isto dá é a de um barco à deriva, e a afundar-se. E deixamos o país em ruínas", criticou.

Esta quarta-feira o arquitecto disse à imprensa ser “um desgosto” Nadir Afonso não chegar a inaugurar a fundação onde a sua obra ficaria exposta. Já na nota de pesar que remeteu à imprensa em seu nome e do Governo, o secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, escreveu: "Nadir Afonso é uma figura de proa das artes portuguesas, um artista que, através dos seus ideais e ao longo de décadas, estabeleceu uma linguagem pioneira na pintura portuguesa do seu tempo. [...] Enquanto arquiteto, pintor ou pensador, Nadir Afonso conseguiu sempre representar Portugal e as artes portuguesas ao mais alto nível em todo o mundo."

Em 2007, numa autobiografia que escreveu para a revista Visão, o artista recordou: "Aos quatro anos pinto o meu primeiro ''''quadro'''': um círculo vermelho na parede da sala de minha casa, de tal modo perfeito que ninguém se atreveu a repreender-me. ''''Tu pintaste a parede Riri?'''', perguntou minha mãe. ''''Eu seria capaz de fazer uma roda tão bem feitinha?'''', respondi. E toda a minha existência se processou sob o signo do ritmo e da precisão geométrica."

Isabel salema e Vanessa rato in Público , 2013-12-11
In DTM

[/size][/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Albino Aroso   Sab Dez 28, 2013 6:29 pm

.
Morreu Albino Aroso

por Ana Maia
26 dezembro 2013


Albino Aroso foi um dos 65 médicos de todo o mundo que a Associação Médica Mundial escolheu para figurar na lista de clínicos mais dedicados a causas públicas no campo da saúde Fotografia © Artur Machado/Global Imagens

Morreu Albino Aroso, pai do planeamento familiar


Albino Aroso foi um dos 65 médicos de todo o mundo que a Associação Médica Mundial escolheu para figurar na lista de clínicos mais dedicados a causas públicas no campo da saúde

O médico Albino Aroso, conhecido como o "pai" do Planeamento Familiar, morreu ao final da manhã, no Porto. Tinha 90 anos.

Nascido em Vila do Conde, a 22 de fevereiro de 1923, Albino Aroso era professor associado jubilado de Ginecologia no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto.

Durante os anos sessenta, contribuiu para a instituição da Associação para o Planeamento da Família (1967), participou, como delegado da Ordem dos Médicos, na integração dos médicos dos hospitais centrais nas carreiras correspondentes (1968).

No ano seguinte, passou a ocupar o cargo de Diretor do Serviço de Ginecologia do Hospital de Santo António, no qual se manteve até ao fim da sua carreira. Foi neste hospital que criou a primeira consulta pública e gratuita de planeamento familiar (1969).

Albino Aroso também interveio na vida política nacional e desenvolveu uma carreira de docente no Ensino Superior Público. Assumiu o cargo de Secretário de Estado da Saúde no VI Governo Provisório (1976) e o de Secretário de Estado Adjunto da Saúde no XI Governo Constitucional (1987-1991).

Em 2006 recebeu o primeiro Prémio Nacional de Saúde pelos seus "contributos inequívocos, prestados no decurso do seu longo desempenho profissional".

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Eusébio   Qua Jan 08, 2014 11:21 pm

.
Morreu Eusébio

por João Ruela, com Lusa
05 janeiro 2014



Federação lamenta morte do "rei dos Magriços de 1966"

Federação Portuguesa de Futebol diz que "Portugal está de luto" após ter perdido o "eterno símbolo do país".

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) reagiu neste domingo com consternação à morte de Eusébio, considerando que "Portugal está de luto", porque perdeu o "eterno símbolo do país".

"Morreu, na madrugada deste domingo, vítima de paragem cardiorrespiratória, Eusébio da Silva Ferreira, o King, rei dos Magriços de 1966 e eterno símbolo do País, da Seleção e do SL Benfica", lê-se numa nota publicada no "site" oficial do organismo.

Para a FPF, "Eusébio maravilhou o mundo do futebol na década de 60", destacando a vitória na Taça dos Campeões Europeus de 1962 ao serviço do Benfica, e o terceiro lugar no Mundial de Inglaterra de 1966, com a camisola da seleção portuguesa.

"À família enlutada e ao SL Benfica quer a Federação Portuguesa de Futebol, nesta hora difícil, expressar sentidos pêsames", conclui a nota da FPF.

Eusébio da Silva Ferreira morreu hoje às 04:30 vítima de paragem cardiorrespiratória, disse à agência Lusa fonte do clube.

O "Pantera Negra" foi eleito o melhor jogador do Mundo em 1965 e conquistou duas Botas de Ouro (1967/68 e 1972/73). No Mundial Inglaterra de 1966 foi considerado o melhor jogador da competição, na qual foi o melhor marcador, com nove golos.

Na mesma competição, Portugal terminou no terceiro lugar.

Eusébio nasceu a 25 de janeiro de 1942 em Lourenço Marques (atual Maputo), em Moçambique.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Manuel Seabra   Qua Jan 08, 2014 11:29 pm

.
Morreu Manuel Seabra

por Lusa
01 janeiro 2014


O deputado socialista hoje falecido numa foto de 2012 Fotografia © Pedro Correia-global Imagens

O deputado socialista Manuel Seabra morreu hoje no Instituto Português de Oncologia do Porto, aos 51 anos, vítima de doença prolongada, confirmou à Lusa fonte do PS.

Manuel Seabra, que suspendeu o mandato de deputado na Assembleia da República em junho por doença prolongada, encontrava-se internado no IPO desde meados de dezembro, adiantou à Lusa Luísa Salgueiro, deputada do PS na Assembleia da República.

Nascido a 28 de julho de 1962, licenciado em Direito e advogado de profissão, Manuel José de Faria Seabra Monteiro estava na Assembleia da República desde 2009, tendo sido eleito pelo círculo do Porto.

O socialista foi vice-presidente da Câmara de Matosinhos até 2004, quando se demitiu na sequência dos incidentes na lota de Matosinhos, durante a campanha para as eleições europeias, entre fações rivais do PS.

Os incidentes na lota de Matosinhos, que ocorreram pouco antes do candidato do PS, Sousa Franco, falecer vítima de ataque cardíaco, envolveram fações rivais do presidente da Câmara de Matosinhos, Narciso Miranda, e do líder da concelhia socialista, Manuel Seabra.

Os incidentes provocaram a abertura de um inquérito interno no PS, que levou à decisão de impedir os dois protagonistas do caso, Narciso Miranda e Manuel Seabra, de se candidatarem às autárquicas pelo partido.

Manuel Seabra foi ainda chefe de gabinete de António Costa, na Câmara de Lisboa.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 6697
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Morreu Ariel Sharon   Sab Jan 11, 2014 5:08 pm

.
Morreu Ariel Sharon

por H.T.
Hoje


Morreu o ex-primeiro-ministro de Israel Ariel Sharon
Fotografia © Reuters

Morreu o ex-primeiro-ministro de Israel Ariel Sharon


Ariel Sharon, ex-primeiro-ministro de Israel e antigo homem forte da direita israelita, morreu aos 85 anos, após um coma de oito anos.

Arik, como era conhecido, ficará para a História como o artesão da invasão do Líbano em 1982, quando era ministro da Defesa, mas também como o primeiro-ministro que pôs fim aos colonatos da Faixa de Gaza em 2005.

Uma comissão de inquérito concluiu a sua responsabilidade por não ter previsto nem impedido os massacres nos campos de refugiados palestinianos de Sabra e Chatila, em Beirute, em setembro de 1982, realizados por uma milícia cristã aliada de Israel.

Na altura foi forçado a demitir-se, mas acabou por chegar à chefia do Governo em 2001, cargo para o qual foi reeleito em 2003.

Em dezembor de 2005, depois de já ter abandonado o Likud e formado o novo partido Kadima, sofre um pequeno derrame que o obriga a ser hospitalizado. Recupera, mas a 4 de janeiro do ano seguinte teve um acidente vascular cerebral que o atira para o coma, do qual nunca chegou a acordar.

In DN


_________________
Os amigos? Perto! Os inimigos?Colados!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://colmeia.forumeiros.com
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Pete Seeger   Ter Jan 28, 2014 4:12 pm

.
Morreu Pete Seeger

por Lusa, publicado por Ricardo Simões Ferreira
Hoje


Pete Seeger no concerto de celebração do seu 90.º aniversário Fotografia © REUTERS/Lucas Jackson

Cantor folk Pete Seeger morreu aos 94 anos


O cantor e compositor Pete Seeger, considerado como uma das principais figuras de folk e também um ativista dos direitos humanos, morreu aos 94 anos, em Nova Iorque, noticiou hoje a imprensa norte-americana.

A morte, na segunda-feira no Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, onde o músico estava internado há uma semana, foi atribuída a "causas naturais", declarou a neto de Seeger, Kitama Cahill Jackson, ao jornal New York Times.

Para Seeger, o folk tinha um sentido de comunidade e era uma forma de ação política.

Pete Seeger cantou para o movimento de defesa dos direitos civis nos Estados Unidos e contra a guerra do Vietname, apoiou a luta pelo ambiente, protestou contra campanhas belicistas e atuou no Memorial Lincoln no concerto inaugural do primeiro mandato de Barack Obama.

Foi ainda mentor de outros que se iniciaram no folk, como Bob Dylan, Don McLean e Bernice Johnson Reagon.

Bruce Springsteen cantou as suas canções em "We Shall Overcome: The Seeger Sessions" (2006).

Os 90 anos de Seeger foram celebrados no Madison Square Garden, em Nova Iorque, com um concerto em que Springsteen o apresentou como "um arquivo vivo da música americana e da sua consciência, um testemunho do poder da música e da cultura".

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu o general Soares Carneiro   Ter Jan 28, 2014 4:17 pm

.
Morreu o general Soares Carneiro

por Pedro Sousa Tavares e MCF
Hoje


O general Soares Carneiro, candidato presidencial em 1980 pela AD, morreu hoje, aos 86 anos, vítima de doença prolongada.

A notícia foi avançada em primeira mão pelo "Jornal de Notícias", citando fonte familiar, e posteriormente confirmada pelo DN.

O general estava internado no hospital das Forças Armadas.

Soares Carneiro, que era secretário-geral do Governo-Geral de Angola quando aconteceu a revolução de 25 de Abril de 1974, teve 40% dos votos nas eleições presidenciais de 1980 (apoiado pela AD de Sá Carneiro e Freitas do Amaral), nas quais seria reeleito o general Ramalho Eanes.

Mais tarde foi chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, durante os governos de Cavaco Silva.

Recebeu várias distinções, incluindo a Ordem Militar de Aviz.

Morreu aos 86 anos, que tinha completado no passado sábado.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu D. José Policarpo   Sex Mar 14, 2014 3:58 pm

.
Morreu D. José Policarpo

por S.F. com Miguel Marujo
12 março 2014



Antigo cardeal patriarca de Lisboa morreu hoje, aos 78 anos. D. José Policarpo foi a figura máxima da igreja católica em Portugal durante 15 anos.


O patriarca emérito morreu às 19:50, vítima de um aneurisma da aorta, confirmou o DN.

D. José Policarpo estava em Fátima, a participar no retiro dos bispos portugueses, quando se sentiu mal esta manhã, tendo sido transportado para o hospital do SAMS, em Lisboa, onde veio a morrer na sala de operações.

"Mantém-se viva a feliz memória do seu trabalho e do muito que a Igreja de Lisboa e a Igreja em Portugal deve à sua generosidade e à sua lucidez, à sua grande bondade com que exerceu o seu Ministério", comentou D. Manuel Clemente, seu sucessor no patriarcado de Lisboa, à Rádio Renascença.

O corpo do patriarca emérito de Lisboa chegará quinta-feira à Sé da capital, onde será velado, a partir das 15h00.

O funeral realizar-se-á na sexta-feira, às 16:00 na Sé de Lisboa, seguindo para São Vicente de Fora, o Panteão dos Patriarcas.

José da Cruz Policarpo nasceu a 26 de fevereiro de 1936 em Alvorninha, nas Caldas da Rainha. Durante 15 anos, entre 1998 e 2013, foi cardeal patriarca de Lisboa, a figura máxima da Igreja católica em Portugal. Atualmente tinha o título de patriarca emérito de Lisboa.

Estudou filosofia e teologia, tendo-se licenciado em Teologia Dogmática em 1968 pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, onde também se doutorou nessa área.

Foi ordenado sacerdote a 15 de agosto de 1961 e 17 anos depois foi nomeado bispo auxiliar de Lisboa.

Reitor da Universidade Católica entre 1988 e 1992, tem dezenas de obras publicadas.

Após a morte do cardeal patriarca D. António Ribeiro, D. José Policarpo sucedeu-lhe como 16.º Patriarca de Lisboa a 24 de março de 1998. Anunciou que renunciou ao cargo a 18 de fevereiro de 2011, perto de completar os 75 anos, idade máxima para exercer. Só a 18 de maio de 2013 é que a sua renúncia foi aceite pelo Papa Francisco, que nomeou D. Manuel Clemente, bispo do Porto, como seu sucessor.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu Paulo Goulart   Sex Mar 14, 2014 4:06 pm

.
Morreu Paulo Goulart

por Ana Filipe Silveira
Ontem


O ator morreu esta quinta-feira, 13, em São Paulo, Brasil. Goulart era casado com a também atriz Nicette Bruno, tinha 81 anos e lutava desde 2012 contra um cancro.

Paulo Goulart morreu no Hospital São José, em São Paulo, onde já tinha estado internado, entre agosto e outubro de 2012, por causa de complicações derivadas de um cancro no mediastino.

O ator, que iniciou a sua carreira na adolescência, passou pelo teatro, pelo cinema e pela televisão. Na Globo, participou nas novelas Mulheres de Areia (1993), Esperança (2002), América (2005), Duas Caras (2007), Ti-ti-ti (2010) e Morde & Assopra 2011). O seu último trabalho em TV foi a minissérie Louco por Elas (2012).

Casado com Nicette Bruno, tinha três filhos (os atores Beth Goulart e Bárbara Bruno e o ator e bailarino Paulo Goulart Filho).

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RMaria

avatar

Mensagens : 2761
Data de inscrição : 26/08/2010

MensagemAssunto: Morreu a mãe de Jaime de Marichalar   Sex Mar 14, 2014 4:12 pm

.
Morreu a mãe de Jaime de Marichalar

por Lina Santos
Hoje


Fotografia © Getty Images

Morreu a mãe de Jaime de Marichalar

María Concepción de Teja, condessa-viúva de Ripalda, morreu na quinta-feira, em Madrid, em consequência de um acidente vascular cerebral.

A mãe de Jaime Marichalar, ex-marido da infanta Elena de Espanha, estava internada desde segunda-feira, dia em que se sentiu mal. Faleceu às 20.40 de ontem no Hospital de La Paz, em Madrid. Tinha 85 anos.

O funeral realiza-se amanhã, em Sória, cumprindo a intenção da família de que a matriarca fique ao lado do marido, o Conde de Ripalda, cujos restos mortais se encontram na capela dos Clementes na igreja de Santo Domingo.

Ontem à noite, já depois de se saber que não tinha sobrevivido às sequelas do acidente vascular cerebral, a infanta Elena esteve no hospital com o filho mais velho, Juan Froilán. A infanta, divorciada de Jaime Marichalar há vários anos, e a rainha Sofía tinham visitado a doente durante a semana.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fantômas

avatar

Mensagens : 5780
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Morreu Medeiros Ferreira   Ter Mar 18, 2014 4:14 pm

.
Morreu Medeiros Ferreira

por Miguel Marujo, com João Pedro Henriques
Hoje


color=#0000BF]Antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, professor universitário e socialista, mantinha-se ativo na política pelo comentário. Morreu esta manhã aos 72 anos, em Lisboa.[/color]

José Medeiros Ferreira morreu esta terça-feira aos 72 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, pelas 8.45, confirmou o DN. O socialista e antigo ministro dos Negócios Estrangeiros - cargo que exerceu no I Governo Constitucional, chefiado por Mário Soares, e que avançou com o pedido adesão de Portugal à CEE, que ocorreria em 1985 -, hoje permanecia ativo politicamente no comentário político.

Mas nas últimas semanas, Medeiros Ferreira ficou-se em silêncio. No blogue que mantinha - "Córtex Frontal", conjuntamente com Joana Amaral Dias - o professor universitário deixou inscrito um último desabafo pelo seu clube de sempre.

A 9 de fevereiro, Medeiros Ferreira falava do "novo inferno da Luz", referindo-se aos incidentes com a estrutura do estádio do Benfica, durante aquele domingo de temporal. "Hoje o dia estava tão mau que não fui ao estádio da Luz para ver o Benfica-Sporting. Em boa hora o fiz. Mesmo em casa com o apoio da televisão e da rádio não consegui acompanhar o que se estava a passar em directo. Com a UEFA presente, a ausência de esclarecimentos da direcção do SLB, ainda pensei que se tratava de um exercício ao vivo das autoridades de segurança da PSP, da FPF, e da UEFA. A bagunça foi um pouco mais além...", ironizou.

Três dias antes tinha estado em São Miguel - onde cresceu, apesar de ter nascido no Funchal, a 20 de fevereiro de 1942 - para o lançamento do seu último livro "Não Há Mapa Cor-de-Rosa. A História (Mal)Dita da Integração Europeia". Devidamente acolhido pela família socialista regional, como o próprio relatou no "Córtex Frontal", com Vasco Cordeiro e Carlos Cesar na plateia. Os autógrafos prolongaram-se por três horas.

O corpo do professor universitário está em câmara ardente no Palácio das Galveias, ao Campo Pequeno, em Lisboa, desde as 15.00.

In DN

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Necrologia   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Necrologia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 7 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Colmeia :: Cultura :: Diversos-
Ir para: